Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Parte 1 (1/2) Isabelly Blanch 1180 18/06/2017 às 21:24:38
DCAT 5º ANO: AMIGA É PARA ESSAS COISAS… Lara Lynch 4045 17/07/2016 às 04:16:34
Passado? Parte 2 Steffano Di Facchini 3913 09/07/2016 às 20:29:55
Passado? Parte 1 Steffano Di Facchini 3886 09/07/2016 às 20:28:44
Chegando em Kosice Steffano Di Facchini 3947 09/07/2016 às 20:27:07

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: webmaster@zonkos.com.br

Italia Gabriel Gualtieri [ 15880 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Gabriel Gualtieri

  • NOME COMPLETO

    Gabriel Gualtieri

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,76m

  • PESO

    81kg

  • OLHOS

    Azul Claro

  • CABELOS

    Castanho Claro

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    36 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    29/09/1977

  • SIGNO

    Libra

  • NOME DO PAI

    Giovanni Gualtieri

  • NOME DA MÃE

    Agnes Melissa Gualtieri

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Nápoles/Italia

  • NÍVEL

Contar histórias pelo simples e puro deleite do “era uma vez” e do “felizes para sempre” nunca esteve presente em minha vida. Não, essas histórias não existem. Só existe, de fato, “uma vez” para ser alguém nesta vida mundana e o “para sempre” depende somente de nossas escolhas e ações. É exatamente por isso que eu, Gabriel Ignazzio Gualtieri, vivo intensamente minha vida e construo, sem sombra de dúvidas, o meu “felizes para sempre”, ou ainda, o “feliz para sempre”.



Minha família possuía grande influência na Itália. [i]Sì, sì! Lo sono della nobiltà italiana![/i] Os resquícios de uma era gloriosa, era em que a magia imperava e dominava todo o mundo fizeram com que nossa fortuna aumentasse durante muitos anos. Mesmo nestes tempos decadentes da magia, ainda sentimos nossos cofres cheios de galeões.



Meu mundo, desde que era apenas um bebê, sempre fora rodeado de pessoas. Os muitos familiares, os amigos, os interesseiros, os inimigos, que só multiplicaram enquanto eu crescia. Tinha sempre alguém ao meu lado, ou me seguindo, ou obedecendo minhas ordens, mas... Não passava disso. Pessoas descartáveis, que iam e vinham, e nunca mudavam nada em minha vida particular. Me contentava em ser feliz apenas comigo mesmo. Sempre arredio, orgulhoso e excluso. Se [b]eu[/b] estava bem, então não havia motivos para me preocupar – simples assim.



Aos meus oito anos de idade, percebi os primeiros sinais de magia que me eram natos. Durante um dos rigorosos invernos italianos, trancado no quarto para me proteger do frio que castigava, observava a neve cair do outro lado da janela. No ímpeto de me divertir com tudo aquilo, aninhei os pequenos flocos congelados e criei um pequeno e desengonçado boneco de neve. Senti meu orgulho se inflamar e saí aos berros anunciando a todos que a magia, finalmente, havia se manifestado.



Iniciei alguns anos mais tarde, os estudos em magia em nossa escola italiana. Ali, mergulhei no universo dos livros enquanto todo o universo da magia travava sua guerra particular com os muggles. Na minha opinião, perda de tempo. Nós éramos a raça privilegiada, o sangue mágico que vertia em nossas veias tornava-nos imensamente superiores aos desprovidos de magia. Como modo de defesa, sentia a necessidade de unir minhas capacidades mentais com as capacidades mágicas. Era, ainda, um verdadeiro pensador. Horas a fio escondido do mundo, perdido em meus pensamentos. Alimentando meu ego, inflamando minha inteligência, fazendo emergir uma concentração impecável, controlando meus pensamentos, desejos e necessidades. Eu estava sendo dono de mim mesmo. E dono de minha mente.



Foi por isso que, com a evolução da magia, me encontrei entre as características da transfiguração. O autocontrole que isso exigia, anos e anos treinado. E assim, me empenhei em dominar a mente. Objetivar minha capacidade mental por entre minha capacidade mágica, chegando até, a controlar as leis da física. Exigia muito esforço, é claro, mas os anos acadêmicos foram me dando suporte para tal.



As coisas não estavam melhor na adorada Itália. No entanto, os negócios pendentes da família exigiam nossa presença nos territórios ingleses. Não é que Marielise estava ficando velha demais para administrar os bens? Nos formaríamos ali, em Hogwarts e, assim, nos lançaríamos no mundo mágico com força.


 



Este perfil já foi visualizado 343 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 25/02/2014 às 22:51:34