Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Parte 1 (1/2) Isabelly Blanch 1180 18/06/2017 às 21:24:38
DCAT 5º ANO: AMIGA É PARA ESSAS COISAS… Lara Lynch 4045 17/07/2016 às 04:16:34
Passado? Parte 2 Steffano Di Facchini 3914 09/07/2016 às 20:29:55
Passado? Parte 1 Steffano Di Facchini 3886 09/07/2016 às 20:28:44
Chegando em Kosice Steffano Di Facchini 3948 09/07/2016 às 20:27:07

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: webmaster@zonkos.com.br

"Um Medibruxo, aprende a lidar com tudo !

Pontuação: 9 pontos

por Pablo Anamias » 25/02/2014 às 19:30:06
Título: "Um Medibruxo, aprende a lidar com tudo !
Pablo Anamias
 

Pablo, O resumo da minha vida não é algo fácil para pessoas, frágeis, minha vida não fora aquela coisa boa, e desde muito novo soube a dor de perder alguém, alguém tão quanto importante na vida de um adolescente quanto um irmão ou algo do gênero, depois de um certo incidente na minha vida decidi escrever algo, algo que na sociedade liberal,, penetra-se você que esta lendo isto, e todos os outros que desdém um preconceito de raças.
Espero que gostem, estou criando isso para a diversão de vocês através de algumas histórias relutantes da minha vida, e agradeço a equipe do TvH, tanto pela amizade, tanto também pelo bom desempenho profissional.

Pouco antes do inverno
Dia ensolarado, não passou-se tanto tempo após a tentativa de meu registro, e então esperava ansioso por resultados, sendo de Aquário( signo), costume ser quieto, direto e não tento me atrasar mesmo que isto custe minha vida, e passava por uma semana difícil, dedicado meus estudos para uma área no hospital, aprofundei conhecimentos em poções, o que não dera tão certo como pensei.
Fiquei no estofado do Hall de entrada da minha casa, dedilhando um Golden, iria fazer compras, mais nada teria a mesma graça sem meu sobrinho, que por um mistério da natureza, sumiu, era de costumes essas reações do menino afinal, ele tinha Fobia e um mentor espiritual que nenhum médium até hoje conseguiu conversar.
Olhava ambas lugares caçando a barba, e então peguei um guia de empregos, e bingo, achei a área que daria para preencher com meu conhecimento, "Enfermeiros", com uma caneta que peguei do meu bolso, circulei a propaganda deixando-a acima da pequena mesa que ficaria ao centro da sala dois passos a frente do estofado, ressaltada por um Lustre luminoso acima de si, a alguns metros do chão.

Acho, que dou conta! - Afirmei bocejando, com uma infinidade de contatos então parti em direção ao Theophrastus Von Honhenheim, Conversando com o Diretor do hospital me foi concedido uma entrevista, que dias depois capaz consegui passar sem medir tamanho esforço -Começa amanhã, Sr. Anamias. - Assentiu o Doutor com os braços cruzados, em um preguiçoso então começaria o trabalho duro.

Primeiro caso, a senhora, sem ossos
Mal andei sobre as salas e memorizei tudo, quando o nosso chefe chamou-me, uma senhora tinha dado entrada no hospital sem o osso da mão esquerda e do braço direito, devido a um efeito colateral da poção, e minha missão era lidar com a dosagem da mulher, dando-a Esquelece, e anti-flamatórios normais para a dor casual nos braços.
Adentrava a sala da mulher sorridente, meu jaleco viria até os arteiros dos pés, coloquei a mão no bolso enorme do jaleco, olhava para a senhora -Olá, senhora, peço que fique calma, a dosagem vai ser rápida eu garanto. -Coloquei a fora do bolso um pote de poção Esquelece, dando a boca da paciente em colheradas, que a tal se contorcia com o gosto horrível, ficando nervoso comigo " Só falta tomar uma bengalada, Pablo!" -Tentei não me estressar completando a Tarefa do dia.

Este capítulo já teve 18332 visualizações até agora.


Stiles Huchefild Achei isso estranho, mas vou dar uns pontinhos vai. 16/10/2015 às 20:27:27
Joseph Malcaart Sem preconceitos :/ 27/02/2014 às 02:01:32
Joe Willer Gostei amore. 25/02/2014 às 19:34:04