Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Parte 1 (1/2) Isabelly Blanch 621 18/06/2017 às 21:24:38
DCAT 5º ANO: AMIGA É PARA ESSAS COISAS… Lara Lynch 3371 17/07/2016 às 04:16:34
Passado? Parte 2 Steffano Di Facchini 3282 09/07/2016 às 20:29:55
Passado? Parte 1 Steffano Di Facchini 3284 09/07/2016 às 20:28:44
Chegando em Kosice Steffano Di Facchini 3290 09/07/2016 às 20:27:07

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: webmaster@zonkos.com.br

Alemanha Ian Revolverheld [ 5594 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Ian Revolverheld
  • Mundo Mágico

  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Ian Revolverheld

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,80m

  • PESO

    70kg

  • OLHOS

    Castanho Opaco

  • CABELOS

    Castanho Escuro

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    41 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    10/08/1974

  • SIGNO

    Leão

  • NOME DO PAI

    Lutemberg Revolverheld

  • NOME DA MÃE

    Margarida Revolverheld

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Berlin/Alemanha

  • NÍVEL

 


Como um bom começo de história, não é necessário começar com Era uma vez, ou Quando nasceu esta pequena menina. É somente preciso vontade. Uma boa história começa com uma boa idéia. Quem nunca teve uma boa idéia? Quem, que no meio de uma crise, não começou sua vida do zero? É assim que começa essa historia. Ian Revolverheld, um rapaz que nasceu e cresceu na Alemanha, de onde seus pais lhe ensinaram a ser um bom homem, conhecedor das artes da medibruxaria, que seu pai lhe ensinara somente a prática, já que se considerava um péssimo professor. Aprendera a se sensibilizar com as pessoas, perceber quando estão certas ou erradas, quando estão fugindo dos sintomas somente para não ter que avisar. Decidiu então, largar a sua cidade para ir a França estudar com os medibruxos mais competentes e logo estava aprendendo e se tornando um bom medibruxo. O caminho era longo e difícil, tinha conseguido uma bolsa integral na Universidade de Medi-bruxos da França, e estudava dia e noite para tirar as melhores notas da universidade. Mas quem disse que somente estudando se é feliz? Daniel era extremamente infeliz, sentia um vazio que nem ele mesmo sabia explicar. Sentia falta de algo, como se um pequeno mas muito importante pedaço estava faltando dentro dele. Percebera que não conseguia preencher esse vazio por nada desse mundo, nem mesmo com suas matérias prediletas na universidade. O tempo passara, e ele amadurecera. Aprendera com a vida, que às vezes não preenchemos lacunas, somente aumentamos outras. Fingia ter a felicidade. Tinha tudo, quase tudo. Estava já trabalhando em um hospital em Paris, o que mais ele queria? Ele encontrou o amor no dia em que estava na beira da morte. Não ele, ela. A morena dos olhos claros, ela tinha sido atacada brutalmente por feitiços muito fortes, e ela estava morrendo. Ele agia rápido, tentando salvar a vida dela, inicialmente por sua profissão, mas interiormente por que algo tinha mudado naquele dia. Melissa era seu nome. Uma francesa que fora atacada covardemente por uma amiga com Sectusempra. Todos os dias ele ia visitá-la no quarto em que ela estava. Parecia estar cada dia mais alegre, cada vez mais ela estava animada. E ele, cada dia mais completo. O que lhe completava? Sua amizade? Sua companhia? Não sabia o que era, mas sabia que era bom, era muito bom. E ela? Laura tinha uma vida, digamos, perfeita. Era rica, tinha tudo. Crescera rodeada de mimos e caprichos, tudo sempre ao seu alcance e sempre ao seu dispor. Não precisava lutar pelo que queria, tinha quem lutasse. Crescera mimada pelos pais, tendo aulas de etiqueta, classe e postura. Em todas ia maravilhosamente, sempre muito feminina e sempre com as melhores notas do local. Seus pais, em uma noite de verão, foram atacados brutalmente até a morte por bruxos. Ela sofrera ataques de Sectusempra, e começou a sangrar fortemente, desmaiando sem ao menos perceber que o mordomo da casa a estava levando para o hospital bruxo mais próximo. Ela simplesmente fora salva por Daniel, que cuidou dela com o cuidado especial. A primeira vez que o viu, a gratidão era o único sentimento que lhe vinha na mente. Mas o rapaz loiro, dos olhos claros, o rosto sereno e totalmente intelectual mostrou-se mais atraente que o simples sentimento de gratidão. O carinho logo se tornou um sentimento profundo, daqueles que nos fazem sentir as pernas tremerem seu corpo suar, suas palavras ficarem vacilantes. O amor surgiu no meio inusitado. Eles não teriam encontrado o verdadeiro sentimento se não tivessem ali, naquele hospital em Paris, não viveriam para sempre juntos. Os pais de Melissa aceitaram o jovem medi-bruxo na família. Casaram-se 2 anos após o incidente, e mudaram-se rapidamente para a Alemanha, onde então estavam trabalhando. Eram felizes, e pelo menos, sentiam-se quase completos. Os pais de Melissa mudaram-se junto, mas moravam no interior, perto da casa dos pais de Ian, onde se conheceram e tornaram-se muito amigos, mesmo com a diferença de classe social. Em 5 anos, tiveram a pequena Isabelle Revolverheld e tempos depois Mandy. Começou a se aperfeiçoar em os sintomas colaterais dos feitiços utilizados pelas pessoas, se tornando um dos mais conhecidos por seus estudos. Nunca se denominava um homem cheio de conhecimento e sim um que precisava aprender muito para chegar a qualquer patamar. Sempre que podia, permitia que Isabelle fosse com ele para o hospital aprender, como seu pai fizera com ele, tentando passar uma tradição que fosse totalmente fantástica, já que Mandy tinha sangue idêntico ao de sua mãe e não podia deixar de acreditar que um dia, Mandy se tornasse uma bailarina famosa no mundo inteiro, tanto trouxa quanto bruxa. Atualmente deseja trabalhar com residentes, ensiná-los sobre suas novas idéias, poder mostrar a eles que precisam somente um pouco mais de prática, já que a dedicação é totalmente importante neste momento e que merecia um destaque especial. Para isso, é necessário estudar, estudar, e mil vezes praticar isso todos os dias, adquirir sensibilidade. O que ele deseja fazer aos outros é algo que ganha destaque. Porém começou a se interessar com os transtornos psiquiátricos, aprendendo mais sobre os psicopatas, TOC, mas em especial com os esquizofrênicos, que dificultavam e os boderlines, que beiravam entre a loucura e a realidade.


 



Este perfil já foi visualizado 725 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 31/03/2017 às 00:00:16