Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3016 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2490 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3580 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2680 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2608 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Ministério Japonês - Missão de Hayato e Mizuki

Ministério Japonês - Missão de Hayato e Mizuki

MensagemJapao [#193859] por Kyori Miyamoto » 09 Ago 2019, 23:21

  • 14 Pts.
  • 18 Pts.
  • 158 Pts.
Imagem


Kyori Miyamoto era um homem que amava sua família. Mesmo desfalcada como estava e com os problemas que vinham somados ao sobrenome, ele gostava de verdade de cada um deles. Tanto que não conseguia vê-los paenas como máquinas de combate como era o desejo de sua mãe e de seu falecido pai. Como era a tradição dos Miyamoto desde que o mundo era mundo. Ele amava seus primos, tios, sobrinhos e demais parentes como amava seus filhos. Todos os quatro. Jamais os trataria como objeto e talvez esse fosse o diferencial que teria feito dele o líder perfeito para aquela “máfia”.

Mas não. Ele fora deserdado antes de subir ao posto. O que, diga-se de passagem, ele agradecia muito aos deuses! Não era o que ele queria para sua vida. Ele queria Jane. Ela e uma família normal. Sem aquelas imposições estúpidas ditadas pelos Miyamoto. Tinha pena de seu irmão caçula, Eiji, que via aquilo como a única chave para o sucesso e era completamente obcecado pelo posto de líder. Bom... Agora era dele! Que aproveitasse como bem entendesse. Kyori estava feliz com o que tinha. Bom, quase. Ele tinha um cargo de chefia no Ministério Japonês, estava com a mulher de sua filha, com a qual tinha quatro filhos incrivelmente lindos, mas... Apenas três deles estavam com eles. Gales havia sido criado para odiar estrangeiros da mesma forma que a mãe tentara criar ele para o fazer. Mas... Um passo de cada vez, não era? Ele tinha esperanças certas de que, um dia, conseguiria reaver o filho e então, ele, Jane e as crianças seriam a família normal que Kyori tanto sonhava em ter. E, se Eiji tivesse um pouquinho de senso, tentaria fazer o mesmo. Ter uma vida. Ele queria que o irmão fosse feliz, apesar do caçula o odiar pelo simples fato de ter nascido primeiro que ele.

Respirou quando uma coruja adentrou seu escritório provisório no ministério inglês, onde trabalhava em um caso parceiro ao ministério japonês. Uma missão. Gostava de poder organizar tudo dali de Londres mesmo, sem precisar deixar seu cargo. Mei, uma mulher forte e dedicada, o representava em sua ausência, mas sempre mandava a coruja mais veloz lhe entregar os avisos e pedidos mais urgentes. Kyori desembrulhou o papel e se atentou aos detalhes.

Kenjiro Takagi era o ministro da magia do Japão. Tinha ligações nada sutis com a família Miyamoto, o que fazia com que o clã tivesse todo o ministério nas mãos. Mas não era algo que vinha ao caso. Seu filho, Takashi, estava de viagem em um país vizinho, algo diplomático, uma vez que trabalhava como assessor de seu pai, e agora precisavam de dois aurores para fazer sua escolta de volta ao lar. Haviam ameaças contra o rapaz. Ele havia fechado um negócio grande para as duas nações mágicas em questão. Um negócio que incomodaria muita gente.

Ele sabia quem eram os melhores em seu time. E nem era por serem parentes dele... Eles simplesmente eram ótimos em suas áreas, ainda que péssimos em trabalho conjunto. Bom... Kyori precisava que, pelo menos dessa vez, os dois agissem com profissionalismo. Começou a redigir a carta que uniria Mizuki e Hayato Miyamoto em uma missão de risco e importante.


Então, suas coisas lindas! A atividade é TOTALMENTE interpretativa, então empurrem os cacos que quiserem... Inclusive, o tal Takashi é NPC de vocês... Abusem dele e da personalidade dele que eu não estabeleci então... **Joga a bomba em cima da Carol e da Dandy**.

A única regra que teremos será a de dificuldade e ela será definida pela soma do D1 de cada um de vocês dois no post de introdução (Sim, pelo menos dois posts aqui, gente... um de vocês recebendo a missão e outro de vocês realizando a missão). A classificação de dificuldade será:

Soma menor que 10 = SE FERRARAM! O cara morreu e vocês estão f*didos! (Zuera, o cara só sofreu um dano muito sério e está debilitado e quase morrendo, mas vocês entregaram ele respirando, é o que importa.) .cute

Soma menor que 20 = EITA!!!! Surgiram uma cacetada de problemas no meio do caminho e vocês até conseguiram entregar o cara em condições de uso, mas ta com alguns defeitos. E vocês também estão... .lixa

Soma menor que 30 = BELEZA. Tá, cês conseguiram. Palmas pra vocês. O cara ta vivo, mas perdeu alguma coisa importante no meio da missão e vocês vão ter que voltar pra buscar... (É... Ganharam o incrível direito de fazer mais um post. Vamos comemorar .wee )

Soma menor que 40 = WOW! CÊS É P*KA DAS GALÁXIA MERMO, HEIN? A missão teve lá seus problemas, mas como vocês são mais f*das que o Madara cês lidaram com tudo com perfeição e é só passar no RH pra poder pegar a bonificação de vocês com a Mei, amiguinha do titio Kyori .corre

E é isso... O prazo pra postagem, pelo menos da introdução, é de 30 dias após a postagem disso aqui **aponta pro post** beijos de luz e deixa eu sair correndo porque já garanti meu emprego por mais quatro meses .saf
Imagem
Kyori Miyamoto
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Daniel Henney
 
Reg.: 21 de Dec de 2018
Últ.: 15 de Nov de 2019
  • Mensagens: 11
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 14 Pts.
  • 18 Pts.
  • 158 Pts.

Postado Por: Pinscher.


Re: Ministério Japonês - Missão de Hayato e Mizuki

MensagemJapao [#194883] por Mizuki Miyamoto » 29 Out 2019, 15:42

  • 18 Pts.
  • 12 Pts.
  • 113 Pts.
Imagem

Meu olhar está fixo nas costas do pássaro enquanto suas assas vibram.
Confiante com suas imortais chamas.

[オーロラミッション 牧師の息子を守る (Aurors Mission: Protect the minister's son) - Parte One: Introduction ]


:::::::::::::::::::::::::::::


Apesar da presença do primo, ir para o novo distrito mágico havia sido uma nova experiência para Mizuki, afinal, ela nunca saíra de seu país natal, então aquela viagem tinha sido extremamente interessante aos olhos da jovem. Do mesmo modo que observar o irmão, ouvir ele falar sobre suas experiências viajando pelo mundo e então seu trabalho, fizeram com que a garota acabasse por se sentir um tanto vazia. Tudo bem, talvez essa não fosse a palavra exata, mas convenhamos que o que ela sentia não era algo tão diferente. Era difícil para a japonesa tentar se provar hábil o tempo todo, ainda mais com sua saúde frágil dada a doença que havia herdado da mãe. Ela se esforçou muito para ter seu lugar nos Miyamoto, mesmo sendo da família, e mesmo assim, suas missões não se comparavam ao que os outros membros daquele extenso clã conseguiam para si. Não que ela fosse suicida ou algo assim, contudo, era sua meta de vida honrar a memória de seu pai, provar que não era inapta como muitas vezes falaram, para ela escutar ou não, nas reuniões familiares.

Por isso, que naquela viagem ao distrito mágico aproveitou a pequena chance de conversar com Kyori Miyamoto, aquele que deveria ser o líder do clã Miyamoto, mas não o era por ter escolhido desonrar a família casando-se com uma gaijin, não que ela tivesse algum problema com isso, apenas não era tola de dizer isso em voz alta, ainda mais na frente da velha Yukako, apesar que, era quase impossível de controlar sua expressão quando seu irmão, fazia algum comentário do tipo. Bem, isso não era o ponto. A verdade era que, naquelas férias ela tomou uma decisão, baseada naquele pensamento de honrar sua família, além do vazio que sentia quando estava sozinha em casa, afinal, não apenas Izumi como Ren estavam fora trabalhando em escolas diferentes do mundo mágico. Não queria ficar sozinha, como também queria se provar. Por isso, que assim que teve a oportunidade de conversar com o “ex-líder”, ou o que deveria ter sido pela tradição, longe das vistas do irmão mais velho, decidiu e conseguiu um cargo nos aurores do ministério japonês.

De início, ela achou que era uma boa coisa, ainda achava, o porém naquela situação toda era a sua dupla, o companheiro que deveria cuidar de suas costas: Hayato Miyamoto. A única pessoa de todo o universo que ela menos desejava encontrar ou trabalhar com era ele, fora que já tinha tido que aturar a presença dele em suas férias com Izumi. Quando soube daquilo quase, por muito pouco, não desistiu daquele desejo, que poderia ser visto como infantil, de se provar e trabalhar como auror. Outra coisas que a quase a fez reconsiderar aquela ideia foi a discussão que tivera com o irmão. A morena sabia que ele estava preocupado, mesmo que às vezes o modo que ele abordava o assunto a fizesse se sentir incapaz, como todo o resto do clã a declarava, sabia que ele não fazia por mal ou com intenção, era apenas uma aflição para ele vê-la se meter em algo perigoso como aquela profissão. Mesmo com a briga e com eles meio sem se falar direito, ela não desistiu. E isso nos levava a aquele momento.

Havia sido chamado pelo seu chefe ao escritório quase desejando que o primo tivesse sofrido um acidente em alguma missão dada por Yukako-tono, mas a jovem sabia que seria pedir demais aos deuses por uma boa sorte como aquela, apesar que no fundo ela ainda desejasse. Não foi nenhuma surpresa, mesmo assim não menos frustrante de encontrar o mais velho a esperando e, que quando a viu, começou a conversar com ela daquele jeito que a irritava. Bem, não era como se o homem não a irritasse de todo modo, porém o modo com que ele falava como se tivessem alguma intimidade piorava sua irritação. Mesmo assim, ela fez o máximo para não simplesmente jogá-lo de uma sacada ou de uma escada por todo o caminho que seguiram até o escritório de Kyori, que em vez dele, uma mulher que ela reconheceu de quando havia sido apresentada ao departamento.
— Mei-sama, prazer vê-la. — falou a mais nova dando uma pequena reverência, logo dando uma cotovelada em Hayato para ser educado, revirando os olhos diante dos modos e dizeres dele. — Mei-sama, qual é a missão?

A pergunta da jovem logo foi respondida, as explicações sendo simples enquanto a mulher os entregava duas pastas contendo informações mais minuciosas, mas foi o aviso repassado por ela que fez a nipônica suspirar de modo pesado, fazendo com que ela encarasse o primo. Era impossível eles se darem bem. Kyori-tono sabia disso, nunca haviam falhado nas missões, porém com certeza teriam feito com ferimentos a menos e com mais rapidez se não tivessem passado a maior parte do tempo discutindo por qualquer coisa. Mizuki sabia disso, do mesmo modo que sabia que as chances deles dois se darem bem era nula, mesmo que ambos reencarnarem milhões de vezes. — Farei meu melhor para arrancar a cabeça do Hayato-san, afinal, não quero macular a imagem do departamento de aurores ou do Kyori-tono. — disse a jovem de modo firme, logo agradecendo a mais velha e se retirando, puxando, para sua infelicidade, o primo. Tinham um trabalho a fazer, algo importante, afinal, o chefe deles havia confiado a missão de proteger o filho do ministro japonês a eles e Mizuki definitivamente não iria falhar.


WEARING • This!| MUSIC • Kakumei No Yoru Ni — Linked Horizon
|
TAGGED • Izumi Miyamoto; Kyori Miyamoto; Yukako Miyamoto;| WITH • Hayato Miyamoto; Mei (Npc da Nick)
Imagem

Imagem
Mizuki Miyamoto
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Kiko Mizuhara
"Anata no tatakai no jinsei ga mi o musubu koto ga dekiru yō ni anata no ken to anata no kokoro o ba ni dasu"
 
Reg.: 21 de Dec de 2018
Últ.: 13 de Nov de 2019
  • Mensagens: 5
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 18 Pts.
  • 12 Pts.
  • 113 Pts.

Postado Por: Dandy.



Voltar para Ásia

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes