Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Felicidade Jian-Yin Lee 2433 23/05/2020 às 22:05:02
Recomeço Jian-Yin Lee 4789 13/03/2020 às 16:50:15
22/02/2020 Duncan Cullen 5149 22/02/2020 às 15:27:50
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 9076 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 8571 22/11/2018 às 18:19:24

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Mansão Família Hee [Hanwha] [Mundo trouxa/bruxo]

Re: Mansão Família Hee [Hanwha] [Mundo trouxa/bruxo]

MensagemTailandia [#203607] por Antoni Bhuwakul » 14 Jun 2020, 20:45

  • 10 Pts.
  • 16 Pts.
  • 97 Pts.
Imagem

✧ TOUCH ME, TEASE ME, FEEL ME UP ✧

Antoni gostava de conseguir mostrar seu lado muito menos inocente ou doce quando estava na presença de alguém como Kyung-seok. Seu lado adorável era um disfarce sem o qual jamais seria capaz de conquistar o coração de jovens adolescentes ou construir um império de fãs no futuro. Até mesmo seu chefe, Kyo, sabia daquilo e usava a questão de "imagem" como um poder a seu favor. Primeiro, conquiste-as com o que elas querem, depois, mostre novos charmes de uma forma a não quebrar ilusões. Quem diria que o próprio CEO estaria sendo enganado pela postura calma de Antoni, e que um desconhecido acabaria tendo mais de seu verdadeiro eu do que alguém com quem convivia há anos?

Kyung-seok e ele concordavam em mais uma coisa além de naquele desejo intenso. Não gostavam de fracos. Seria aquele o motivo de se darem tão bem? Sem aquele maldito colete e com muito menos roupas em seu caminho, deixando a camisa branca do maior aberta, podia deixar sua mão deslizar pelo abdômen perfeitamente definido do mais novo. Deixou-se guiar até o sofá, sorrindo um pouco mais de lado e malicioso com a posição perigosa do mais velho sobre si. Correspondeu aos beijos, deixando um pequeno gemido escapar de seus lábios com a mordiscada do outro.

Não havia nada de errado em sentir-se um tanto mais quente daquele jeito, se eram dois adultos maduros e aproveitando juntos. Não havia nada de errado em somente... aproveitar ainda mais o corpo do outro, deixando-o expor seu corpo como bem entendesse. Avançou os lábios em um beijo intenso, ao menos até se interromper no ato, como se houvesse simplesmente congelado quando seu olhar direcionou-se para a porta. Sua respiração sôfrega e seu estado chegaram a ser trocados pela expressão confusa e paralisada enquanto sentia Seok avançar mais sobre si. Um... elfo? Não sabia mais se era para protegê-lo de não ficar com o corpo tão exposto à visão alheia — o que particularmente Tony achava ainda mais sexy e preferia acreditar ser — ou para evitar que visse aquela pequena criatura, mas a verdade é que era impossível não reparar num único relance que o dono da voz estava longe de ser humano.

Você... — começou a falar, ainda o olhando com um pouco de choque. Então além de o dono de uma empresa de um grande conglomerado, aquele homem possuía muito mais influência do que o esperado, possuindo um elfo doméstico? Como diabos não havia pensado naquela possibilidade? E por que diabos o próprio Kyo não havia os apresentado de maneira a citar o mundo mágico? A maldita mania do cantor de tentar viver disfarçado entre os trouxas. — Você também é um bruxo? — podia ser uma pergunta quase idiota agora que já sabia a verdade, mas era uma retórica, admitindo a si mesmo que identificara a real identidade do outro, bem como revelava a sua, como pertencentes ao mundo mágico. Levou a mão até os próprios cabelos, passando os dedos por entre os fios e os levando para trás enquanto pensava um pouco melhor. Deixou um sorriso mais relaxado surgir junto de um pequeno gemido em resmungo ao jogar a cabeça um pouco para trás, num riso nasal de quem acabava achando graça no meio da situação. Não era como se tivesse algo contra o outro também pertencer ao mundo bruxo, mesmo seu sorriso e sua mão deslizando ainda pelo abdômen do maior deixavam mais claro que não estava nada nervoso sobre aquilo. Um elfo doméstico nunca delataria o que seu mestre fazia entre quatro paredes, certo?

Ainda sim, era uma merda que aquela pequena criatura surgisse em um momento em que estavam pegando fogo, como um balde de água fria.

| Off: >D mano. | Vestindo: Como a da gif acima e dessa
| Interação com: Do Kyung-Seok Hee
Spoiler: Mostrar
Imagem

Imagem
Antoni Bhuwakul
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Chittaphon Leechaiyapornkul (Ten)
 
Reg.: 06 de Apr de 2020
Últ.: 03 de Aug de 2020
  • Mensagens: 15
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 10 Pts.
  • 16 Pts.
  • 97 Pts.

Postado Por: Carol.


Re: Mansão Família Hee [Hanwha] [Mundo trouxa/bruxo]

MensagemCoreia do Sul [#203916] por Do Kyung-Seok Hee » 19 Jun 2020, 19:19

  • 10 Pts.
  • 11 Pts.
  • 110 Pts.
    Quantas situações embaraçadoras poderíamos viver em uma vida? Difícil em meu contexto de vida conseguir fazer essa conta! Sério isso? Sério que o elfo mais inconveniente aparecera do nada e viera para perto nos encarando com aquele olhar do tipo:- “Eu estou aqui e vou continuar aqui até vocês pararem de fazer qualquer porcaria que estejam fazendo”. – Certamente, ele seria torturado até a morte. Quanta trabalheira teria em ter de apagar a memória de um trouxa e depois explicar tudo o que poderia ter acontecido e... Cansativo. Será que não poderia relaxar um pouco?– Merda. – Soltara baixo dando uma longa suspirada tentando controlar todo o corpo que fervia.

    “Aquele você também é bruxo”, por alguns longos segundos fizeram meus olhos prenderem aos de Antoni. O quê? Também? Ele também era um bruxo? Os mundos ali estavam tão misturados assim? Quando que na vida teria deixado de fazer o dever de casa em ambos os mundos para averiguar os antecedentes dos outros? Vacilo? Total! – Sim...– Entreabrira os lábios com um pequeno sorriso de canto de rosto sentindo o alívio esfriar totalmente aquele momento. Ao menos não fora nenhuma outra pessoa da festa que nos pegara e que ao menos não teria de apagar sua mente. –O que é tão importante assim ao ponto de você importunar meu juízo, Ussan? – Perguntara afastando mais de Antoni e deixando as costas serem jogadas ao sofá, sentando ao lado do corpo do modelo.

    O suor nas costas escorria como quem tinha muito mais que desejar por apenas aquele momento, bem como certo membro inferior estava basicamente gritando ainda, mesmo com toda interrupção, ele parecia resistir em se acalmar. –As conexões foram estabelecidas e a casa está pronta. –Dizia o Ussan enquanto minha mão buscava uma almofada jogando-a sobre o cós da minha calça disfarçando ainda tal exposição constrangedora.

    Onde estava o meu juízo? Se fosse pego por alguém, o que seria de nós dois? Agitado, jogara a almofada de volta ao lado e inclinara o tronco para frente, apoiando os cotovelos sobre os joelhos e olhando para Antoni. – Sorry? – Bizarro, mas um pequeno riso ecoara por meus lábios. – “Sim. Eu ri, sério isso?” – Ofegante, respirara fundo, com uma das mãos subindo à nuca, coçando-a. Voltara à encarar o Elfo. – Então, você me interrompe para dizer que minha casa está pronta? – Referia à casa escondida e protegida por magia. Aquele casarão era apenas uma formalidade para esconder um pequeno e discreto local mais ao fundo do terreno. Ali era onde de fato morava, ali era onde começava a parte mágica da casa e da região. A questão é que era após uma minifloresta muito bem feita e guardada para evitar qualquer curioso seja ele bruxo ou trouxa.

    – Xian ordenara para seu elfo Zhaomi, que pedira pra mim, arrumar a casa para sua vitória e descanso após o longo dia. Então vim aqui, mestre. – Suas palavras faziam sentindo no que tangia ao ponto de finalmente, naquele longo dia, ter um momento de descanso e prazer. Talvez meu amigo só não imaginava que estava já ocupado e em companhia. – Diga para ele que agradeço, mas que já encontrei. – Curto e direto. Não queria mais ninguém ali atrapalhando. O Elfo então saíra de perto.


    Olhara para Antoni ainda com o rosto apoiado sobre uma das mãos, os cotovelos sobre as pernas e o tronco inclinado para frente, sentindo que o corpo agora, estava frio. – Então, você é bruxo? – Erguera a sobrancelha esticando o tronco mantendo-o ereto, jogando os cotovelos para trás sentindo algumas vértebras estralarem com tal movimento e em seguida, com a mão esquerda, e o dedão, limpar a ponta dos próprios lábios.– “Merda, havia esfriado... E agora, será quem à ficar por cima?” – Sim. A mente desejava muito mais que aquilo.

    Virara mais para Antoni ficando sentado ao seu lado e de frente para seu corpo. Só eu que estava frio, ou tinha roupa de menos? Só os botões da calça dele precisavam de um ajuste, ou eram apenas meus desejos?
Imagem
Do Kyung-Seok Hee
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Cha Eun-woo
 
Reg.: 08 de Sep de 2017
Últ.: 12 de Jul de 2020
  • Mensagens: 71
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 10 Pts.
  • 11 Pts.
  • 110 Pts.

Postado Por: Nannnnnnn.


Re: Mansão Família Hee [Hanwha] [Mundo trouxa/bruxo]

MensagemTailandia [#204586] por Antoni Bhuwakul » 30 Jun 2020, 01:03

  • 12 Pts.
  • 16 Pts.
  • 40 Pts.
Imagem

✧ TOUCH ME, TEASE ME, FEEL ME UP ✧

Dentre tantas as formas que esperaria ser pego de surpresa após adentrar um território proibido como um invasor curioso, a última que esperava era que o homem com quem estava a um passo de transar ser outro bruxo. Isso e, claro, que seriam interrompidos por um elfo doméstico com nenhum tato sobre momentos propícios ou não para decidir comunicar algo ao seu mestre. Havia um misto muito grande de sensações correndo por si, mas com toda certeza, a frustração pelo empresário afastando seu corpo do dele era a mais intensa.

Não possuía tanta vergonha assim de seu corpo para ter algum tipo de crise em tentar proteger a visão do elfo, apenas se contentando em ajeitar um pouco o tecido sobre seu tórax e ajeitar melhor as pernas para evitar que sua excitação ficasse assim tão evidente enquanto apoiava a cabeça sobre o próprio punho, o cotovelo sobre o encosto às costas do sofá. Talvez fosse um pouco cruel de sua parte achar Kyung-seok mais fofo tentando esconder sua intimidade com a almofada. Evitou por pouco o sorriso mais malicioso, mantendo a atenção no que o elfo dizia.

Não confiava que era apenas uma casa, mas... sério? Um elfo tinha interrompido a foda de seu mestre porque tinha terminado de arrumar algo? Antoni tentou com muito esforço não rir, tirando o rosto para esconder o sorriso enquanto entendia um pouco melhor o que o elfo dizia. Foi somente ao ouvir a voz do mais novo de volta direcionada a si que Antoni voltou a olhá-lo, seu sorriso levemente de lado e malicioso acabando por se tornar menos discreto com a pergunta. Podia considerar a pergunta do maior retórica ao invés de respondê-la ou ele realmente queria a resposta para aquilo? Porque, sinceramente, não fosse aquela informação importante, sua vontade seria de que o elfo caísse rolando por uma longa escada por atrapalhar um momento delicioso.

Virou seu corpo com mais tranquilidade e lentidão, deixando mais claro ao Do o que exatamente pretendia fazer quando colocou as mãos sobre o peitoral do outro, deslizando para seus ombros e virando seu corpo para que pudesse colocar as duas pernas entre as dele, empurrando-o contra o assento do sofá, praticamente sentado no colo do outro. Quase como uma provocação extra, no entanto, exceto por suas pernas e mãos, mantinha o contato entre os corpos limitado. Seu corpo podia ter esfriado um tanto com a interrupção, mas estava longe de deixar de desejar o homem que agora sabia também ser um bruxo. E, p*** que pariu, a frustração daquela situação que caíra quase como um balde de água fria fazia sua região íntima latejar em desconforto.

Sou. Estudei em Beauxbatons antes de vir pra cá, se é que isso importa agora... — aproximou os lábios dos do maior, roçando-os ali com uma certa cautela ao semicerrar os olhos. Deixou as mãos voltarem a deslizar com mais cuidado pelo tórax do mais velho, mordiscando de leve o lábio inferior do coreano. — Então... você já encontrou sua vitória e descanso após o longo dia, juin-nim¹? — provocou de leve, deixando um sorriso mais malicioso brotar em seus lábios enquanto afastava o rosto minimamente para encará-lo nos olhos. Estava realmente mais curioso a respeito do outro bruxo, mas já podia pressupor que ele seria facilmente um puro sangue.

| Off: u.u o menino tá com fogo. | Vestindo: Como a da gif acima e dessa | Interação com: Do Kyung-Seok Hee |
| Dicionário: ¹ Juin-nim = Juin significa dono + nim é uma forma de tratamento carinhosa de mais alto honorífico. Resultaria em algo parecido com "querido mestre". Antoni está utilizando um misto de um tom de algo que poderia ser uma piada sobre ele possuir um elfo, mas toma a conotação de algo mais... caliente... sobre sua condição de entrega ao Seok no momento. .saf |
Spoiler: Mostrar
Imagem

Imagem
Antoni Bhuwakul
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Chittaphon Leechaiyapornkul (Ten)
 
Reg.: 06 de Apr de 2020
Últ.: 03 de Aug de 2020
  • Mensagens: 15
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 12 Pts.
  • 16 Pts.
  • 40 Pts.

Postado Por: Carol.


Re: Mansão Família Hee [Hanwha] [Mundo trouxa/bruxo]

MensagemCoreia do Sul [#204981] por Do Kyung-Seok Hee » 11 Jul 2020, 17:39

  • 16 Pts.
  • 11 Pts.
  • 26 Pts.
    Antoni era de Beaux enquanto minhas origens eram divididas entre a escola Bruxa Japonesa e a Inglesa, por isso não nos encontramos quando menores de idade, mas certamente daria um quê de curiosidade em relação á diversidade de cultura existente em uma única pessoa. Beaux era uma escola para artistas, fácil de fazer o link, mas por que não fizera o link dele ser um bruxo também? No momento, a cabeça de baixo certamente não se interessava pela formação acadêmica ou quantos feitiços era capaz de conjurar. Não precisava de muito para re-acordar um ser adormecido e ter Antoni no colo era mais que uma provocação. Não era apenas eu o interessado em avançar aquela cena.

    - Juin-nim? – Erguera a sobrancelha tomando-o entre meus braços com um enorme sorriso nos lábios. Quem não gostava de ter um ego massageado? O jovem modelo notava exatamente o que desejava. Estava tão obvio assim? Okay, pelo visto não seria ruim relaxar um pouco! – Talvez... –Soltava com um pirragueio. – Esteja com o descanso agora. – Esboçara um enorme sorriso nos lábios de forma safada. Respirara profundo e sutilmente apoiara as mãos sobre os botões da blusa de Antoni. – Não gostaria de continuar de onde paramos? – Questionara com uma das sobrancelhas erguidas encarando-o por milésimos de segundos, obviamente nem precisava perguntar, mas sabe quando esta tendo um momento divertido? Aquele era um desses momentos! Antes de qualquer resposta ou posicionamento, colava nossos rostos novamente e lhe beijava os lábios deixando a língua saborear cada pedacinho em um beijo mais voluptuoso enquanto as mãos já abriam alguns botões de sua blusa. Podia sentir o desejo voltar, o corpo aquecer recobrando de hoje havíamos parados e finalmente poderia relaxar.

    Devo admitir que algo em Antoni chamava minha atenção, não eram apenas suas poses ou apenas o corpo, existia algo que atraia e não poderia deduzir que seria apenas devido a magia. Não me importava se era puro ou não seu sangue, mas suas respostas e acoes dentro da empresa escondiam algo que precisava ser minuciosamente investigado. Qual melhor forma seria?


off, imagina aquela batida de EXO - OASIS no fundo,
Imagem
Do Kyung-Seok Hee
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Cha Eun-woo
 
Reg.: 08 de Sep de 2017
Últ.: 12 de Jul de 2020
  • Mensagens: 71
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 16 Pts.
  • 11 Pts.
  • 26 Pts.

Postado Por: Nannnnnnn.


Re: Mansão Família Hee [Hanwha] [Mundo trouxa/bruxo]

MensagemTailandia [#206010] por Antoni Bhuwakul » 01 Ago 2020, 00:20

  • 10 Pts.
  • 19 Pts.
  • 133 Pts.
Imagem

✧ TOUCH ME, TEASE ME, FEEL ME UP ✧

Gerar uma reação que fosse em outras pessoas poderia ser um talento nato de Antoni, mas um pequeno sorriso nos lábios do mais novo o agradava mais do que imaginava. Gostava que seu pequeno apelidinho tivesse aquele efeito, mas é claro que a consequência favorita de suas provocações era bem menos inocente. Seu olhar mais luxurioso se deixava claro quando o encarava de volta, entortando um pouco mais o sorriso para confirmar que sua intenção continuava semelhante à do empresário. Suas mãos, é claro, foram mais adiante para voltar a afastar os tecidos sobre o torço do maior, querendo ter mais um relance de seu corpo.

Juin-nim... — provocou novamente, sendo surpreendido por um beijo antes que pudesse continuar com sua provocação maior para responder apropriadamente. Fechou os olhos, deixando-se sentar melhor no colo do maior enquanto avançava melhor no beijo, deixando que sua língua convidasse a dele enquanto colaborava para remover a própria camisa, sua mão abusada descendo outra vez para remover a calça dele. Deixou que suas bocas se separassem apenas quando não houvesse mais fôlego, mordiscando os lábios dele no caminho de volta.

Ainda era um tanto novo para o jovem tailandês não conseguir realmente raciocinar o motivo de estar tão intrigado e curioso sobre o mais novo de maneira que ia além dos interesses no contrato. Era bem verdade que uma negociação amigável entre eles poderia ser extremamente positiva, mas nunca imaginaria que algum dia se tornaria o tipo de artista a se envolver em relações íntimas com um investidor até... bom, Tony possuía excelentes olhos para ver uma razão para mudar de ideia sobre apenas jogar sem se sujar. O desejo trabalhava muito bem quando estava a frente de um dos homens mais bonitos que já conhecera em sua vida. E isso, vindo de alguém que trabalhava com celebridades encontrando alguém que deveria ser comum, era bem surpreendente por si só. Não era de se surpreender que seus países baixos estivessem quentes.

Não acho que eu vá realmente deixá-lo descansar tanto assim se continuar me deixando nesse estado. — mordeu os próprios lábios enquanto recuava, avançando os lábios para o pescoço do maior, no misto de pequenas mordiscadas e beijos enquanto descia os lábios lentamente por seu peitoral, deixando que o roçar fosse propositalmente insinuante sobre o caminho que pretendia fazer. Seus lábios continuavam a descer pelo abdômen do maior agora que já havia se livrado das vestes no caminho e, parando com os lábios no ventre do maior, até onde conseguia ir sem que precisasse descer do sofá. Suas mãos, que antes avançavam lentas acompanhando os beijos sutis, voltaram para as calças do maior. Suas intenções talvez parecessem mais claras quando ergueu os olhos para os dele com um pequeno e leve sorriso. O quanto o maior gostaria de que se ajoelhasse e usasse sua boca sobre ele? Antoni realmente estava curioso para saber se ele diria algo.

| Off: Sorry a demora x_x | Vestindo: Como a da gif acima e dessa | Interação com: Do Kyung-Seok Hee |
Spoiler: Mostrar
Imagem

Imagem
Antoni Bhuwakul
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Chittaphon Leechaiyapornkul (Ten)
 
Reg.: 06 de Apr de 2020
Últ.: 03 de Aug de 2020
  • Mensagens: 15
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 10 Pts.
  • 19 Pts.
  • 133 Pts.

Postado Por: Carol.


Anterior

Voltar para Ásia

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes