Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3662 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 3122 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 4220 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 3310 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 3246 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

Moderadores: Chefes de Departamento, Professores de Beauxbatons, Professores de Durmstrang, Daily Lummus, Theophrastus von Hohenheim, Professores de Hogwarts

Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemAlemanha [#130845] por Thomas Dernach » 11 Dez 2013, 02:26

  • 17 Pts.
  • 14 Pts.
  • 23 Pts.
APRENDIZAGEM DE FEITIÇO

Expecto Patronum
Pablo Anamias
Status: Iniciado
Feitiço: Expecto Patronum[dano: 35]; [dificuldade: 18];
Descrição: Ser de luz que protege o bruxo de Dementadores e Mortalhas-Vivas. É branco-prateado e sua forma varia de acordo com cada bruxo. O encantamento para sua criação é Expecto Patronum e o bruxo tem de estar pensando numa lembrança muito feliz para conseguir executá-lo. Sendo assim, o Patrono é uma reprodução da felicidade da pessoa, mas como não é um ser humano, os Dementadores não podem vencê-lo.
Thomas Dernach
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Michael Fassbender
I am one, but also two.
 
Reg.: 22 de Oct de 2009
Últ.: 29 de Dec de 2019
  • Mensagens: 129
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 17 Pts.
  • 14 Pts.
  • 23 Pts.

Postado Por: Meriu.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemEscocia [#131195] por Pablo Anamias » 19 Dez 2013, 12:05

  • 13 Pts.
  • 9 Pts.
  • 125 Pts.
[21 guns - Green Day ]

"7 anos atrás, antes do incidente"
Estava Pablo com um livro de Ulisses em mãos deitado a um estofado seu pai acabara de chegar do trabalho.



Naquela frase do livro eu tentava achar uma razão, era uma frase muito complexa difícil de se entender, estava sentado a poltrona de minha casa, Papai todo mês trazia chocolates depois de chegar do trabalho, eu e meu irmão corríamos a direção dele toda a tarde, enquanto eu foleava o livro ouvi a porta tocar, meu pai sorridente entrava a sala e meu irmão já estava afoito sobre seus braços, assenti não dizendo nada fechei o livro e pigarreei --Papai ! Correndo aos seus braços eu sorria deixando o livro para trás, mesmo com quatorze anos de idade, era nós eu e meu irmão unidos a Papai e mamãe que cozinhava limpava o dia todo nos corrigindo de travessuras.

" 3 Anos depois, 1 ano após o incidente com Pablo "

Papai e mamãe estava em um quadro quando eu os avistava junto a meu irmão, meus olhos suportando um choro mensurável lembrando os momentos finais de mamãe quando a mesma dizia -Te amo, filho..- Meus olhos e os olhos do meu irmão estavam em lágrimas, onde nos abraçava , tinha na época 17 anos, estava quase terminando a escola, e meu irmão 16, Alejandro era mais inteligente do que eu em diversas matérias uma delas era Defesa contra Artes das trevas, outro fato que eu não conseguia passar por cima, a depressão.

3 anos depois , O primeiro emprego, aprendendo de novo antes de meu irmão ir.

Ficaria assentado perto a Lareira quando ouvi passos vindo de cima das escadas na mansão , era meu irmão descendo as escadas sorridente, meu filho ainda dormia pobre garoto, eu tomaria uma xícara de café, estava vestindo roupas casuais, sapa-tênis, e Jeans, sorri quando vi meu irmão dizer -Pablo quer aprender a se proteger daquela criatura ? A tempos atrás eu e meu irmão fomos surpreendidos por um tipo de ser gélido das trevas, um Dementador, meu irmão conseguiu afastar ele com um feitiço único porém eu sempre quis aprender, olhei para o rapaz e respondendo disse -Quero sim, maninho ! Ele me levou até os fundos da mansão onde Papai guardava baús com algo dentro, pelo simples fato dele ser um caçador vai saber o que teria dentre os baús.

Meu irmão disse o nome do feitiço lentamente -O feitiço chama-se Expecto Patronum, Um feitiço conjuratório ele pode afastar os Dementadores lhe dando um tempo, os dementadores sugam suas piores lembranças por isso pense em algo feliz Pablo. Sorri pegando minha varinha deixando-a riste ao primeiro Baú, Meu irmão abriu, então do mesmo saiu a figura encapuzada de 5 anos atrás, deixei a varinha firme e disse sem pensar -Expecto Patronum ! Nada aconteceu, a criatura sugou-me partes de lembranças onde desmaiei.

Acordei minutos depois meu irmão me abanava-se e deu a mim um copo com Whisky de fogo e disse -Toma ai, faz bem pros nervos..Sorri e disse -Vamos ter de tentar de novo

Itens Utilizados:

  • Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole

    Usou um Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole.

Imagem
Pablo Anamias
Mundo Mágico
Avatar do usuário
"Conhecimento, nem o tempo pode lhe retirar."
 
Reg.: 02 de Aug de 2013
Últ.: 12 de Jul de 2017
  • Mensagens: 65
  • Nível:
  • Raça: Lobisomen
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 13 Pts.
  • 9 Pts.
  • 125 Pts.

Postado Por: Bruninho.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemEscocia [#132988] por Pablo Anamias » 20 Fev 2014, 10:10

  • 13 Pts.
  • 20 Pts.
  • 80 Pts.
Alejandro !, acho que esta dando certo.. eu acho. Típico da minha parte, fazer piadas não era nada anormal eu faria o tempo todo, respirando fundo riste-ei a varinha a frente, um sorriso largo cortou minha bochecha, agitei a varinha delicadamente e então uma onda ( feixe) de luz branco prateado, simulou a forma variável de uma serpente serpenteando o ar e percorrendo as pernas de Alejandro que ficou a sorrir com um tom de indignação-Você conseguiu !, já tem um pouco melhor de domínio. bem vamos ver como se sai agora com a criatura já que pegou o jeito da coisa né ! - então ele sorriu, meus olhos estavam fixos sobre as mãos afinadas de Alejandro que abriria um baú de grande porte como o anterior porém o ambiente ficou gélido, as flores de um vaso no canteiro da sala congelou-se e então a aparição de uma criatura coberta por um capuz me fez recuar alguns passos pelo assoalho, notável que meus poros se abriam diferindo hormônios tanto de medo quanto de agitação, minhas sobrancelhas se arqueou mais uma vez e pode se ouvir uma voz no silvado -Vai Pablo ! - Alejandro gritou ao desespero.

Cortei o ar com minha varinha rodopiando a mesma, o feixe de luz branco-prateado fez-se mais uma vez a serpente sobre o caminho da criatura e então atingiu-se seu tronco a arrastando de volta para o baú, meu corpo ficando fraco, era apenas notável a primeira vez que joguei Quadribol, lembrando disto pude fazer duas vezes o ato quase que perfeito do feitiço tirando uma média notável no tal o som de minha voz ecoou pelo salão-EXPECTO ! PATRONO !- indaguei firmemente. Após isto meu irmão Alejandro sorriu novamente pegando uma caixa de chocolates, só pude sorrir e dedilhar minhas mãos depois de Ale me enfiar dentre os lábios um pedaço médio de chocolate meio amargo-Você merece Pablo !- Ele me indagou sorridente e continuou -Seu patrono é igual o do papai... sinto falto dele Pablo já faz tanto tempo..- ele indagou olhando minha perna declinada, segurei minha perna caindo propositalmente no chão sentado minha perna estava torcida, e então levei a mão dentre a meu casaco pegando uma ampola de Ditanmo atiçando sobre o corte, uma dor incessante percorreu minha perna depois de meu irmão colocar o osso no lugar.

Queria saber como aconteceu isso..- Alejandro me indagou, voltando a mim aos pucos peguei minha mistura de frutas tomando,-Bem acho que foi na hora que pisei em falso, ai ai odeio essas criaturas sério.., eu ainda precisava praticar bastante mais meu íntimo teria muitas memórias boas e bem relacionadas o que facilitou o uso do feitiço, e quem dera outros do mesmo gênero, sorri -Ainda preciso praticar maninho.- indaguei estapeando as costas de Alejandro, pude ouvir um bleff.
Imagem
Pablo Anamias
Mundo Mágico
Avatar do usuário
"Conhecimento, nem o tempo pode lhe retirar."
 
Reg.: 02 de Aug de 2013
Últ.: 12 de Jul de 2017
  • Mensagens: 65
  • Nível:
  • Raça: Lobisomen
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 13 Pts.
  • 20 Pts.
  • 80 Pts.

Postado Por: Bruninho.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemEscocia [#133035] por Pablo Anamias » 21 Fev 2014, 09:43

  • 12 Pts.
  • 16 Pts.
  • 133 Pts.
E novamente a esgueira tentando mais e mais, eu queria aperfeiçoar este feitiço o que o torna complexo e cada vez mais difícil sinceramente eu queria ser menos bagunceiro no colégio, mesmo assim é ótimo tentar, e novamente repeti os movimentos anteriores, rodopiei a varinha lentamente fixando os olhos a cada cantinho da sala quando vi a prancheta antiga do papai, onde ele anotaria tudo o que precisava dentro e casa, eu e Alejandro sempre ajudava ele enquanto mamãe cozinhava com o auxilio da nossa irmã mais velha Sarah que hoje não sabemos mais onde se encontra, e então veio-me a lembrança :

Flashback ON

Tudo claro mamãe -Sarah gritou, sua voz ecoava o saguão da mansão, enquanto eu e Alejandro corria um atras do outro por causa do tio Henrick,-Sarah, você quer me ensurdecer ? - Perguntei a menina após a abraçar sorrindo, mamãe dava muitas risadas ainda assando o biscoito, e então papai entrava dentre a mansão com seu robe esvoaçando o ar, segurando uma prancheta -Pablo, Alejandro !, vamos temos de anotar o que falta meninos.- Papai indagava a nós que só correria e ficaria brincando com mini-vassouras voadoras, e então corri para junto do papai segurando as mãos de Sarah-Pai, Sarah vai ajudar também !- Indaguei aos berros enquanto papai apenas sorriu.

Flashback OFF

Me coloquei dois ou mais passos para trás e então da varinha emanou-se uma serpente que viria do chão até o teto serpenteando eu a controlaria levando-a de um lado ao outro dentro da sala -Expecto Patrono- falei fortemente após movimentar a serpente em zig-zag pelo salão, Alejandro sem querer abriu o báu e uma mortalha-viva tentou me ferir, e então joguei o patrono acima dela a colocando de volta no báu sobre qual ele fecho rapidamente.
-Você conseguiu Pablo !- Ele me indagou sorrindo, de meus olhos irromperam pequenas lágrimas, eu ainda sim sinto falto de papai e da mamãe e ainda da Sarah. -Brigado maninho.. ainda sim falta algo... !-Indaguei a ele tristonho, e então ele colocou a mão sobre meu ombro e tentou me consolar -Pablo, a melhoria só vem com a prática.- Ele me indagou firmando seus olhos a mim.


Expecto Patrono

Itens Utilizados:

  • Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole

    Usou um Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole.

Imagem
Pablo Anamias
Mundo Mágico
Avatar do usuário
"Conhecimento, nem o tempo pode lhe retirar."
 
Reg.: 02 de Aug de 2013
Últ.: 12 de Jul de 2017
  • Mensagens: 65
  • Nível:
  • Raça: Lobisomen
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 12 Pts.
  • 16 Pts.
  • 133 Pts.

Postado Por: Bruninho.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemEscocia [#133071] por Pablo Anamias » 22 Fev 2014, 13:14

  • 2 Pts.
  • 16 Pts.
  • 75 Pts.
Nova estética, desculpe-me pela letra absurdamente grande.

Começo do novo tempo !

Alejandro morreu um ano depois, deixando Pablo a só com a sua irmã Sarah.


Noutro dia, já passado o Inverno, Minhas roupas não eram as mesmas desde o ano passado, estava crescendo e evoluindo ainda mais com as atitudes e modos de pensar, obviamente era algo extraordinário a medida que o tempo forma a gente, mas ficou claro a meus irmãos, que nada seria a mesma coisa desde que ocorreu o incidente, eu tentava me animar , mesmo que em tentativas falhas esquecer o passado, havia um buraco que os papais deixaram a tempos atrás quando faleceram minha família passou a ser um grupo Camponês Britânico, vindo a Beauxbattons não dei tanta sorte como meus irmãos, ou seja o trauma ainda existe e tento não deixar ele me dominar.

Em casa eu visava cada detalhe da casa, os entalhes sobre a parede, e até mesmo as louças bem ladas sobre a mesa, com um cheiro delicioso de Costela de Veado, cruamente temperada, meus extintos lupinos falavam tão alto, que sobrevivi a maior parte da minha juventude caçando, e tem sido difícil após a morte de Alejandro, o emprego no Hospital me creditou muito, pois meu pai era o ex Diretor dali a muito muito tempo atrás, eu só queria ser como ele, ele era um grande bruxo.

A quem estou enganando...Meu irmão ainda vou treinar, não vou desistir. - Sussurrei a mim mesmo, agora tentei resfriar minha mente saindo da cidade fui caçar a uma floresta transluzente e sem pessoas, procurava uma gazela ou algum animal grande, o cheiro de sangue era o atrativo, correndo como um monstro atravessei mata adentre vendo um Veado parado, parei fixando olhares a ele, meus olhos azulados passaram a ser cor de mel e minhas pupilas dilatavam, declinei meus pés e saltei acima do veado o atirando para cima de uma floresta o fazendo cair folegante, e então com um golpe de misericórdia retirei uma faca com cabo revestido de couro tendo sua parte cortante feita em prata, apunhalei sua estrutura central, o levando a morte, quando percebi o clima congelar, flores congelantes, poderia sentir o tempo mudando pelo fato de ser ocluador sentiria o tempo, o ar, e então a criatura surgiu de trás de uma das árvores, saltei para trás riste ando a varinha a frente, a rodopiei lembrando do papai correndo até nós da mamãe fazendo cookies, e Sarah a ajudando, um feixe branco cruzou o ar, uma serpente serpenteou o ambiente acertando a criatura que denomino Dementador, a afastando do lugar, onde ecoou meu grito pela mata -Expecto Patrono.- com destreza pude realizar o feitiço expulsando-o, lágrimas escorreu de meus olhos, ainda assim pensei em Alejandro depois, corri contra a caça que antes era um veado morto, o embalei em pedaços após o fatiar com meu jogo de facas, voltei para casa, algo era certo estas criaturas ainda me cercam.

Itens Utilizados:

  • Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole

    Usou um Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole.

Imagem
Pablo Anamias
Mundo Mágico
Avatar do usuário
"Conhecimento, nem o tempo pode lhe retirar."
 
Reg.: 02 de Aug de 2013
Últ.: 12 de Jul de 2017
  • Mensagens: 65
  • Nível:
  • Raça: Lobisomen
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 2 Pts.
  • 16 Pts.
  • 75 Pts.

Postado Por: Bruninho.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemEscocia [#133337] por Pablo Anamias » 28 Fev 2014, 18:20

  • 13 Pts.
  • 16 Pts.
  • 118 Pts.
A noite, chegou deixando um vasto calor sobre aquele verão incessante de Carnaval, no Brasil era até comemorável, porém eu tinha muitos deveres no Hospital e minha rotina ficava cada vez mais apertada, eu precisava praticar mais e mais, o feitiço que um dia eu ainda tinha um pouco de controle, seu nome; Expecto Patronum, era um ótimo feitiço, porém muito difícil e para se aprender exige muito do aprendiz, meu irmão era um grande bruxo e creio, que ele fará muita falta na sociedade, seu jeito era admirável, e com tudo ele era um cara cheio de boas qualidades, não só por ser meu irmão, mais sim pela pessoa que ele era.
Abrindo meus olhos, naquele breu, estava deitado sobre uma rede, posta na sacada da mansão, onde ficaria sem camisa, apenas com um short de dormir, balançava em ambas posições, lembrando de meu irmão, vastas lágrimas desceriam de meus olhos azulados, enquanto desembargava-se um choro profundo, os funcionários da casa trabalhavam sem cessar na cozinha e dentre a mesma, mas por ordem minha nem mesmo os seguranças da casa estavam ali de plantão, olhei para ambos lados, o ar parecia gelar, e as flores sobre o arbusto perto da piscina, ficariam congeladas, a água em si dentre a piscina se congelava-se.

Dentre a vaga Madrugada, uma criatura cruzou o ar da casa, tinha aproximadamente dois metros de altura, mãos do tamanho da minha cabeça, com longos dedos, sobre haveria um capuz, e então era notável, uma perfeita Mortalha-viva diferente da do meu livro didático do sétimo ano, essa era aproximadamente uma mais forte, definindo isso por sua altura, e mãos, levei mãos a mesinha que ficava mais perto da rede, tendo a seu lado uma garrafa de Whisky, a criatura fora mas rápida chegando perto de mim, sugava-se minhas lembranças negativas, me contorci em dores, conseguindo pegar a banha da varinha encostei a mesma no rosto da criatura me fazendo cair no chão, ela fora para trás, mirei a varinha sobre seu ainda no chão indo para trás, rodopiei a varinha e então lembrava de mamãe, e seus chás de erva doce, Alejandro e eu correndo para dentro de casa, enquanto papai, carregava Sarah no colo, nos chamando, eramos uma família feliz, dentre a minha varinha um clarão remanesceu, uma serpente de coloração branca prateada percorreu o ar, serpenteando, bateu-se contra a Mortalha-viva, a fazendo recuar, e e então pela segunda vez rebatida para trás, a Mortalha fora embora -Expecto Patronum -Indaguei no momento, respirando fundo depois, Por favor, Eremitas, Manoel, Thomas.. fiquem de segurança novamente. _ Argumentei acenando para os rapazes, que seriam fiéis seguranças da família Malcaart, desde anos.
Feitiço: Expecto Patronum[dano: 35]; [dificuldade: 18];
Descrição: Ser de luz que protege o bruxo de Dementadores e Mortalhas-Vivas. É branco-prateado e sua forma varia de acordo com cada bruxo. O encantamento para sua criação é Expecto Patronum e o bruxo tem de estar pensando numa lembrança muito feliz para conseguir executá-lo. Sendo assim, o Patrono é uma reprodução da felicidade da pessoa, mas como não é um ser humano, os Dementadores não podem vencê-lo.

Itens Utilizados:

  • Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole

    Usou um Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole.

Imagem
Pablo Anamias
Mundo Mágico
Avatar do usuário
"Conhecimento, nem o tempo pode lhe retirar."
 
Reg.: 02 de Aug de 2013
Últ.: 12 de Jul de 2017
  • Mensagens: 65
  • Nível:
  • Raça: Lobisomen
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 13 Pts.
  • 16 Pts.
  • 118 Pts.

Postado Por: Bruninho.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemAlemanha [#133352] por Thomas Dernach » 28 Fev 2014, 20:14

  • 1 Pts.
  • 16 Pts.
  • 48 Pts.
APRENDIZAGEM DE FEITIÇO

Expecto Patronum
Pablo Anamias
Status: Finalizado


Obs.: No futuro, só tome cuidado para nunca determinar um feitiço como certo. Quando os dados falham, o feitiço falha, ok? ^^
Feitiço: Expecto Patronum[dano: 35]; [dificuldade: 18];
Descrição: Ser de luz que protege o bruxo de Dementadores e Mortalhas-Vivas. É branco-prateado e sua forma varia de acordo com cada bruxo. O encantamento para sua criação é Expecto Patronum e o bruxo tem de estar pensando numa lembrança muito feliz para conseguir executá-lo. Sendo assim, o Patrono é uma reprodução da felicidade da pessoa, mas como não é um ser humano, os Dementadores não podem vencê-lo.
Thomas Dernach
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Michael Fassbender
I am one, but also two.
 
Reg.: 22 de Oct de 2009
Últ.: 29 de Dec de 2019
  • Mensagens: 129
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 1 Pts.
  • 16 Pts.
  • 48 Pts.

Postado Por: Meriu.


Re: Aprendizado | Feitiço - Expecto Patronum | Pablo Anamias

MensagemEscocia [#133376] por Pablo Anamias » 28 Fev 2014, 22:48

  • 2 Pts.
  • 20 Pts.
  • 111 Pts.
Finalização.

O que ocorreu aqui, Senhor?.-Os seguranças, se materializavam a frente da sacada com varinhas em mãos, a voz suou alto demais, meus olhos fixavam um corte sobre meu braço, o tal era de fato preocupante, mais o que de fato era preocupante oque fizera uma Mortalha-viva, longe de Azkaban?, ou por quem a tal era controlada?, alguém queria me tirar do jogo, alguém dentre o ministério, ou de fora o que era certo.
Deixei minha jaqueta de couro esvoaçar o ar, fitando os seguranças, franzi as sobrancelhas, enquanto tentava controlar ainda a respiração, não me estressando com o assunto, e então minha coruja atravessou o silvado em um voo tão rápido quanto um jato, pairou a minha frente batendo suas asas, e então pousou ao chão, após um assobio -Mandem, uma carta Ministerial, quero saber porque uma Mortalha viva, estava tão longe de Azkaban, e literalmente, falando algum tentado contra minha pessoa fora notado, querem me silenciar como fez com meu irmão?. -Indaguei aos seguranças que assentiram, olhando para mim confirmaram, e então a coruja me seguindo até dentre a casa, notou-se faxineiras limpando a bagunça, peguei minha varinha, a rodopiei perto de meu braço, formou-se então uma amordaça estancando o sangue -Ferula -Indaguei com raiva e com convicção, ainda entrando na casa, a coruja pairou sobre o ar ficando perto a minha escrivaninha na sala, local estratégico para não acordar Jhow Jhow, peguei uma pena e um pedaço de pergaminho, nele comecei a escrever um argumento, contra o Ministério, nele estava tudo sobre a noite, além do ocorrido.

Olá,
Sou Pablo Anamias Malcaart, recém registrado no ministério.
Venho por esta carta, lhes dizer, que esta noite, fui atacado por uma Mortalha-viva,
Retifiquem Azkaban, e sua segurança, algum atentando fez-se notar, contra minha,
e também família, e a mim mesmo, de assassinato, esperando estar bem.
P.A.


Maciamente o Pergaminho se fechou, segurei o tal com força olhando para a coruja -Entregue-me esta carta, na Corte. Ravn, saberá o que fazer. -Argumentei, olhando ambos lados, enfiei o braço que não estava machucado dentre o bolso do shorts, "Quem quer que seja, esta se metendo co ma pessoa errada."- Indaguei pegando uma garrafa de Whisky comum, derramando sobre um copo, assim beberiquei, subindo levemente as escadas furioso, precisava dormir, e meu braço cortado iria me atrapalhar, mais por algum incidente eu estava sem Ditamno, havia deixado potes do remédio no hospital no meu armário, porém eu precisava dormir, peguei duas pilulas de essência de Murtisco, e engoli junto com o Whisky, me deitando deixei o copo sobre a mesinha que cruzava a janela do quarto, pegando no sono.


OFF: Prontinho .:), vou anotar essa dos dados.
Feitiço: Ferula[dificuldade: 5];
Descrição: Usado para conjurar e arrumar ataduras.

Itens Utilizados:

  • Essência de Murtisco

    Usou um Essência de Murtisco.

  • Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole

    Usou um Varinha de Pinheiro, 32cm, Garra de Quimera, Meio Mole.

Imagem
Pablo Anamias
Mundo Mágico
Avatar do usuário
"Conhecimento, nem o tempo pode lhe retirar."
 
Reg.: 02 de Aug de 2013
Últ.: 12 de Jul de 2017
  • Mensagens: 65
  • Nível:
  • Raça: Lobisomen
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 2 Pts.
  • 20 Pts.
  • 111 Pts.

Postado Por: Bruninho.



Voltar para Aprendizados Finalizados

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante