Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3265 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2733 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3823 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2926 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2857 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Artigos Mágicos

Descrição: Loja de Artigos Mágicos

Moderadores: Chefes de Departamento, Confederação Internacional dos Bruxos, Ministério da Magia, Special Ministério da Magia

Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#109419] por Mestre de Hogwarts » 14 Out 2012, 16:01

  • 20 Pts.
  • 14 Pts.
  • 21 Pts.
Imagem

Uma velha loja, propriedade da dona Adelaine, mas apesar de velha sempre muito alegre, pois esse é o lugar onde os alunos passam a maior pate do tempo comprando seus materiais, aqui você encontra de tudo que você imagina. Não seguimos uma linha, nós vendemos de tudo, abafadores de ouvido, balanças, caldeirões, objetos mágicos como lembrol e tudo mais que você imaginar. Tudo está separados por categoria e a loja possui um ar agradável, os alunos gostam de estar aqui e não tem pressa para ir em bora.



CLIQUE AQUI PARA ENTRAR NA LOJA!
Mestre de Hogwarts
Special Hogwarts
Avatar do usuário
 
Reg.: 04 de Apr de 2008
Últ.: 17 de Aug de 2019
  • Mensagens: 1056
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 20 Pts.
  • 14 Pts.
  • 21 Pts.

Postado Por: .


Re: Artigos Mágicos

MensagemSeychelles [#111261] por George Hogarth » 19 Nov 2012, 21:15

  • 4 Pts.
  • 17 Pts.
  • 112 Pts.
Compras. George era realmente muito bom nisso. Não era bom em sair pesquisando e escolhendo, e olhando, e verificando tamanhos, cores, estilos e tendências. Claro que não, ele era um homem como todos os outros. Prático! “Sim, eu sou muito prático”. Para o moreno a vida no mundo dos gastos de goldens se resumia em: Entrar, escolher, pagar e levar. Sem rodeios e sem complicações. Dificilmente entrava numa loja apenas para olhar as coisas, ele entrava para comprar. “Se eu quiser só olhar eu fico encarando as vitrines”. Pensou ele enquanto entrava na loja de Artigos Mágicos do Beco Diagonal quando sentiu o cheiro característico invadindo suas narinas. - É, não mudou quase nada desde que estive aqui a primeira vez. - E a cena mudou.


[Flashback on]


O pequeno jovem Hogarth seguia animado pelas ruas apinadas de gente do Beco Diagonal segurando firmemente a mão de sua mãe. Estavam ali comprando os seus materiais escolares pela primeira e única vez em que estiveram juntos naquele lugar. Nos anos seguintes ele fora para lá com a sua tia com quem morava na França. Já tinham passado na Floreios e Borrões, Madame Malkin’s e estavam finalmente na loja de Artigos Mágicos. Já na vitrine os olhinhos castanhos do pequeno brilharam ao encararem uma balança de poção de ouro maciço. Um sonho de consumo que dificilmente seria realizado nesta vida.

Sua mãe o puxou com firmeza para dentro da loja e o liberou com carinho para explorar enquanto ia ter com dona Adelaine uma conversa que mesclara negociações complicadas para que Gê pudesse ter materiais de bom uso em seu primeiro dia de aula. Não seriam todos novos como suas roupas, muitos seriam de segunda mão, algo que ele pouco se importava. O importante mesmo era ter de tudo um pouco. Olhou com interesse para as penas, tinteiros, pergaminhos, óculos multifuncionais e uma vela que enquanto queimava soltava um cheiro super viscoso.

- Vela de Banha de Hipogrifo. – Ele e demorou uns segundos para perceber o que era aquilo até soltar um sonoro. – ÉÉÉÉCAAAAAA. – E sair de perto com grande repulsa voltando para perto de sua querida mãe.


[Flashback off]


Com um pequeno sorriso nos lábios ele baixou os olhos e fitou os seus pés. Há muitos anos não pisava ali, muitas coisas aconteceram desde a última vez em que estivera por lá. Respirou fundo quando uma lembrança triste o acometeu evitando que alguma lágrima escorresse pelo seu rosto. Recompôs-se e dirigiu-se ao balcão para pegar os itens desejados. Esperou até ter a atenção da balconista. Uma jovem de cabelos muito pretos e curtos, provavelmente filha ou empregada da dona.

- Por favor, eu gostaria de um Onióculos e um Canivete Mágico. – Disse ele cortês sorrindo dando uma suave piscada para a moça, que depois de corar virou-se para pegar os objetos. Hogarth analisou os itens com bastante cautela procurando possíveis defeitos ou imperfeições. Testou ambos e decidiu que estavam devidamente satisfatórios – Quanto? - Ele perguntou apontando.– São G$ 110,00 gold... – Sem esperar que ela continuasse ele disparou: – O QUE? VOCÊ ESTÁ MALUCA? QUER ME ROUBAR SEM NEM APONTAR UMA VARINHA PARA MIM? - Ele se sobressaltou e segundos depois voltou ao normal sorrindo. – Eu estava brincando, pode embalar para mim por gentileza. Pagou a moça o dinheiro devido e saiu para as vielas tortas do beco.
Imagem

Spoiler: Mostrar
Imagem
George Leda Hogarth
George Hogarth
Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 08 de Jul de 2012
Últ.: 25 de Aug de 2018
  • Mensagens: 36
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 4 Pts.
  • 17 Pts.
  • 112 Pts.

Postado Por: Zezo.


Re: Artigos Mágicos

MensagemIndia [#111406] por Allie Reichow » 22 Nov 2012, 21:05

  • 16 Pts.
  • 12 Pts.
  • 130 Pts.
Aquela era uma manhã ensolarada e Allie havia acordado de bom humor. Ela finalmente estava se recuperando do problema que tivera no último verão e estava feliz com isso. Agora ela tinha um trabalho novo e uma vida nova, então para começar com seu novo trabalho ela tinha algumas coisas que precisava comprar para isso.

Aproveitando o seu bom humor e o dia lindo a mulher convidou sua mãe para passear pelo Beco Diagonal com ela. - Vamos mãe, será divertido. - Ela insistia com a mãe, sabia que o pai não aprovava muito esse tipo de coisa, mesmo sabendo que mãe e filha eram bruxas. Ele gostava de ter sua família sobre controle. - Você sabe que seu pai não gosta que eu faça essas coisas sem que ele saiba. - A mulher argumentou enquanto com um aceno de varinha fazia algumas louças que estavam em dentro da pia começarem a se lavar. - Faz tanto tempo que não saímos juntas mãe, será apenas por duas horas no máximo. - Allie insistia e nessa hora ela se lembrou de quando era criança e costumava insistir sobre coisas inúteis apenas para que pudesse passar tempo com sua mãe e fazer coisas que bruxos normalmente fazem.

Não era porque a morena não gostava de seu pai, ou pelo fato de ele ser um trouxa, mas porque um Indiano religioso como ele preza por uma família comportada e que respeite sempre as regras da casa e as regras dele como o único homem da casa. Ele pedia para que ambas tentassem o máximo cumprir isso, pelo menos quando eles tinham visitas em casa, pois ele já havia quebrado uma de suas maiores regras e se casado com uma bruxa e ainda por cima tido uma filha bruxa. Fora difícil os anos em que Allie fora para a escola, eles tentavam manter esse segredo e passaram muito sufoco com isso.

- Tudo bem, apenas por duas horas. - A mãe finalmente aceitou o pedido de Allie e ambas aparataram para o Beco Diagonal. Um antigo vilarejo bruxo onde se encontrava as melhores lojas de artigos bruxos que qualquer pessoa possa imaginar. As duas caminhavam sorridentes pelas ruas estreitas do lugar. - Veja mãe, isso pode ser muito útil para meu novo trabalho. - Allie apontou para a vitrine da loja de Artigos Mágicos e então as duas entraram logo sendo recebidas pelo atendente. - Em que posso ajudá-las senhoritas?- Allie sorriu e então pediu para ver a câmera que havia visto na vitrine. O atendente foi buscá-la e entregou para Allie que começou a examiná-la cuidadosamente. - Vou levá-la! - Allie disse animada. - Quanto é? - Após saber o preço e pagar o respectivo valor para o atendente a morena e sua mãe saíram da loja de Artigos Mágicos e continuaram seu passeio pelo Beco Diagonal.
Imagem
Allie Elizabeth Reichow
Allie Reichow
Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 09 de Sep de 2012
Últ.: 06 de Dec de 2015
  • Mensagens: 73
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 16 Pts.
  • 12 Pts.
  • 130 Pts.

Postado Por: Priscila Visacri.


Re: Artigos Mágicos

MensagemDinamarca [#111430] por Benjamin Carter » 23 Nov 2012, 13:42

  • 15 Pts.
  • 19 Pts.
  • 3 Pts.
...


Já passava das oito da manhã quando deseparatamos no beco diagonal, meu pai e eu fazíamos as ultimas compras do material necessário para o ano letivo, não que ele não confiasse em Roby elfo para me levar as compras, mas a verdade é que sempre fomos unidos e para falar a verdade não era ruim ter a companhia agradabilíssima de um cara cheio de dinheiro. Papai trajava seu típico robe verde escuro combinando ao sapato da mesma cor, enquanto eu vestia o jeans com uma camiseta simples na cor preta com um morcego vermelho estampado no peito, sim “Ballycastle Bats” é o melhor time do mundo e ser fanático pelos Morcegos e algo que já esta no sangue, se é que aguem me entende.

Aquela era minha primeira visita ao centro comercial britânico, nunca precisamos sair da Holanda para comprar nada, mas papai achou que era hora de conhecer novos lugares e que melhor oportunidade se não a de comprar materiais escolares? As ruas estavam lotadas, não consegui entender se era pelo fato de ser domingo ou se o motivo era a aproximação das aulas. Cada vitrine parecia ser a perdição, contudo, uma delas me chamou mais atenção.

Estampada no vidro protetor meu maior sonho finalmente se tornou realidade, HighMotion é a maior referencia em câmeras magicas do mercado e encontra-la é algo extremante raro, porem, ela estava ali girando bem na minha frente. – Pai compra pra mim vai! A minha esta velha e não consigo um bom foco, compra vai, por favor! Prometo arrumar meu quarto se compra-la para mim. – Menti descaradamente enquanto exibia minha característica cara de pidão já com os olhos lacrimejando. Meu pai nunca conseguiu negar nada para mim e aquele pedido não seria diferente, adentrei a pequena loja já gritando que a câmera na vitrine era minha, aquela loja velha parecia ser o paraíso das bugigangas magicas.

Vasculhei cada vitrine da loja, cada caixa, cada canto daquele lugar literalmente magico. Tudo se movia e tinha alguma utilidade, papai sentou-se enquanto observa-me correr maravilhado de um lado para o outro sempre com algo novo nas mãos. Passei mais de uma hora escolhendo tudo o que poderia ser útil em minha vida em Beauxbatons, virei-me a senhora no balcão com os olhos brilhando de alegria disse-lhe tudo o que seria iriamos levar. – Vamos levar um Oníoculos, um Óculos Infra-Vermelho, uma Câmera HighMotion, um Hipopótamo, um Macaco, uma Luneta Astrológica, um Canivete Mágico e duas Penas de Repetição Rápida. – Aguardei a senhora empacotar os produtos e assim que ficou pronto puxei do balcão já saindo e vasculhando minhas novas aquisições –Ah sim o dinheiro é com ele! – Disse fazendo referencia ao meu pai que já se aproximava para acertar o rombo em seu saldo bancário, mas quem linga para dinheiro quando a felicidade de uma criança está em jogo?
Imagem
Spoiler: Mostrar
Imagem
Benjamin Carter
Funcionário do Ministério
Avatar do usuário
Eu só queria um amigo, ele apareceu...
 
Reg.: 16 de Aug de 2009
Últ.: 07 de Oct de 2019
  • Mensagens: 431
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 15 Pts.
  • 19 Pts.
  • 3 Pts.

Postado Por: Luka.


Re: Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#112783] por Conrad Addington » 11 Dez 2012, 20:48

  • 19 Pts.
  • 11 Pts.
  • 113 Pts.
Era sábado, um sábado comum. Samantha não ia pro ministério aos sábados e isso a deixara um tanto quanto feliz ultimamente: o trabalho estava a deixando realmente exausta e estressada. Quando saiu pela porta da frente do Sobrado Rosado ela sentiu o sol bater em seu rosto e isso lhe trouxe uma boa sensação, a sensação de estar livre de preocupações— não perderia a manhã assinando papéis, indo à emergências e batidas de mau uso dos objetos trouxas, limpando memórias de quem "viu demais".Ela ia aproveitar as manhãs em seu tempo de Hogwarts, ia ver os pássaros cantarem , como no tempo de menina. Sentiu o frescor do dia quando aparatou no Beco Diagonal. Sentiu a vibração das pessoas apressadas, dos pais que levavam os filhos para passear e tomar sorvete, do dia iluminando estas pessoas. — É isso que perco todas as manhãs? Esta energia positiva? — ela exclamou com um sorriso no rosto. Se sentia livre do cansaço só de estar ali.

Do seu lado vinha a mãe. Patricia estava sempre sorridente e naquele momento sentia certa felicidade por ver a filha tão calma e feliz, Samantha mudara totalmente a expressão que trazia durante a semana. O ministério estava cansando-a e entrar em contato com movimentação de pessoas em um sábado ensolarado era uma ótima maneira de se animar e recuperar-se. Sam caminhava um pouco na frente observando tudo, interessada em cada mudança no Beco Diagonal. — Isso mudou bastante, não mudou mãe? Faz tempo que não venho aqui... ela não via aquele lugar desde seu terceiro ano em Hogwarts, muita coisa havia mudado mas o espírito do lugar continuava aconchegante, acolhedor. — Me sinto bem aqui, me tem o soar de um lar.

— Acho que achei o que queria... — Samantha desatou a andar deixando a mãe para trás. Esta acompanhou a filha assim que se deu conta que entraria na "Artigo Mágicos". A moça abriu a porta e adentrou o local, logo atrás veio a mãe. Elas viram Adelaine sorridente no balcão e por toda a extensão da loja havia crianças remexendo os objetos expostos. — Vocês tem bichinhos de pelúcia? — perguntou com um certo charme. Aquele lugar tinha de tudo e a mulher tinha certeza que uma ou duas peças de qualquer coisa que um cliente pedisse Adelaine teria. Com um gesto afirmativo da vendedora Samantha pôs-se a falar: — Vou querer todos.. — e olhou sorridente para a velha.
Imagem
Conrad Addington
Mundo Mágico
Avatar do usuário
.cafe
 
Reg.: 27 de Aug de 2012
Últ.: 06 de Aug de 2019
  • Mensagens: 165
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 19 Pts.
  • 11 Pts.
  • 113 Pts.

Postado Por: Frango.


Re: Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#112966] por Aaron Denvers » 13 Dez 2012, 21:25

  • 6 Pts.
  • 13 Pts.
  • 137 Pts.
Olhou para o Sr. Jigger após fazer o pagamento e receber os itens que fora comprar no apotecario. –Sabe Sr. Jigger, estou pensando em comprar uma balança e um caldeirão, ambos de ouro, dizem que fazem a diferença e ajudam a acelerar o preparo de poções e também na separação e medida exata de cada ingrediente.– Disse enquanto guardava alguns frascos com os ingredientes que acabara de comprar juntamente com chifre e rabo de Erumpente. –Sim meu jovem, fazem toda a diferença, mas infelizmente não trabalho com venda de caldeirões e balanças de ouro, você vai ter que ir na Artigos Mágicos, lá você vai encontrar o que procure e mande meus cumprimentos a Sra. Adelaine.– Aaron cumprimentou o homem velho, e em seguida, saiu da loja, voltando para a rua principal e sua multidão de pessoas. Enfiou a bola de couro de briba no bolso da jaqueta, não era seguro andar por ali com a bolsa onde guardava dinheiro e mãos, algum larapio poderia afana-la, tudo bem que ele não iria ter acesso as riquezas do jovem, mas o loiro iria perder tudo de uma forma ou de outras e isso não seria nada agradável.

Caminhou descendo a rua, sentindo uma leve brisa de vento agradável percorrer toda sua face jovial, fazendo-o sentir um pouco mais relaxado em meio a tanto barulho e pessoas. Acenou para um funcionário do Ministério que conheceu em sua época de estagiário. Por um momento, lembrou das palavras de seu bisavô dizendo que queria que ele fosse trabalhar no Ministério como auror e seguir os passos dele. Contudo, o loiro não tinha certeza onde iria trabalhar, só sabia que primeiramente iria caçar a criatura que matou Jennifer e a exterminar para que ninguém sofresse o que ele sofreu há dois anos. Aaron tratou de afastar esses pensamentos ao esbarrar em um bruxo mal encarado que lançou um olhar feio para ele. O loiro por sua vez pediu desculpas e seguiu o caminho, avistando a placa da Artigos Magicos bem próxima a esquina. A calçada da loja estava cheia e provavelmente o interior da loja estaria do mesmo jeito. Aaron suspirou um pouco desanimado, tomando coragem para entrar na loja. –

Adentrou o local, tomando cuidado para não esbarrar em ninguém ou empurrar, confusão era o que ele menos precisava naquele momento. Olhou ao redor procurando a sessão onde ficavam os caldeirões e as balanças, pois como a loja vendia vários artigos mágicos, atraia gente de todas as idades e vontades, até mesmo crianças de onze anos estavam no local comprando alguma coisa. –Com licença, moça.– Disse para uma garota que deveria ser apenas alguns anos mais velha que ele. A mulher sorriu para ele, flertando, Aaron retribuiu com um sorrisinho, mas continuou indo em direção a parte onde ficavam os caldeirões e balanças, afinal de contas fora para isso que ele decidiu ir até a loja. Avistou uma atendente terminando de auxiliar um cliente, a mulher deveria ter uns vinte e cinco anos e não era bonita, tinha cabelo loiro e sem vida além de ser magra demais. –Bom dia, Senhor, em que posso ajuda-lo?– Perguntou, voltando sua atenção para o loiro, que olhava para os caldeirões com interesse. –Bom dia, eu quero comprar um caldeirão de ouro e uma balança também de ouro.– A mulher o levou até uma parte, mostrando os caldeirões de ouro em destaque e ao lado as balanças. Aaron fez um sinal positivo após analisar cada um dos itens e em seguida, foi ao balcão para efetuar o pagamento com a dona da loja, a Sra. Adelaine.

Itens Utilizados:

  • Bolsa de Couro de Briba

    Usou um Bolsa de Couro de Briba.

Imagem

Imagem
Aaron Denvers
Funcionário do Ministério
Avatar do usuário
THIS IS SONCERINA!!!
 
Reg.: 23 de Nov de 2008
Últ.: 08 de Dec de 2019
  • Mensagens: 882
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 6 Pts.
  • 13 Pts.
  • 137 Pts.

Postado Por: Rent.


Re: Artigos Mágicos

MensagemArgentina [#113040] por Flor Lavezzi Costa » 14 Dez 2012, 13:43

  • 2 Pts.
  • 18 Pts.
  • 4 Pts.
”Tolice é viver a vida assim, sem aventura”
.:Post 1 :.


Poucas vezes eu tinha vindo sozinha ao beco diagonal, mas dessa vez era necessário. Embora muitos possam pensar que comprar uma câmera era futilidade, eu precisava registrar os meus últimos momentos no primeiro ano de Hogwarts. Mais ainda, eu precisava registrar tudo da minha nova casa – que eu nem sabia ainda se poderia ficar lá. Tio Diogo com certeza me ajudaria, ele é o melhor padrinho do mundo! Do mundo não, por que ele é só meu! Me arrumei toda para estar aqui, e ainda aproveitaria para tomar um sorvete, se me sobrasse algum trocado.

O dia estava realmente quente, e todos os bruxos sentiam isso. Várias senhoras usavam aqueles guarda-chuvinhas de renda para não deixar o sol escaldar em suas perucas, enquanto muitos dos senhores deixavam de lado a beca. Eu andava não muito rápido e observava cada loja com atenção. –Qual é o nome da loja mesmo? – murmurei enquanto olhava o lugar. Antes de sair eu tinha perguntado para Colin, um griffinório que adorava fotografia, onde eu encontraria essa câmera, porém a mente não estava ajudando muito. – Ótimo, só falta eu ter que ir de loja em loja.

Para a minha sorte, avistei uma menina conhecida. Era Annelise. Abri um sorriso e fui apressadamente até onde ela estava. –Anne! – falei alto para chamar atenção da garota antes que ela se distanciasse mais. – Anne, é a Flor! – a griffinória então se virou e sorriu para mim assim que me identifiquei. – Uffa! Que bom que te encontrei! – eu recuperava o fôlego antes de continuar a falar. – O que está fazendo por aqui?– a menina explicava que tinha vindo comprar alguns presentinhos para o natal e me perguntou se eu também estava sozinha. – Pois é. Eu queria vir com o Colin, ele ia me ajudar a encontrar a câmera, mas ele teve que ficar lá... Então me arrisquei. Posso te acompanhar? – ela então não hesitou e seguimos juntas nosso caminho.

Entrei em muitas lojas com elas e a ajudava a carregar algumas sacolas. –Flor, não é nessa loja que você tem que vir? – ela me perguntou apontando para uma vitrine muito envelhecida. A princípio eu imaginava algo mais... hight-tec, mas lembrei que estávamos no mundo mágico e tudo era bem clássico. – Ah, é aí sim, Anne! Eu tinha me esquecido o nome. - Fui direto ao balcão e encontrei uma senhora bastante simpática. – Boa tarde, eu vim comprar uma câmera fotográfica! Você tem uma? - A senhora então pegou uma caixa vermelha e retirou uma daquelas câmeras bem retrôs, o que me fez sorrir. Isso seria uma relíquia sem tamanho para os trouxas. Ela me perguntou se era só isso ou se eu tinha alguma especificação. -Bom, é só isso mesmo. Muito obrigada! Aqui está. - entreguei o dinheiro para ela e saí com Anne. Eu não entendo nada de câmeras profissionais mesmo, então qualquer uma servia. Graças à Merlin as coisas não foram demoradas na loja e pudemos ir direto à sorveteria!


***********


Vestimenta: Calça jeans rosa-pink, blusa xadrez branca com azul claro e tênis branco.
Interações: NPC Annelise Robs
Playlist: Último romântico – Lulu Santos
Aproximadamente 430 palavras
Trama Particular
Nota: Depois que a Anne foi embora que a Flor virou amiga dela, pode isso?
Imagem

Imagem
Flor Lavezzi Costa
2° Ano Gryffindor
Avatar do usuário
Nem tão complicada demais, mas não tão simples assim.
 
Localização: Rio de Janeiro \o
Reg.: 25 de Jun de 2012
Últ.: 29 de Jun de 2015
  • Mensagens: 371
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 2 Pts.
  • 18 Pts.
  • 4 Pts.

Postado Por: Rafaela.


Re: Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#113050] por Mérope M. Black-Thorne » 14 Dez 2012, 14:48

  • 5 Pts.
  • 15 Pts.
  • 31 Pts.
Já havia concluído as obrigações do dia e agora apenas passeava pelo Beco, deixando-se cativar pelas vitrines. Comprava sempre uma coisinha aqui e outra ali, esperando dar sua hora de ir para a casa. Agora tinha a companhia da coruja, que carregava consigo na gaiola, sendo esta a única compra que não fora despachada para casa com seu elfo domestico. Sorria para a ave, satisfeita com sua companhia. Ela era encantadora e as vezes Mérope podia jurar que a coruja podia compreender seus pensamentos. Essa era um elo valioso, ela sabia.

Passando pelas travessas do Beco, deparou-se com a loja de artigo mágicos, se demorando em suas vitrines. Os itens eram viçosos e chamativos, pareciam implorar por serem comprados. Anéis brilhantes com pedras generosas cravejando sua parte superior, balanças de metais preciosos e toda uma variedade de itens que você cobiça só de olhar. Seus olhos captaram uma outra sonserina adentrando a loja, e foi então que a usou de deixa para acompanha-la.

Reconhecia a jovem de olhos claros, era Felicity Noir, da sua casa. Menina encantadora, aquela. Lembrava-se de sua presença na festa de natal da família Black-Thorne do ano anterior, sendo ela uma das poucas agradáveis. Infelizmente, a menina pareceu não notar a ruiva, que resolveu deixar para lá. Mérope era péssima nessas coisas de encontrar com amigos.

Em vez de se preocupar com isso, deixou sua atenção cair sobre os itens maravilhosos. Ninguém veio atende-la de imediato, então teve muito tempo para encher os olhos com sua beleza. Cobiçava uma balança em especial, que era muito bonita, muito mais atraente do que aquela que usava na escola. Por ser fã de poções, assim como a mãe, Mérope ficou se enamorando do item até ter coragem de compra-lo. Por fim se rendeu a cobiça, chamando alguém que pudesse auxilia-la na compra. Especificou ao funcionário que lhe atendeu que desejava aquele item em especifico e acrescentou que era bom que estivesse em perfeito estado e não como aquele lixo que estava na vitrine. Pois é, as vezes Mérope conseguia soar tão irritante quanto a irmã.

O homem logo lhe trouxe o embrulho, pelo qual Mérope pagou –e bem caro- e agradeceu. Deixando a loja logo, antes que gastasse toda fortuna Black-Thorne em quinquilharias.
MÉROPE MARGUERITH BLACK-THORNE
Saturn's Moon One. -- Batedor -- quarto ano -- Sonserina

Imagem
Mérope M. Black-Thorne
4° Ano Slytherin
Avatar do usuário
The fruit is speechless before our sorceries, the party has just begun.
 
Reg.: 16 de Apr de 2008
Últ.: 10 de Dec de 2018
  • Mensagens: 250
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 5 Pts.
  • 15 Pts.
  • 31 Pts.

Postado Por: Nathykita.


Re: Artigos Mágicos

MensagemRussia [#113086] por Aleksey Sklevitz-Tchébrikov » 14 Dez 2012, 18:55

  • 13 Pts.
  • 6 Pts.
  • 20 Pts.
..Cabeça vazia, Oficina do diabo..


A Milena não estava querendo parar quieta. O que faria agora para ficar sossegada? Decidiu ir ás compras. Comprar as coisas até cansar. Até não aguentar mais carregar peso. Só que a diferença era que a alemã iria zoar nas compras, e não necessariamente comprar. Decidiu ir para o Beco Diagonal. Tomar um sorvete primeiro. Escolheu de canela com baunilha, seu sorvete preferido. Saboreou-o até o máximo e quando terminou foi para a primeira loja que viu na frente.

Artigos Mágicos. Entrou sorrindo, um sorriso de uma inocente garota, o que ela não era nem um pouco. O dono da loja sorriu de volta e continuou fazendo o que estava fazendo. A garota chegou perto de uma vitrine e apontou para uma grande bola de cristal. – Oi, tudo bem? Eu posso ver esta bola de cristal? – O homem andou até a vitrine, a abriu e tirou de lá de dentro o objeto desejado pela menina. Milena o pegou, e ficou olhando, como se estivesse ponderando sobre comprar, mas logo ela largou no balcão. Virou-se para olhar a prateleira atrás de si. – Quanto que está esta caneta? – O vendedor deu a volta no balcão e pegou a caneta. – É uma caneta muito cara Srta. Tem o dinheiro certo? – Milena chegou perto e abriu a bolsa que tinha. Dentro brilhava as moedas de ouro. O homem sorriu com certo constrangimento. A garota chegou perto da caneta, pegou-a, juntamente da bola de cristal. Pegou mais algumas coisas e colocou no balcão – Embrulha tudo que vou levar. – Pacientemente viu o vendedor sofrendo para embrulhar aqueles objetos, dando gargalhadas por dentro, mas sem demonstrar nada por fora. Quando terminou de embrulhar a caneta, pediu para esperar um momento e saiu da loja. Correu como se nunca houvesse amanhã. Não voltaria mais. Homem idiota. Na verdade ela era idiota, mas não ligava, aquilo lhe dava prazer. Qual seria a próxima loja? Tirou a varinha da bolsa e viu o estrago que ela mesmo causara quando brigara com Audrey. Precisaria ir arrumar sua varinha, e sem zoeiras desta vez, se não ela mesmo sairia perdendo. Contou o dinheiro, e fez as contas para ver se dava certo, e decidiu ir para a loja de varinhas. Será que encontraria outro suporte como o anterior? Com uma cobra no enfeite? Esperava que sim.
Spoiler: Mostrar
Imagem

Imagem
Aleksey Sklevitz-Tchébrikov
3° Ano Rurikovich
Avatar do usuário
Insubmisso, Não Curvado, Não Quebrado.
 
Reg.: 05 de Feb de 2010
Últ.: 26 de Feb de 2019
  • Mensagens: 287
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 13 Pts.
  • 6 Pts.
  • 20 Pts.

Postado Por: M.


Re: Artigos Mágicos

MensagemNoruega [#113766] por Erik T. Lundströn » 20 Dez 2012, 02:06

  • 7 Pts.
  • 11 Pts.
  • 6 Pts.

Havia um arroxeado feio e deprimente no céu, estranhamente iluminado pelos primeiros clarões do amanhecer. Erik se movia de um lado para o outro do Beco, confuso com sua lista de itens a serem comprados. Aliás, ultimamente sentia-se confuso em diversos aspectos desde que recebeu a carta para a ingressão em Hogwarts. Não sabia quais tipos de prazeres e desprazeres o destino poderia te-lo reservado e, francamente, nem se atreveria a adivinhar, deixaria tudo a ser resolvido passo a passo, oferecendo o melhor que pudesse oferecer.
Após um certo tempo caminhando por aquele lugar estranho, com pessoas ainda mais estranhas – algumas extraordinárias, outras ordinárias - , uma velha loja onde as pessoas entravam e saíam empolgadas e cujas vitrines exibiam artigos e bugigangas, na opinião de Erik, “bem interessantes”.

Entrou na loja como quem não queria nada, apenas dançando com os olhos através de uma velharia mais interessante que a outra. A loja possuía, assim como seus artigos, mobílias e decoração antiquadas, demonstrando indiretamente a arte e arquitetura da época em que foi erguida, sempre com detalhes talhados na madeira e o abundante uso de pedras e cristais apenas para fins estéticos. Levantou o pergaminho onde anotou sua lista e passou a inspecionar a loja atrás do que lhe era necessário.
Uma senhora percebeu que o jovem aluno procurava pelos materiais quais ela já estava acostumada a indicar e vender. Aproximou-se.

- Primeiro ano em Hogwarts, criança? - Perguntou Adelaine, dirigindo seu olhar para Erik.
- Sim – Erik respondeu secamente, apontando para alguns dos materiais que já havia avistado e recitando o que mais havia em sua lista, vestindo a máscara de quem está certo do que precisa.

Enquanto a simpática senhora se encarregava de ajudar, Erik passou a reparar nas pessoas que partilhavam o recinto consigo. Percebia vários primeiro-anistas na mesma situação, comprando seus primeiros materiais, mas imaginava que não estavam na mesma situação desprazerosa de confusão e ansiedade que ele estava.
Antes que seu pensamento pudesse vagar por mais algum tempo, foi interrompido pela prontidão de Adelaine.

- Deseja mais alguma coisa, senhor? - Adelaine segurava tudo o que Erik havia lhe pedido, enquanto o chamava de “senhor” com um tom brincalhão.
- Não, isso basta. - Respondeu brevemente, enquanto tirava seus galeões do bolso.
Imagem
"The night will always get darker before the sun comes out."
Erik T. Lundströn
1° Ano Slytherin
Avatar do usuário
 
Reg.: 17 de Dec de 2012
Últ.: 20 de Jan de 2013
  • Mensagens: 2
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 7 Pts.
  • 11 Pts.
  • 6 Pts.

Postado Por: Douglas Muratore.


Próximo

Voltar para Beco Diagonal

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante