Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3276 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2746 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3834 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2939 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2868 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Ruas de Hogsmeade

Moderadores: Chefes de Departamento, Confederação Internacional dos Bruxos, Ministério da Magia, Special Ministério da Magia

Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemInglaterra [#151250] por Leonard Spencer » 30 Jul 2015, 23:36

  • 16 Pts.
  • 12 Pts.
  • 83 Pts.

– O que mesmo que a que gente está fazendo aqui? –
ouvi Shad dizer ao meu lado, carregando a desanimação tão típica enquanto observava o grupo de corvinos que andavam a nossa frente, rumo a Hogsmeade – Não é como se fôssemos monitores ou qualquer coisa do tipo para ficar servindo de guia escolar. – acrescentou, fazendo revirar os olhos ante tamanho senso de coletivo.

– Como alunos mais velhos, não custa nada ficar de olho para ver se ninguém vai se perder ou se meter onde não deve, Shad. –
disse, revirando os olhos – Sem contar que você devia aproveitar e passar na dedos de mel. Outro dia você disse que tinha acabado seu estoque de doces para subornar os alunos mais novos a fazer as coisas que você queria. – comentei com sarcasmo, ainda não acreditando que meu amigo fosse tão idiota a ponto de fazer algo daquele tipo. Tudo pelo bem da preguiça ou algo do tipo.

– Realmente, não é má ideia. –
ponderou, pensativo, fazendo-me rir e menear a cabeça enquanto enfim chegávamos ao vilarejo. Shad não prestava, definitivamente – Aliás, você não tinha ficado de pegar alguns pacotes novos de snap explosivo? – e franzi o cenho, sem entender – Você tinha comentado. Algo envolvendo o Fritz... – acrescentou, fazendo-me pensar por um momento antes de enfim recordar.

– Nossa, ainda bem que você falou. Tinha esquecido disso. –
repliquei, lembrando então que o grifinório descobrira minha arte de montar castelos de snap explosivo sem me explodir, o que rendera aquele pedido e, como não podia deixar de ser, a divertida oportunidade de ver a cara do alemão ficar preta de fuligem durante as tentativas frustradas – Na verdade, – disse, pensando melhor – ando prometendo tanta coisa para ele que não é à toa que já esqueço o que eu falo. – sentenciei, revirando os olhos. Sei lá, algumas vezes eu achava que no fundo o loiro sentia falta de Mille e Drew, por isso acabava me alugando, já que eu era o mais próximo da capacidade daqueles dois.

– Enfim, acho que o pessoal já tá bem organizado por si, vou dar uma pulada lá na Zonko’s antes que eu esqueça. –
disse, levantando a mão para acenar para o Wright que concordou, afastando-se também. Não precisei dar mais do que alguns passos antes de avistar a loja para onde mais alguém parecia ir – Ei, e aí, Ju... – e antes que pudesse terminar minha fala, vi uma das gêmeas praticamente jogar a outra para o lado. Acabei seguindo com o olhar o ponto para onde as Eastwood viravam, notando ali uma figurinha já muito conhecida. Sem nem pensar, ergui a varinha, apontando-a para o loiroEgoplaude!

Action: Dar na cara do Bryan, fazendo ele próprio se dar na cara. (?)
Interaction: Shad Wright (NPC).
Tags: July Eastwood; June Eastwood; Bryan Roderick.
Off: Não era necessário, mas o Len que é muito maldito. .dels

Feitiço: Egoplaude[dano: 5]; [dificuldade: 5]; [confusão: 1];
Descrição: Maldição do Autoestapeamento. A vítima é forçada a se estapear na cabeça e na face. A azaração dura por alguns instantes e só pode ser desfeita por um contra-feitiço. O alvo é afetado por seus próprios golpes enquanto a azaração funcionar.

Itens Utilizados:

  • Varinha de Bordo, 31cm, Pena de Fênix, Inflexível

    Usou um Varinha de Bordo, 31cm, Pena de Fênix, Inflexível.

Leonard Spencer
Special Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 03 de Jul de 2015
Últ.: 21 de Oct de 2019
  • Mensagens: 167
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 16 Pts.
  • 12 Pts.
  • 83 Pts.

Postado Por: Meriu.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemIrlanda [#151251] por Kiara Reid Fitzpatrick » 31 Jul 2015, 00:03

  • 6 Pts.
  • 9 Pts.
  • 16 Pts.
    Gotcha!


    — Ok, realmente sinto muito por isso. — afirmou assim que ouviu June reclamar, após ter sido atingida pela bala de borracha. Claro que no fundo aquilo não havia doido, a outra provavelmente estava se referindo mais ao fato de ter sido agarrada é puxada do que a qualquer outra coisa. Porém, a filha de junho entendia a situação. A permanecia de July no gotcha significava até a corvinal ainda tinha chances de ganhar a brincadeira e levar, consequentemente, os pontos atrelados à vitória.

    Quando decidiu ir para hogsmeade, tinha em mente um descanso da brincadeira louca, porém, já que Roderick não estava pensando da mesma forma, não restava outra alternativa para. Morena senão contra-atacar. Sacando as duas armas de brinquedo do cós da calça jeans (não era porque não pretendia jogar aquele dia que andaria por aí desarmada), deixou claro que o Lufano tinha começado uma guerra e haveria retaliação.

    Mais uma vez, June se ofereceu para pegar uma das nerfs e assumir o lugar da irmã, porém, essa negou novamente. Primeiramente, sem os uniformes idênticos, poderiam ser facilmente distinguidas (ainda mais levando em conta que já tinham denunciado quem era quem na primeira defesa). Além disso, não era certo, era July sem deveria eliminar o loiro, o que faria com muito prazer, uma vez que já estava de saco cheio daquele Lufano e de suas investidas.

    A presença de tantos corvinos lhe passava uma confiança a mais, afinal, eles provavelmente fariam de tudo para defendê-la, ainda mais agora que a maioria já tinha percebido que Bryan estava ali, não? Então, aproveitando o feitiço que Len tinha acabado de usar, já que mesmo que não acertasse, aquilo poderia segue como uma distração, preparou-se para atacar. Apoiando os braços nos ombros da irmã gêmea que ainda usava como escudo humano, apontou as armas de brinquedo na direção de Roderick e atirou com as duas.

    Aquele Lufano certamente pagaria por ter tentado estragar seu momento de "lazer". Mesmo que não aceitasse naquele momento, continuaria vestindo, até que restasse apenas ela no jogo e o loiro se arrependesse de ter escolhido aquele dia é aquele local para atacar.


    atacando: Bryan Roderick
Imagem
Kiara Reid Fitzpatrick
Funcionário do Ministério
Avatar do usuário
Zoella (Zoe) Sugg
 
Reg.: 16 de Jul de 2014
Últ.: 06 de Dec de 2019
  • Mensagens: 499
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 6 Pts.
  • 9 Pts.
  • 16 Pts.

Postado Por: Mary.


[CONTRATEMPOS] ~ por Bryan Roderick

MensagemReino Unido [#151265] por Bryan Roderick » 31 Jul 2015, 16:32

  • 9 Pts.
  • 19 Pts.
  • 73 Pts.
GOTCHA!
Western revisitado


Estava realmente começando a perder as esperanças. Não obstante o tiro bem atirado e a fé certa do lufano de que agora era pra valer, July conseguiu puxar a sua irmã gêmea como escudo (bem que poderia valer na gêmea, né?), conseguindo se defender ao mesmo passo em que feitiços voavam na direção de Bryan. Mesmo conseguindo desviar do Mobilicorpus, não teve o mesmo sucesso contra o Egoplaude, o que desencadeou uma cena macabra: por um breve instante, viu seu braços forçados a se moverem contra si mesmo, desferindo fortes tapas contra o seu próprio rosto, tendo já atraído o olhar de todos os passantes da rua, os quais não veram poucos visto que aquela era a rua principal de todo o vilarejo de Hogsmeade.

Na verdade a partida começava a se configurar como um duelo de faroeste em meio àquele povoado, pois começaram a surgir das lojas algumas cabecinhas para ver o que acontecia, ou mesmo grupos de alunos se mantinham ao redor assistindo, embora mantendo uma segura distância. Criou-se como que um campo de batalha no meio da rua rodeado por expectadores que em pouco tempo começariam a torcer para algum lado, se é que já não o faziam. Isso não desagradava de todo ao lufano porque o lembrava das histórias antigas que ouvia.

Tendo todos aqueles corvinos em guarda certamente lhe dificultaria uma nova investida, mas o mesmo valia para ela que, ainda usando a irmã como escudo, sacou duas nerfs a fim de atacar o discípulo de Helga exatamente em meio a um grupo de lufanos que o acompanhavam. É claro que o feitiço lhe havia causado no mínimo tontura - para não falar da dor e da vergonha - mas ainda seria capaz de se desviar do seu jeito clássico: atirando-se contra o chão no momento em que vê as arminhas apontadas para si. Assim o fez, mas já puxando a sua própria nerf; se fosse possível, faria dali mesmo a sua próximo ofensiva. Ninguém esperaria que atacasse do chão mal tendo se recuperado de uma defesa, certo?


ação desviar dos tiros de July Eastwood atirando-se contra o chão
Bryan Roderick
5° Ano Hufflepuff
Avatar do usuário
 
Reg.: 08 de Dec de 2009
Últ.: 25 de Jan de 2017
  • Mensagens: 250
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 9 Pts.
  • 19 Pts.
  • 73 Pts.

Postado Por: Will.


[FIRE!] ~ por Bryan Roderick

MensagemReino Unido [#151267] por Bryan Roderick » 31 Jul 2015, 16:53

  • 9 Pts.
  • 12 Pts.
  • 50 Pts.
GOTCHA!
Hello... I want to play a game


Ninguém esperaria que atacasse do chão mal tendo se recuperado de uma defesa, certo? Pois foi o que fez. Diante do vislumbre de sua queda enquanto os disparos passavam por cima do seu corpo, os braços já esticados à frente com a nerf direcionada para July Eastwood dispararam novamente. Dois colegas o ajudaram a se levantar mais que rapidamente e ele lhes disse, sem nem mesmo conferir a eficácia do tiro: - Tática 67X! - os nomes eram certamente aleatórios, e as táticas não foram nenhuma delas pensadas pelo próprio lufano. Talvez fosse a única tática pensada.

Dois a dois, os lufanos saíram correndo imediatamente para pequenas ruelas paralelas àquela, ao lado das lojas e alguns até mesmo dentro delas a fim de espiar pelo lado de dentro das vitrines. A tática era a seguinte: Bryan precisava de uma defesa, sendo necessário que ao menos um ficasse sempre com ele, embora os outros estivessem em alerta o tempo todo também, assim era preciso que permanecessem dois a dois. Sabendo que corria ali o risco de ser imobilizado por algum corvino (já vinham tentando fazer isso há dias, inclusive a própria July na época em que era apenas o seu alvo), seria prudente que os grupos se dividissem. Manter a corvina ali, no mesmo lugar, com todos os corvinos esperando um novo ataque para defendê-la, era muito cômodo para a Eastwood; ao contrário, com lufanos estrategicamente divididos, tinham não apenas uma distração como espiões. Ela poderia ignorar o lufano e continar seu passeio, e então teria algum lufano para avisar Bryan aonde o grupo havia se dirigido, ou poderiam seguir a dupla errada e Bryan poderia atacar quando estivesse desprevenida, ou, por fim, poderiam ir atrás da dupla certa - mas então estavam os texugos estrategicamente postos a fim de também defender o colega com feitiços, como vinham fazendo os corvinos.

Apesar de tudo, restava a esperança de que a primeiranista que ficou viesse lhe dizer:
- Parabéns, Bryan! Você a atingiu bem na cabeça, está de parabéns. Você ganhou a partida! - ali, escondido num beco quase ao lado da Zonko's, aquela possibilidade o consolava por alguns segundos, sem lhe baixar a guarda de quem esperava que a qualquer momento a sua algoz pudesse aparecer.


ação disparar contra July Eastwood
nota este post ficou uma maluquice, mas cuidado para não serem incoerentes nas defesas. os lufanos se dividiram ali no espaço, nas ruas intersecantes; em resumo, é como se a coisa toda fosse para a rua ao lado e se os corvinos não forem atrás, nós voltamos. Na verdade fiz isso só para ter o que escrever.
Bryan Roderick
5° Ano Hufflepuff
Avatar do usuário
 
Reg.: 08 de Dec de 2009
Últ.: 25 de Jan de 2017
  • Mensagens: 250
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 9 Pts.
  • 12 Pts.
  • 50 Pts.

Postado Por: Will.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemIrlanda [#151288] por Kiara Reid Fitzpatrick » 01 Ago 2015, 12:32

  • 20 Pts.
  • 7 Pts.
  • 41 Pts.
    Gotcha!


    Infelizmente, apesar da confusão causada pelo feitiço lançado por Len, Bryab conseguiu ser rápido o suficiente, se jogando no chão e evitando que os dardos de borracha acertassem seu corpo. Claro que aquela cena toda logo começou a chamar uma atenção indevida. Dois garotos com objetos estranhos e coloridos em mãos (afinal, a maior parte dos bruxos não tinha a menor ideia de que aquilo se tratava de um brinquedo trouxa) e uma série de outros alunos, principalmente da Lufa-Lufa e da Corvinal, reunidos naquele espaço rapidamente pareceram protagonizar um pequeno espetáculo que vários tentavam compreender.

    — Ok, vamos deixar as coisas mais interessantes. — falou, saindo de trás de June enquanto alguns lufamos ajudavam Roderick a se levantar. Aparentemente, os alunos da casa amarela tinham um plano, mas, naquele momento, July já tinha elaborado o seu próprio. Com um sorriso divertido, observou os lidamos assumindo posições mais dispersas. Claro que não cairia no joguinho deles, era uma corvina, afinal. Sem tirar os olhos de seu alvo, disparou contra ele assim que achou um ângulo suficientemente bom (isso sem se enfiar no beco). Contudo, não ficou ali para observar se o loiro conseguiu se defender ou não, assim que as balas saíram das armas de plástico, a morena começou a correr.

    — Eu e você na casa dos gritos. O que acha, Bryan? Isso é, se ainda estiver vivo. — gritou por cima do ombro, sem interromper as passadas rápidas. Enquanto seguia, conseguiu ver que alguns companheiros de casa a acompanhavam. Mesmo que tivesse convidado apenas Roderick, com o intuito de criar um embate realmente apenas entre os dois, não se incomodava com a atitude dos corvinos, uma vez que eles poderiam apenas estar assegurando que aquele grupo de lufanos não acompanhasse Bryan. E caso isso acontecesse, pelo menos estariam em pé de igualdade.

    Na descida para a casa dos gritos, não olhou para trás nem uma única vez, confiando que os colega de casa seriam capazes de defendê-la caso seu oponente tentasse atacar enquanto estivesse de costas. A propósito, também não tinha a menor ideia se estava sendo seguida ou não pelo loiro, mas no pior dos casos, encontraria dentro da casa abandonada alguns instantes de paz, o que não seria ruim, definitivamente.


    Atacando: Bryan Roderick
Imagem
Kiara Reid Fitzpatrick
Funcionário do Ministério
Avatar do usuário
Zoella (Zoe) Sugg
 
Reg.: 16 de Jul de 2014
Últ.: 06 de Dec de 2019
  • Mensagens: 499
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 20 Pts.
  • 7 Pts.
  • 41 Pts.

Postado Por: Mary.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemInglaterra [#151398] por Leonard Spencer » 02 Ago 2015, 12:33

  • 13 Pts.
  • 19 Pts.
  • 15 Pts.

A mente é uma coisa curiosa. Algumas vezes ao ver algo você imagina uma coisa e, na verdade, não é nada daquilo, pelo contrário, é só sua cabeça julgando o que é mais conveniente para seu pobre e desprezível eu. Culpa? Falta? Besteira. Era, simplesmente, humano. Poucos ou quase ninguém fugia disso. Nem eu, nem você, menos ainda ele ali.

Assim sendo, foi, inicialmente, com um sorriso divertido que vi o feitiço sair da ponta da varinha. Um ato breve, que logo foi substituído por um certo peso na consciência ao ver a cena em si do garoto loiro se dando tapas. Ok, aquilo não havia sido tão legal quanto parecera de início – e eu sei, eu sei, pensar, analisar e etc era uma das características de minha casa, ou assim muitos clamavam, mas depois de anos convivendo com o feliz-infeliz do meu primo, participar ou aproveitar qualquer relampejo de oportunidade quanto à zoeira se tornara instintivo e automático em mim. Assim sendo, ainda que não houvesse acompanhado o que se passou ali entre corvina e lufano para que este se jogasse sobre o chão, da minha parte, novamente ergui a varinha, daquela vez para jogar um ‘Finite’ em Roderick, ponderando que mais tarde talvez perguntasse à Sté se ela conhecia o garoto e o que poderia ser feito como pedido de desculpas – e não sei se seria preconceituoso dizer que meu primeiro pensamento foi relacionado a comida, já que ele era da Lufa-Lufa.

Em meio àqueles pensamentos nada usuais, notei só então que tanto o loiro quanto a morena carregavam consigo as malditas armas coloridas – o que me fez considerar por um instante que meu ataque impensado talvez houvesse sido mais um ato inconsciente, para justamente evitar que aquela guerra idiota eclodisse em meio ao vilarejo bruxo, do que por zoeira pura. Fosse como fosse, era visível que não havia dado certo e que aquela m*rda ia prosseguir. Respirei fundo, vendo o lufano se erguer e falar alguma coisa, quase ao mesmo tempo em que geral parecia se dispersar. Notei então o movimento de July e ao vê-la apontar para o ponto para o qual Bryan se fora, sem nem pensar, girei a varinha para evocar um ‘descendo’, a fim de fazer com que uma telha caísse, talvez com sorte, no tempo certo para defender o pobre lufano que eu sacanamente aloprara.

Action: Defender o Bryan do modo acima descrito.
Tags: Bryan Roderick; July Eastwood.
Off: Não tem off não, tudo on por questões de segurança. Obrigado.

Leonard Spencer
Special Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 03 de Jul de 2015
Últ.: 21 de Oct de 2019
  • Mensagens: 167
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 13 Pts.
  • 19 Pts.
  • 15 Pts.

Postado Por: Meriu.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemInglaterra [#152936] por Yanick Reymond » 08 Nov 2015, 19:44

  • 11 Pts.
  • 12 Pts.
  • 55 Pts.
A correria dos dias faziam o tempo ficar mais curto. Aulas e mais aulas, tarefas e mais tarefas, treinos de quadribol, grupos de estudo para os N.O.M’s, cansaço. Uma avalanche de atividades tomavam todo o tempo do quintanista, além disso, ainda arrumava tempo para a pessoa mais preciosa dos últimos meses. O lufano tivera que esperar cerca de treze anos e alguns meses até poder sentir tais sentimentos que vinha sentindo nesse período que estava com a corvina. Tudo bem que ele era mais velho que ela um ano e alguns meses, mas o sentimento que rolava entre os dois superaria qualquer diferença de idade.

Durante a semana, Lucian dedicava seu tempo para estudos e atividades acadêmicas e quando estava bem em determinada matéria, se dava ao luxo de matar uma aula ou outra para dedicar tempo à namorada. Gostava dos dias frios, pois ficava abraçadinho com a morena, dando e recebendo carinho, uma das coisas que mais gostava. Quem via os dois, as vezes sentia enjoo, tamanho a melação dos dois quando juntos. Também pudera, quando não era uma aula gazeada, só conseguiam se encontrar ou no café da manhã ou no almoço e em tempos cronometrados.
– Ah cara, se você e a Sarah namorassem, fossem de casas diferentes, anos diferentes e horários diferentes, vocês também ficariam colados sempre que possível – comentava Thor para Lucca, que fazia caras e bocas quando alguém comentava sobre a ruiva e ele.

Os garotos estavam a caminho do alojamento masculino. Heinsten havia pedido para que alguns amigos pudessem encontrá-lo no dormitório para uma rápida reunião, ninguém ainda sabia do que se tratava. Chegando no dormitório, Lucian cumprimentou cada um.
– Bem gente, quero agradecer a vocês por se mostrarem prestativos. Vamos direto ao ponto, esse final de semana, Lola e eu completamos 6 meses juntos e quero fazer algo legal. Esse final de semana vamos para Hogsmeade...

***


- Lola!! Lolaaaa!! Gritava enquanto corria até chegar na namorada. – Ei meu amor, tudo bem? Deu um beijo estalado na morena e depois beijou a testa da menina como sempre fazia. Olhou a menina por inteira e depois fixou o olhar no rosto dela. Era uma branquela linda – como se ele fosse negão. – Minha pequena, esse final de semana vamos para Hogsmeade, te preparei uma surpresa ok? Bem, tenho que ir agora, te vejo mais tarde. Abraçou a corvina e saiu indo direção ao castelo, rindo da expressão de curiosidade e de raiva da menina. Sabia que ela ficaria ansiosa e curiosa, e esse era o objetivo. – Te amo minha branquinha!!
Yanick Reymond
Mundo Mágico
 
Reg.: 28 de May de 2009
Últ.: 21 de Nov de 2019
  • Mensagens: 561
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 11 Pts.
  • 12 Pts.
  • 55 Pts.

Postado Por: Jean Bispo.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemInglaterra [#153087] por Lola Rousseou » 23 Nov 2015, 22:52

  • 20 Pts.
  • 5 Pts.
  • 18 Pts.
- 01 -


Para começo de conversa, ele estava estranho a dias. Vinha evitando os contatos e até mesmo os encontros que ela planejava depois de qualquer aula. O pior passou pela cabeça da corvina em vários sentidos, e até chegou a escrever para sua mãe contanto sobre o quão estranho Lucian estava. Desde o dia em que ele a tinha parado no meio de Hogsmeed para falar sobre uma surpresa que nunca havia chegado, é claro. Segundo July, era algo romântico e muito lindo, que Lola estava sendo exagerada e todas essas coisas, mas a corvina não conseguia se convencer disso. Seu coração doía.

Havia uma agonia dentro da menina, ainda mais por saber que ele escondia alguma coisa. Lola era de uma curiosidade nata, e Lucian era bem consciente disso, talvez tivesse feito de propósito para irrita-la. Andando de um lado pro outro em seu dormitório, ela começou a mexer nas pulseiras em seu braço esquerdo e a puxar os fios de seu cabelo solto. Odiava ter que esperar, ainda mais quando se tratava de uma surpresa, pra ela. - Se continuar andando assim, vai acabar abrindo um buraco no chão. - As palavras de July pareceram acordar a menina que parou subitamente e suspirou pesado.

- Ele ta fazendo de propósito. Eu odeio surpresas e odeio ficar curiosa. Porque Lucian fez isso? - Aquela coisa toda de ficar paranóica era um pouco mais estressante do que ela gostaria, levando em consideração a época do mês em que estavam. July riu. - Como eu disse, você precisa se acalmar. Aposto que o Lucian preparou algo lindo para vocês dois. Fazem seis meses não é? Então. Essa é uma data importante e tudo mais... - Ela começou a folhear uma revista qualquer e a morena mais nova recomeçou seus passos para lá e para cá. Foi a primeira vez que desejou saber usar legimência.

Quando faltavam pouco mais de cinco para as oito da noite, Lola saiu do dormitório para ir na direção das escadas e o loiro já estava lá. Bem vestido e com um sorriso que a fez perder completamente a noção do motivo de estar aborrecida minutos antes, mesmo que a curiosidade continuasse lá. Um beijo suave e logo estava abraçada a ele. - Estou bem curiosa. Pra onde vamos? - Era óbvio que ele não responderia, mas perguntar não iria mata-la, mas amenizaria um pouco a ansiedade presa em sua garganta. Lucian a tinha nos braços e nada mais importava para a morena, ao menos, até chegarem ao dito lugar. Só ai ela saberia se iria se acalmar ou pirar de vez.


With: LucianH.
Notes: Primeiro, perdão pela demora. Eu estou tentando. E depois, eu espero que goste, me esforcei um pouquinho pra fazer a Lola louca! auhsuahs
Lola veste isso aqui. - Ou algo parecido com isso! :P
Capitão.
Imagem
Lola Rousseou
Funcionário do Ministério
Avatar do usuário
Vanessa Hudgens
 
Reg.: 09 de Apr de 2014
Últ.: 09 de Dec de 2019
  • Mensagens: 259
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 20 Pts.
  • 5 Pts.
  • 18 Pts.

Postado Por: Joyce Dayanne.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemInglaterra [#153642] por Yanick Reymond » 26 Dez 2015, 00:53

  • 18 Pts.
  • 16 Pts.
  • 77 Pts.
O final de semana havia chegado. Lucian e os amigos da Lufa-Lufa haviam ensaiado o que deveriam ensaiar para a surpresa de Lola. Como era de conhecimento dos garotos lufanos, o quintanista e a corvina fariam 6 meses de namoro. Heinsten havia comprado chocolates para a menina. Estava bem arrumado e cheiroso. Combinara com Derek, Lucca, Aleksey e os demais para estarem na estrada de Hogsmead na saída da ponte. O código que usaria para anunciar a proximidade seria um assobio. Esperava que Lola gostasse.


Aproximou da escadaria que dava acesso a entrada que ia para a passagem do Salão Comunal Corvino, esperando a hora de encontrar a namorada. Estava nervoso pra ver se ela iria gostar da surpresa. E lá veio ela descendo as escadas. Os olhos de Lucian se encheram de alegria e amor. Ela era realmente linda. Ela também abriu um largo sorriso ao ver o namorado. Os dois se davam bem. Quando desceu o ultimo degrau, foi recebida com um beijo gostoso de Lucian.
- Você está linda, como sempre. Venha, está ficando muito tarde, devemos nos apressar. Saíram do castelo indo na direção da estrada que dava para Hogsmead.


Já podiam avistar as clareiras de Hogsmead. O branco da neve por cima das chaleiras e telhados das casas e prédios deixava o período natalino ainda mais bonito. Quando se aproximaram da ponte que liga o vilarejo à estrada de Hogwarts, Lucian voltou a falar, ainda caminhando, segurando a mão da morena firme, um pouco trêmula, demonstrando nervosismo. - Sabe Lola, eu nunca encontrei uma garota que faz as coisas que você faz. Que me deixa disposto a te amar e te tratar bem. Naquele momento começavam a descer a ponte já entrando no vilarejo, cantarolou um assobio, foi nesse momento que saíram de trás das paredes do 'portal de entrada' da cidade, os lufanos, entoando instrumentos e tocando uma musica.
- Bem meu anjo, essa é a surpresa que eu queria fazer pra você - conjurou um ramo de flores e um saquinho de feijões saltitantes e começou a cantar. Logo em seguida pegou um violão e tocou junto. Aquela era a música tema dos dois. - Te amo Lola, feliz aniversário de 6 meses. Deu um beijo doce na menina após cantar.

Note: Lucian tocando
Música Cantada
Yanick Reymond
Mundo Mágico
 
Reg.: 28 de May de 2009
Últ.: 21 de Nov de 2019
  • Mensagens: 561
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 18 Pts.
  • 16 Pts.
  • 77 Pts.

Postado Por: Jean Bispo.


Re: Ruas de Hogsmeade

MensagemInglaterra [#155102] por Sarah Scarlett Maison » 16 Jan 2016, 17:22

  • 7 Pts.
  • 4 Pts.
  • 7 Pts.
    × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × ×
    You know it can get hard sometimes
    It is the only thing that makes us feel alive

    × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × ×
    DESAFIO DO LUFANO

    Os momentos, antes tão raros, em que os Maisons eram vistos andando juntos como uma família comum e feliz no mundo mágico estavam fazendo muito bem aos três. Há boatos, dentro do próprio Ministério, que o patriarca da família tem andado com alguns sorrisos no rosto. Sorrisos estes que não eram vistos desde o princípio do casamento dele. As más línguas diziam que ele estava procurando uma mulher para pôr no lugar de Kate, já as boas, o incentivavam a continuar o passeio com seus filhos. “Eles precisam mais do que nunca de você.”

    O fato é que a mudança de ares e os passeios em família estavam mesmo modificando não só o cotidiano daqueles três, como também a forma de pensar. Era exatamente por esse motivo que o próprio Sr. Maison sugeriu algo que há muito não se comentava: uma reforma. Passeando tranquilamente pelas ruas de Hogsmead, o homem de feições sérias olhou para seus filhos com lampejos de esperança faiscando nos olhos.

    - O que vocês acham de fazermos algumas mudanças em nosso chalé? – As palavras saíram de seus lábios como se tivessem sido libertadas após anos de aprisionamento.

    - Mudanças? Para quê? – John, mesmo sabendo que precisava mesmo modificar algumas coisas no exterior da casa para facilitar o seu trabalho, relutava em trocar qualquer coisa de lugar para não afetar a memória de sua mãe.

    - Quieto, John! – Repreendeu uma esperançosa adolescente dos cabelos vermelhos. – Eu acho uma ótima ideia, papai! – Sorriu aliviada. Queria mesmo trocar algumas coisas em seu quarto, arrumar o sótão, ampliar e modernizar sua estufa e deixar a sala de estar mais viva. Já tinha o planejamento quase todo em mente. – Posso ajudar o senhor a decorar seu escritório também. Minha mãe sempre dizia que você precisava de coisas mais vivas naquele ambiente. Embora seja mais sério que todos nós, não é obrigado a conviver com aquela morbidez.

    O Sr. Maison arregalou os olhos após aquela chuva de palavras, mas meneou a cabeça em concordância. Talvez ele quisesse mesmo libertar não só suas palavras, como também todo aquele sentimento repreendido por anos.

    - O sótão também precisa de mudanças. Como vamos guardar muitas coisas que eram da mamãe lá, nada mais justo do que deixarmos ele com uma aparência mais agradável. Eu me comprometo a limpá-lo por completo e organizar tudo. – Agora eram os olhos dela que faiscavam. –Como vocês dois tem gostado de cozinhar, podemos estender aquele balcão também... E a sala, já que se animaram com a ideia de fazermos sociais lá uma vez ao ano.

    - Vamos com calma, Sarah. Não precisamos mudar toda a nossa vida agora... - Hesitou o rapaz.

    - Agora que a mamãe se foi? – Suas palavras saíram maduras demais. Claro que aquilo doía demais dentro dela, entretanto, Sarah tentava imaginar como Kate reagiria com todas aquelas coisas. Queria que estivesse feliz em vê-los de onde quer que estivesse. – Vamos, John! Vocês sabem o quanto eu amo a mamãe, o quanto dói em mim não tê-la mais por perto. Mas eu estou tentando animar os dois justamente em respeito à sua memória. Ela ficaria feliz com isso... Uma reforma na nossa casa, na nossa vida.

    × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × ×
Imagem
Sarah Scarlett Maison
Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 03 de Jun de 2013
Últ.: 05 de Sep de 2019
  • Mensagens: 449
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 7 Pts.
  • 4 Pts.
  • 7 Pts.

Postado Por: Marj.


AnteriorPróximo

Voltar para Hogsmeade

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante