Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3300 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2771 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3859 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2962 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2895 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Artigos Mágicos

Descrição: Loja de Artigos Mágicos

Moderadores: Chefes de Departamento, Special Ministério da Magia, Ministério da Magia, Confederação Internacional dos Bruxos

Re: Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#154869] por Sarah Scarlett Maison » 14 Jan 2016, 09:56

  • 2 Pts.
  • 8 Pts.
  • 4 Pts.
    × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × ×
    Losing hope is easy
    When your only friend is gone

    × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × ×
    UMA NOVA AMIGA

    Sarah ainda piscou os olhos algumas vezes para tentar afastar de sua mente todas aquelas lembranças que aquele toquinho de gente tão parecido consigo mesma há alguns anos que demorou a assimilar o que estava fazendo ali. Podia passar horas olhando aquela menina. Uma sensação gostosa de empatia tomava conta de si, sobretudo por ela ser tão falante. Sua vida teria sido um pouco melhor se, naquela idadezinha, ela já conseguisse falar com estranhos com alguma naturalidade. Balançou um pouco a cabeça e deu um sorriso de lado ao notar que faltava alguma coisa naquela criança.

    - Não, claro que não tem problema – a voz saiu um pouco embargada. Era muito mais fácil falar com crianças, mesmo assim, uma ansiedade subia pelo seu peito e se espalhava pelos pulmões fazendo o ar ter dificuldade em sair. Ela respirou devagar, tentando aparentar normal. – Digo, muito obrigada por isso. Fluffy não é de sair correndo assim, acho que ele está cansado de ser esbarrado por tanta gente – Sarah mexeu os ombros.

    - Você está perdida também? – As palavras saíam o mais doce o possível de seus lábios. Não queria assustá-la. – Digo, o Fluffy estava perdido e... – A terceiranista de Hogwarts estava tão nervosa com aquela situação que acabou esquecendo-se de se apresentar. – Oi Tiger, eu sou a Sarah. Hm, eu acho que entendo – ela deu um sorriso mais espontâneo e divertido – sou bruxa desde que nasci. Mesmo meus pais me superprotegendo e me isolando do mundo até os meus onze anos. – Respondi pegando Fluffy novamente e o acolhendo em meus braços. Naquele instante percebi o que estava faltando. A menina não tinha um braço.

    Sarah sorriu. Gostava das particularidades das pessoas, entendia que cada traço era uma história. Quem sabe um dia não teria intimidade o suficiente para perguntá-la sobre aquilo. Não queria ser inconveniente, afinal, acabara de conhecê-la. Ela então desviou novamente seu olhar para o coelho acinzentado e mexeu no focinho dele com a ponta do indicador.

    - Você tem que agradecer a sua nova amiga Tiger por ter lhe salvado, caso contrário, teria virado panqueca de coelho – a garota mexeu na patinha do coelho, fazendo-o acenar para aquela criança. Sarah ergueu a cabeça e viu uma mulher vindo em direção de Tiger com uma expressão de alívio. Provavelmente era sua responsável. – Acho que agora a senhorita não está mais perdida. Quem sabe a gente não se encontra de novo. Se você quiser ir para Hogwarts, pode me procurar lá. – A menina olhou para os lados e sussurrou para a baixinha – Lufa-lufa é sempre a melhor opção. – E deu uma piscadela antes de sair. – Até breve, pequena.

    × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × × ×


Interações: Fluffy e Tigerlilly | Somente para encerrar o arco já que o post estava pela metade.

Itens Utilizados:

  • Animal: Coelho

    Usou um Animal: Coelho.

Imagem
Sarah Scarlett Maison
Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 03 de Jun de 2013
Últ.: 15 de Dec de 2019
  • Mensagens: 450
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 2 Pts.
  • 8 Pts.
  • 4 Pts.

Postado Por: Marj.


Re: Artigos Mágicos

MensagemRussia [#155324] por Alik Yuriev » 18 Jan 2016, 20:49

  • 12 Pts.
  • 6 Pts.
  • 8 Pts.
    - Não acredito que pude esquecer-me de comprar esses materiais.- Passava os olhos lentamente pela vasta lista que carregava em minhas mãos. Se passar alguns poucos minutos a sós não fosse não agradável àquela caminhada toda seria torturante. Não importava as dores nos pés quase dormentes, nem as pernas pesadas que praticamente eram arrastadas pelas ruas do beco.

    - Acho que aqui vou consegui encontrar tudo que estou procurando, ou boa parte das coisas.- Adentrei uma loja próxima ao ver alguns caldeirões dispostos na vitrine. Certamente ali haveria de ter o que precisava, e se ao menos uma vez a sorte estivesse do meu lado teria exatamente tudo naquele local e não precisaria dar mais nenhum passo se não em direção a sorveteria após finalizar as compras.

    - Vejamos... Eu preciso de uma balança nova.- Falava sozinha, lendo o primeiro item da lista. Corri os olhos pelo local recaindo sobre os objetos que estavam dispostos em um canto da loja. Havia vários modelo e tamanhos de balanças que achava complicado ter que escolher alguma que fosse suficientemente útil para o próximo ano. – Rebecca!- A voz cansada da mulher me surpreendeu fazendo-me levar um pequeno susto. A mulher de cabelos castanhos mantinha um ar de repreensão e ao mesmo tempo alívio. – Não fuja correndo da próxima vez.-Se soubesse que ela me acalcaria fácil certamente teria corrido mais rápido.

    A jovem empregada e infeliz designada a me acompanhar daquela vez, arfava buscando ar.
    – Desculpa, da próxima vez eu te espero prometo.- Mentia na cara dura, assim que saíssemos daquela loja tentaria correr mais rápido ou pelo menos fazer com que a mulher cansasse e se convencesse a esperar no carro. – Me ajuda a achar esses itens Olívia? Pode escolher o que você achar melhor pra mim é tudo igual mesmo.- Entediada passei a lista para as mãos esguias da mulher. Prontamente a mesma procurou item por item do que havia escrito ali e não demorou para que estivesse tudo comprado e não é que de fato havia tudo naquela loja? Agora era hora de um sorvetinho!
Imagem
Alik Yuriev
5° Ano Ravenclaw
Avatar do usuário
Francisco Lachowski
 
Reg.: 07 de Oct de 2014
Últ.: 16 de Nov de 2019
  • Mensagens: 306
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 12 Pts.
  • 6 Pts.
  • 8 Pts.

Postado Por: Jack.


Re: Artigos Mágicos

MensagemBelgica [#156291] por Gaheris Hazard » 31 Jan 2016, 17:59

  • 17 Pts.
  • 12 Pts.
  • 22 Pts.
Com o livro monstruoso os monstros debaixo dos braços, Gaheris, deixou a Floreio e Borrões para trás para, mais uma vez, encarar o Beco Diagonal. Havia mais alguns lugares que ainda precisava passar, mas antes de continuar com sua atividade de compras, decidiu voltar para seu quarto n’O Caldeirão Furado, afinal, andar por todo o Beco Diagonal com aquele livro infernal debaixo dos braços seria muito incômodo. Voltou para o bar e estalagem e foi direto para o seu quarto, onde depositou suas comprar e logo em seguida saiu, tenho como rumo os fundos da estalagem para voltar para a ruela torta. Checou mais uma vez a lista para riscar a Floreio e Borrões e ver o que ainda faltava para visitar.

Gringotts
Florean Fotescue’s
- Madame Malkin’s
- Empório das Corujas
- Floreios e Borrões
- Artigos Mágicos
- Loja de Caldeirões
- Slug & Jiggers' Apotecário


– Legal! Só mais três lugares e fico livre para passear! – Saltitando de alegria com a proximidade do fim de suas compras, Gaheris saltitou feliz em direção a loja de artigos mágicos. Precisava comprar um pilão novo e, talvez, algumas bugigangas que talvez achasse interessante. Já no interior a loja, foi direto para onde sabia que poderia comprar um pilão e já começou a percorrer todo o perímetro com o objeto debaixo do braço esquerdo enquanto olhava para too os lados em busca que lhe pudesse ser útil. Não vida nada que lhe interessou, exceto no último corredor onde fazia sua ronda, onde ele avistou um onióculos.

– Nossa! Isso vai ser fantástico pra ver os jogos as Harpias! – precisou ficar na ponta os pés para alcançar o binóculo mágico, mas conseguiu puxá-lo para baixo com as pontas dos dedos, o que foi o suficiente para conseguir leva-lo até o caixa e realizar o pagamento. Com os galeões gastos na loja de artigos mágicos, saiu de lá com o onióculos no rosto, apertando seus vários botões e olhando para todos os cantos para testá-lo, afinal, se não funcionasse direito, ainda estava em tempo hábil para trocar.
Gaheris Hazard
2° Ano Ravenclaw
Avatar do usuário
 
Reg.: 13 de Jul de 2014
Últ.: 01 de Jun de 2019
  • Mensagens: 95
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 17 Pts.
  • 12 Pts.
  • 22 Pts.

Postado Por: Alt.


Re: Artigos Mágicos

MensagemRussia [#156323] por Sasha Yuriev » 31 Jan 2016, 18:42

  • 20 Pts.
  • 4 Pts.
  • 5 Pts.
Obviamente minha pequena excursão a Borgin & Burkes fora rapidamente interrompida, exatamente seguindo o critério dos Sex Shops. Mais uma vez, aquele lugar era sabido de existir, no entanto crianças deveriam ficar do lado de fora, como mandava o senso comum. “Não vejo porque. Eu mesmo compraria coisas lá se eu tivesse o dinheiro... Digo, a quantidade certa.” Como aquele manto ante-quedas. Céus, eu encomendaria uns três, pode ter certeza que sim. Do jeito que eu andava caindo ultimamente, uma capa como aquelas certamente representava muito mais proteção do que qualquer outra coisa, ainda mais porque eu planejava começar a jogar quadribol, imagina cair de lá de cima?

“Melhor nem pensar nisso...” A mera imagem que aquilo lançava em minha mente fazia um milhão e meio de arrepios descer pela minha espinha. Respirei fundo, virando a cabeça para encarar uma das lojas mais peculiares do beco e que eu, aparentemente, não poderia entrar até estar mais velho. “Mas, talvez, a Artigos Mágicos tenha alguma coisa parecida...” Ali dentro pelo menos eu poderia entrar e ficar, digamos assim, quanto tempo eu precisasse para conseguir todos meus preciosos itens para o próximo ano.

-Vejamos... – Rodopiei no meio da loja, olhando pelas prateleiras a procura do lugar onde eu deveria começar minha pequena exploração. – Álbum de fotos. – Claro que eu tinha um caderno, o mesmo que tinha as flores, o que significava que eu poderia muito bem colar minhas fotos no mesmo, no entanto eu tinha medo que a presença de tantas coisas cheirosas ali dentro fossem atrair alguns bichinhos, e que eles pudessem roer, além das paginas, as minhas preciosas fotografias. – Além disso, o lugar de fotos é em álbuns de fotos, ou em uma moldura naquelas mesinhas do lado da cama... – Aliás, aquilo me dava uma ideia de alguma coisa que eu queria fazer.

Subi até o segundo andar da loja, procurando entre as estantes um álbum com uma capa mais bonita do que aquela lisa de couro negro que era a clássica. “Se bem que eu posso decorar...” Nada que eu ferro quente não pudesse mudar. Poderia até fazer um design legal se soubesse exatamente onde e com o que mexer. “Posso entortar um cabide...” Fazer algum formato legal, joga-lo na fogueira e, quando estivesse vermelho e queimando, joga-lo de volta em cima do caderno. Só não podia deixar muito tempo, a intenção era de marcar e não colocar fogo no álbum e no resto da casa. – Vai esse mesmo... – E coloquei o objeto em minha cestinha. Já seguia para o caixa quando me vi, pela primeira vez na vida, aqueles mapas da escola e, entre eles, havia o de Durmstrang. “É meu futuro, não é?” Suspirei e o coloquei na cesta também. Se eu iria para algum lugar, queria conhece-lo por inteiro antes de chegar lá.


Narrador,, -Outros- , -Falas - e doces "Pensamentos" .
Tagged: Aimée F.
Interagindo com: -
Imaginação: -
Imagem de Titulo (se presente): -
Notas: 49
Imagem


Spoiler: Mostrar
Código: Selecionar todos
[centro][fonte="Engravers MT"][size=120]Titulo I[/size][/fonte]
[fonte="Engravers MT"][size=90]Titulo II[/size][/fonte]
[off]Parte I[/off][/centro]

[justificar][narracao] [/narracao][/justificar]

[esquerda][narracao]Narrador,[/narracao], [falaoutros]-Outros-[/falaoutros], -[fala]Falas[/fala]- e doces [pensamento]"Pensamentos"[/pensamento].
[off][b]Tagged:[/b] -
[b]Interagindo com:[/b]  -
[b]Notas:[/b] -[/off][/esquerda]
Sasha Yuriev
6° Ano Rurikovich
Avatar do usuário
Justin Barnhill
Hell fire.
 
Reg.: 18 de Jun de 2015
Últ.: 16 de Nov de 2019
  • Mensagens: 296
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 20 Pts.
  • 4 Pts.
  • 5 Pts.

Postado Por: Todd (ou Nescau, se preferir).


Re: Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#156371] por Leonard Spencer » 31 Jan 2016, 20:30

  • 9 Pts.
  • 18 Pts.
  • 45 Pts.

Len prosseguiu pela rua principal do beco, ignorando os chamados do primo que, ele sabia, devia estar seguindo-o aos risos. Não olhou para trás, nem fez menção de diminuir. Não que estivesse bravo de fato, afinal, nem mesmo havia motivo para tanto, apenas preferia ignorar as besteiras aleatórias do mais velho, antes que começasse a revidar, como sempre acontecia, e de repente os dois se vissem no ciclo de bagunças e vinganças no meio do Beco Diagonal – algo que, considerando a idade e o tamanho dos dois ingleses, seria uma cena e tanto.

– Ah! –
murmurou, parando de repente, vendo o primo se aproximar, sem entender daquela parada repentina – A gente devia ter passado na artigos mágicos antes. – comentou, parado frente à fachada da loja supracitada, lembrando da lógica de pegar as coisas mais leves antes, o que não se encaixava com o caldeirão que pesava em sua mão direita.

– Sem problema. –
sentenciou o mais velho, tranquilo – Você vai pegar penas e pergaminhos, não vai? – questionou, vendo Len assentir – Então, melhor assim. Você coloca essas coisas dentro do caldeirão, aí não amassa tanto. – alegou, satisfeito, abrindo a entrada da loja.

– Realmente, pensando por este lado... –
sentenciou, já caminhando para o interior da loja, a fim de rapidamente pegar penas, tinteiro, pergaminhos e luvas que coubessem em suas mãos. Pensou se pegava uma nova balança, concluindo que a antiga estava de bom tamanho e que, qualquer coisa, pegava emprestada a de Shad, já que ele quase nunca usava os próprios materiais mesmo ou fazia alguma coisa para ajudar nas aulas de ervas e líquidos mágicos. Meneou a cabeça, levando os itens para serem devidamente embrulhados, pagando-os e colocando-os, tal como Drew sugerira, dentro do caldeirão – O que você tá olhando? – questionou, estranhando que o primo estivesse parado em frente a uma prateleira cheia de bichinhos de pelúcia.

– Não, só lembrei da Karen toda feliz com um desse, –
e indicou a pelúcia de guaxinim – porque tinha sido presente da Mills e lembrava ela e etc. – comentou, divertido, fazendo com que Len não entendesse a ligação do bicho com a figura da mestiça de traços orientais – Ah, é que o patrono da Mills é um guaxinim. – explicou, notando que não fizera muito sentido o que dissera, ainda que não fosse de todo algo atípico, quando a conversa era sobre assuntos aleatórios.

– Guaxinim? –
questionou Len, realmente surpreso – O que a Mille tem a ver com guaxinins? – questionou, estranhando aquilo, afinal, até onde sabia aquelas criaturas eram seres ariscos, algo que nem de longe parecia ser o perfil da Dernach.

– Também estranhei, mas aí pesquisei um pouco e... bom, são bichos bonitinhos e com cara de inofensivos, mas escondem uma baita inteligência e astúcia. Além disso, se resolverem atacar, vish, sai de perto. –
comentou, divertido – A cara da Mills, no fim. – sentenciou, fazendo Leonard piscar, surpreso.

– Nunca vi a Kamille brava. –
comentou, lembrando da veterana sempre sorridente e afável.

– Eu vi muito pouco, mas já ouvi história dela queimando pessoas, dando tapas certeiro na cara de atrevidos... –
observou, fazendo o mais novo arquear as sobrancelhas, surpreso – É, aparências podem esconder muitas coisas, Len. Lembra que a Mills era capitã do time de quadribol e tinha, ou ao menos parecia ter, o respeito até do Sean, que era aquela pessoa simpática. – comentou, divertido, fazendo com que o primo lembrasse do irritadiço batedor.

– Certo... Acho que não vou mais olhar para a Mille do mesmo jeito, daqui para frente. –
comentou, franzindo o cenho, tentando imaginar ou lembrar de algum momento em que não viu Kamille aos sorrisos, não conseguindo – Bom, de qualquer modo, – e meneou a cabeça, afastando aquilo – Vamos? Já peguei o que precisava. – disse, vendo o mais velho assentir, saindo da loja, enquanto Len seguia, carregando uma expressão ligeiramente pensativa.

Interaction: Andrew Spencer (NPC)
Date: Agosto de 2015
Leonard Spencer
Special Mundo Mágico
Avatar do usuário
 
Reg.: 03 de Jul de 2015
Últ.: 21 de Oct de 2019
  • Mensagens: 167
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 9 Pts.
  • 18 Pts.
  • 45 Pts.

Postado Por: Meriu.


Re: Artigos Mágicos

MensagemBulgaria [#157311] por Penev Guentchev » 11 Fev 2016, 17:00

  • 4 Pts.
  • 13 Pts.
  • 5 Pts.
{ A salvação }


O dia havia começado um pouco engraçado, após fazer a matricula na Durmstrang, recebi uma lista de materiais na qual deveria comprar para iniciar o ano letivo, resolvi ir até o Reino Unido especificamente na Inglaterra. Lá havia boatos de que eram melhores e que os objetos vendidos em questão tinham muito mais qualidade, por desabafo estou indo por pura curiosidade, dinheiro nunca foi um problema para minha família, então resolvi embarcar nessa aventura. Fui acompanhado de dois elfos domésticos que serviam apenas para carregar minhas sacolas e fazer escoltas, após tanta insistência de querer vir sozinho. O nosso meio de transporte foi uma carruagem mágica que andava em velocidade acima do normal, sem qualquer condução de animais. Isso foi uma exigência minha, não acreditava que animais tinham que servir seres humanos, porém, mais uma vez ressaltando que elfos não eram animais, isso é a minha opinião.

Na rua ao entrar literalmente em um beco cheio de comerciantes e pessoas se esquivando, fiquei encantado com todo aquele ar que Londres oferecia, os moradores aqui eram mais receptivos e um pouco mais dedicados. Em comparação ao norte da Europa, quando nem os vendedores olhavam para sua cara, aqui tive um pouco mais de graça e também o fato de eu ter onze anos, fazer com que a fofura das pessoas despertassem para a minha carinha angelical (sqn) - Senhor, vamos em que loja primeiro? - olhei para um dos elfos totalmente perdido e com um pequeno arrependimento querendo nascer - Vocês tem alguma sugestão? - indagava os fitando e ao mesmo tempo trocavam olhares sem saber o que responderem - Lamentável - ao término da minha constatação uma vitrine com diversas quinquilharias me atraia para entrar - Me acompanhem senhores -os elfos tomaram sua posição e me seguiam para dentro da loja.

O ambiente estava abarrotado de pessoas ao meu redor, com idade um pouco mais velhas e até mesmo poderia dizer "iguais", não tinha um espaço se quer naquele lugar que não fosse ocupado por alguma coisa ou pessoa; devia ser bem amplo se a quantidade de "humanóides" não tivessem saindo pelas janelas, falando nisso esse lugar tem alguma janela? Fiquei parado na porta por cinco minutos absorvendo toda aquela situação, aonde puxei todo folego do meu pulmão e dei passos curtos e precisos, passando por um corredor de cotoveladas, pequenos tropeços e a tentativa dos elfos em cumprir a missão de me levar vivo de volta para casa - O que estão vendendo aqui? Poção da Imortalidade? - nem tive tempo de terminar a frase, no meio daquela confusão, quando senti uma mão puxar meu ombro. Em questão de seguntos estava em um lugar mais tranquilo, olho para o rapaz que parecia bem mais velho que eu, entretanto ele não me era estranho, tinha sensação de conhece-lo de algum lugar - Obrigado meu caro, como posso recompensar-lo pela salvação da minha vida e dos meus criados? - a sensaçã de alívio veio com a de recompensa. Ele não havia feito nada pelo meus elfos, entretanto viviam tanto comigo que já sentia que fizesse parte do meu corpo, apontei para um deles que tirou uma pequena bolsa com várias moedas de ouro dentro dela, aguardando sua proposta.


{ 001 }


    Com: Ruslan.
ImagemImagem
Penev Guentchev
1° Ano Rurikovich
Avatar do usuário
 
Reg.: 08 de Feb de 2016
Últ.: 05 de Nov de 2019
  • Mensagens: 13
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 4 Pts.
  • 13 Pts.
  • 5 Pts.

Postado Por: Vinicius.


Re: Artigos Mágicos

MensagemRussia [#157444] por Ruslan O. Kovalevsky » 13 Fev 2016, 09:45

  • 17 Pts.
  • 16 Pts.
  • 57 Pts.
      As aulas estavam prestes a começar e, pela primeira vez, Ruslan tomou coragem para encarar o Beco Diagonal sozinho. Faria 15 anos em poucas semanas e acreditava que, após suas experiências na Suíça sem a presença dos pais, compras escolares seriam mais fáceis que assustar Seth Myles. Além disso, dois anos depois ele completaria sua tão sonhada maioridade bruxa, com acesso livre à Magia fora da escola, e ninguém mais poderia detê-lo. Era com isso em mente que, naquela manhã ensolarada e quente, o russo entrou na primeira loja.

      A loja de artigos mágicos era, como sempre, a mais lotada. Era surpreendente ver o quanto as pessoas gastavam naquele lugar, sem zelo algum. Fosse caldeirões, luvas, rolos de pergaminho ou até mesmo simples pelúcias: todos compravam muito. Ruslan, por outro lado, parecia confuso em meio a multidão e, decidido, optou por seguir sua lista manualmente redigida em casa, como sempre fazia. Contudo, não podia negar que sentia uma leve pontada de saudade da companhia de seu pai que, naquela situação, não pouparia esforços para agradar o único filho. O garoto sempre saía do beco com mais coisas do que realmente precisava.

      - Deixa eu ver... Rolos de pergaminho, Ok. Penas, Ok. Ah! Claro! Preciso de um pilão novo.

      Ele falava consigo mesmo, dividindo sua atenção entre as anotações do bilhete e as prateleiras. Rus estava prestes a dirigir-se ao balcão quando, por cima de uma estante, viu um garotinho, com uma expressão sofrida no rosto, espremendo-se por entre pernas e braços atolados de mercadorias. O russo riu, sem se conter, mas decidiu tomar uma atitude.

      Aproximando-se com demasiada cautela, esgueirando-se pelo caminho quase tortuoso, Ruslan agarrou o menino pelo braço, puxando-o para cima antes que o mesmo fosse esmagado. Levou algum tempo até que percebesse a presença de dois elfos domésticos escoltando o jovem rapaz, mesmo que o garoto tivesse mencionado-os enquanto agradecia. O russo sorriu.

      - Na verdade, eu é que agradeço! Você me fez rir sem sequer perceber disto. Sou Ruslan. Quer ajuda com as compras?

Tag: Penov
Imagem
Ruslan O. Kovalevsky
5° Ano Rurikovich
Avatar do usuário
 
Reg.: 04 de Feb de 2016
Últ.: 24 de Sep de 2018
  • Mensagens: 21
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 17 Pts.
  • 16 Pts.
  • 57 Pts.

Postado Por: Israel Hoffschneider Guedes.


Re: Artigos Mágicos

MensagemFranca [#157523] por Avalon Roussel » 14 Fev 2016, 11:58

  • 19 Pts.
  • 14 Pts.
  • 9 Pts.

Aqueles aventureiros estavam desbravando um novo lugar, Oliver e Louis parecia ser os mais confusos ali, afinal eles eram trouxas de carteirinha. A pequena também pensava desse jeito, mas não era bem o que parecia, pois ela era uma mestiça, o sangue mágico sempre existiu nela sem ela perceber digamos assim, enquanto esse seria o primeiro contato dos pais dela com algo mágico, pois eles acham que magia são o que os ilusionistas fazem, mas aquilo possui sempre um truque por trás e a magia verdadeira é completamente diferente, talvez nunca consigam entender o que seja a magia real, mas pelo menos eles são pessoas compreensivas e que apoiam a sua pequena filha, nem todos os pais são assim com esse caso.

Após comprar o uniforme para seu ano letivo em Beauxbatons, os turistas voltavam a tão fatídica rua da amargura e não sabia bem pra onde iriam, naquela hora um pensamento passa pela cabeça da menina. “Deveria haver um mapa para os turistas, parece que aqui recebe muita gente de todos os cantos do planeta, pois para onde olho aparece mais gente.” Eles estavam parados como de costume, nessa hora ela tem uma ideia para ver se ajudava a sair dali, pega a lista de materiais e nota que as coisas que compraram já estavam riscadas, então naquele minuto começa a falar:


- Precisamos comprar apenas poucas coisa para finalizar as compras. O rosto dos pais da pequena aparentavam estarem aliviados com a novidade, como não sabiam onde vendiam aquelas coisas, a garota parou a primeira pessoa que viu passar por ela e fala:

- Moço poderia me ajudar? Sou Turista por essas bandas, meu nome é Avalon Roussel e queria saber onde posso encontrar essas coisas? A garota apontou para as coisas que faltava em sua lista e após o menino a responder, eles vão para a tal loja que como sempre não era muito longe de onde estavam, não demorou muito para adentrarem o nome da loja era Artigos mágicos, um nome bastante interessante para se colocar em uma loja.

Tagg: Oliver, Louis e Autumn Thorn.
Roupa: Clica
Editado pela última vez por Avalon Roussel em 14 Fev 2016, 15:40, em um total de 1 vez.
Imagem
Imagem
Avalon Roussel
1° Ano Brigit
Avatar do usuário
 
Reg.: 11 de Feb de 2016
Últ.: 04 de May de 2016
  • Mensagens: 39
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Feminino

Rolagem dos Dados:
  • 19 Pts.
  • 14 Pts.
  • 9 Pts.

Postado Por: LSD (Littleseed).


Re: Artigos Mágicos

MensagemInglaterra [#157527] por Lucas Dae » 14 Fev 2016, 13:16

  • 5 Pts.
  • 6 Pts.
  • 9 Pts.
- Então... Eu acho válido simplesmente aparecermos com o cachorro em casa, Winter. Digo... Angel é maluca e tudo mais, mas ela não vai colocar o cachorro na rua...- Pelo menos era nisso que eu esperava, no final das contas nós nunca sabemos de fato. Aquela mulher era maluca, mas nos dava um teto e segurança que era muito mais do que outros órfãos tinham. "Aliás, pensando assim nós realmente temos muita mais sorte do que outras pessoas. Nós sequer tivemos que passar por um orfanato." E eu agradecia ao meu pai por tudo isso, embora também o culpasse por... Bem, terem sido assassinados.

Sim, eu entendo que ninguém tem culpa disso, mas fazer o que se eu encontrava alguma espécie de conforto sombrio com aquele pensamento? Sorri com a expressão da loira, apertando as bochechas da filha do inverno, ostentando ai um sorriso tipicamente travesso. - Se ela ameaçar colocar o cachorro pra fora é só você fazer essa carinha que desmancha o coração de qualquer um...- Ri, afastando as mãos com o revirar de olhos dela e plantei um beijo na testa da menina.

- Mas, antes de... Colocarmos nossos planos em prática... Vamos aos livros.- E suspirei de maneira dramática, esticando os braços um pouco. - Essas coisas poderiam ser que nem os uniformes - Comentei, acompanhando a pequena, - Digo, passa o ano e eles podiam, magicamente, virar os livros... Se bem que nem precisamos de livros, nem sei porque estou reclamando mesmo.- Repetir o terceiro ano, é... Estávamos ali apenas para repor aquilo que tinha sido gasto. - Espero que esse ano tudo dê certo...- Já que o anterior fora interrompido de modo tão prematuro, por que? Bem, aparentemente corríamos algum risco de vida.

"Ou algo do gênero." Também não fiz questão de ficar fazendo perguntas quanto a saída adiantada ou nada do gênero. Caminhava, agora em silencio, razoavelmente destraido quanto aquela garotinha me chamou atenção, nos parando. - Turista?- Esbocei um sorriso, claramente divertido com o que ela dizia. Lancei um breve olhar a Winter, pegando a lista e mostrando a loira enquanto eu mesmo a verificava. - Ah... Beauxbatons...- Olha, isso que era uma bela de uma grande coincidência, hein. - Nós estudamos lá, vai gostar bastante... A propósito, eu sou Autumn e essa é minha irmã, Winter.- Apresentei. 

- Podemos levar vocês lá, sem problema algum, não é Winnie? - E, com a resposta afirmativa de minha irmã (a qual todos sabemos a historia, somos primos mas e dai? A via como irmã), iniciei a breve caminhada até a loja. - Bem, aqui estamos. A Artigos Mágicos.- Apresentei, indicando a loja a qual acabávamos de entrar. - Boa parte das coisas, tirando os livros, você vai achar aqui dentro. As coisas de aula estão concentradas bem ali...- Apontei para um ponto mais movimentado da loja. - Eu sugiro você deixar pra pegar os potes de tinta no caminho para o caixa e deixar isso longe das outras coisas... Faz uma bagunça horrível se essas coisinhas abrem dentro da bolsa. - Sim, já tinha passado por isso para saber de uma coisa dessas.

Estava exatamente olhando na direção da porta quando aquela figura enteou na loja. - Ei... Sören! - Era impossível esquecer de alguém que se dividia o dormitório com, né. Esperei que o garoto se aproximasse, - Sören, essa ai é Avalon, ela vai entrar no primeiro ano em Beauxbatons...- Comentei. - Acho que você vai comprar as mesmas coisas que ela então...- Deixei o 'bem que poderia ajuda-la' suspenso no ar. - Eu a Winter temos algumas coisas para ver em um outro canto, mas foi bom ver vocês. Sabe, bem que poderíamos nos encontrar na sorveteria depois, não é longe. - E ainda estava bem quente por ali.


OOC:
Notas: Shuahsuahsua Atum is back! Post de iPad, perdão os erros bizarros.
Tagged: Winter T; Avalon R; Sören G.
Spoiler: Mostrar
Código: Selecionar todos
[centro][img]http://orig07.deviantart.net/ba95/f/2016/043/d/9/maddie_heading_by_night_pandora-d9rgtfw.png[/img]
[size=90][color=#696969][ Maddison 'Maddie' Hayle ] [ Masc. ] [ Terceiro Ano ] [ Mélusine ] [ 13 anos ] [ 1.56 m ] [fc; [url=https://www.google.com.br/search?q=Ulrik+Munther&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiu7J7q8vLKAhXDh5AKHauKDIwQ_AUIBygB&biw=1366&bih=643]Ulrik Munther[/url] ] [/color][/size][/centro]

[justificar]

[/justificar]

[quote][color=#8DB6CD][i]“Pensamentos”[/i][/color], [color=#8DB6CD]- Fala -[/color] e [color=#696969] Narrador [/color]
[color=#696969][b]OOF:[/b]
[b]Maddie Veste:[/b] [url= ]isso[/url] aqui.
[b]Interagindo com:[/b] [/color][/quote]
Lucas Dae
Mundo Mágico
Avatar do usuário
Stav Strashko
Lucy in the skyes with diamonds ~
 
Reg.: 10 de Nov de 2013
Últ.: 06 de Nov de 2019
  • Mensagens: 195
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 5 Pts.
  • 6 Pts.
  • 9 Pts.

Postado Por: Todd (ou Nescau, se preferir).


Re: Artigos Mágicos

MensagemFranca [#157539] por Stuart Heaffrey » 14 Fev 2016, 14:40

  • 6 Pts.
  • 19 Pts.
  • 9 Pts.
                

    O rapazinho de traços orientais manteve-se emburrado durante todo o passeio pelo Beco Diagonal. Sören adorava ir às compras, de verdade, entretanto sempre algum acontecimento acabava com o seu bom humor matinal e, daquela vez, foi com relação as mochilas escolares. Esperneou, gritou, chorou e até mesmo apelou para um falso ataque de asma na loja em questão; todo o alvoroço para que conseguisse persuadir a mãe a comprar a bolsa que tanto gostara - uma mochilinha transversal cor salmão, enfeitada com zíperes e bolsos dos mais diversos formatos, e com a caricatura do seu desenho animado trouxa preferido estampada no tecido, a Hello Kitty. O esforço acabou sendo em vão, uma vez que a mãe se encontrava decidida a não deixá-lo levar um artefato tão incomum para um garoto e, no final das contas, o menino acabou se contentando com uma bolsa bastante similar a da Dora, a Aventureira, outro desenho trouxa infantil qual também gostava. Simples, até que agradável e de um tom um pouco mais forte, a bolsa era confeccionada em couro de briba e com o interior magicamente ampliado para que assim pudesse carregar consigo tudo o que fosse necessário.

    Suspirou, descruzando os braços e passando a segurar as alças da mochilinha que ostentava rente às omoplatas. Mesmo com os inúmeros objetos resguardados em seu interior - algumas penas, pergaminhos, tinteiros e entre outros utensílios escolares -, a bolsa aparentava bastante leveza, e concluiu que deveria ser parte do encantamento rogado sobre o pertence. Analisando a lista, a matriarca observou que alguns itens ainda se mantinham pendentes, sendo a maioria requisitada para o uso diário durante os estudos. E foi pensando nesta analogia que Ophelie, a sua mãe, o puxou pelo braço em direção a Loja de Artigos Mágicos. Mal perpassou pelo arco de entrada e o garotinho foi prontamente recebido por Autumn, um terceiranista que, por coincidência, além de estudar na mesma escola de magia que o menor, pertencia à mesma casa, sendo um brigitiano assumido.

    Bonjour, Autumn! — Saudou o rapaz com um largo sorrisinho estampado no rosto, exibindo a grande felicidade por enfim ter encontrado um rosto conhecido em meio a toda aquela patifaria, e um pouco mais suportável que o da sua mãe. Teve-se de se segurar para não correr até o mais velho a pular em seu pescoço, dando-lhe um forte abraço; na frente dos pais, Sören assumia uma personalidade muito diferente da que costumeiramente usufruía: educado, comportado e, por mais engraçado que possa parecer, um pequeno homenzinho. — Como está sendo as suas férias? Espero que melhor que as minhas, claro. — Sussurrou a ultima parte baixinho para que somente o garoto pudesse ouvi-lo, olhando de canto para a mãe que sumia por entre as prateleiras da loja em busca do restante dos materiais dispostos na lista. Suspirou aliviado, voltando então ao seu comportamento esdrúxulo e aberrativo.

    — Oi, florzinha! Tudo bom? — Girou os calcanhares com certa agilidade, voltando-se para encarar a garota que havia sido apresentada por Autumn. Inclinou o rosto em direção ao da menina e, de forma inusitada, estalou um beijinho em cada lado de suas bochechas. — Beauxbatons, heim? Bem vinda, então. Você vai adorar, o castelo é simplesmente magnífico e mesmo que muitos dos estudantes não tenham a mesmo carisma que o meu, modéstia parte, tenho certeza que mesmo assim irá gostar das pessoas também. — Apoiou uma das mãozinhas no próprio peito, discursando sobre as maravilhas da academia de bruxaria francesa. Certamente a garota estranharia como uma criatura tão pequena podia ser capaz de falar tanto. — Aliás, adorei o seu cabelo. Provavelmente irei querer pintar o meu da mesma cor. — Desfaleceu o olho esquerdo em uma piscadela direcionada a Avalon, ainda mantendo o sorriso amigável costurado nos lábios.

    Volta e meia, o garoto de traços orientais ajeitou a mochila nas costas, tentando exibi-la à dupla; o rostinho da Dora, a Aventureira bordado na extremidade da bolsa. Com o aceno, também seria perceptível a coloração alterada de suas unhas, que agora estavam cuidadosamente salpicadas de um esmalte preto nada tão chamativo.
    — Claro, claro, também estou fazendo as minhas comprinhas, e então qualquer coisa podemos sim terminar juntos e então nos encontramos com o Autumn na sorveteria. Estou mesmo precisando de algo para me refrescar, já que está um calor infernal lá fora. — Deu de ombros, concordando com a sugestão do rapaz mais velho, estabilizando-se ao lado de Avalon enquanto aguardava que sua mãe retornasse. Enfiou as mãos nos bolsos no momento em que percebeu ter tido o vislumbre de uma cabeleira acastanhada na diretriz do balcão, rolando os glóbulos. Por mais que amasse torrar seus queridos galeões com supérfluos, odiava ter de fazê-lo com os pais, não vendo a hora de crescer e poder fazer o que bem entendesse sozinho.


      Citações: Ophelie G; Avalon R; Autumn W;
      Observações: A maneira do menino Sören de fazer compras. Hahahaha. <3
      [VESTINDO]
Editado pela última vez por Stuart Heaffrey em 14 Fev 2016, 16:12, em um total de 1 vez.
Stuart Heaffrey
1° Ano Brigit
Avatar do usuário
Circus freak?! For me, it's a compliment.
 
Reg.: 14 de Apr de 2015
Últ.: 26 de Jan de 2017
  • Mensagens: 104
  • Nível:
  • Raça: Humana
  • Sexo: Masculino

Rolagem dos Dados:
  • 6 Pts.
  • 19 Pts.
  • 9 Pts.

Postado Por: .


AnteriorPróximo

Voltar para Beco Diagonal

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitantes