Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Felicidade Jian-Yin Lee 1538 23/05/2020 às 22:05:02
Recomeço Jian-Yin Lee 3916 13/03/2020 às 16:50:15
22/02/2020 Duncan Cullen 4320 22/02/2020 às 15:27:50
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 8275 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 7756 22/11/2018 às 18:19:24

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Siria Haz Tahir [ 15818 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Haz Tahir
  • Funcionário do Jornal

  • Funcionário do Jornal

  • NOME COMPLETO

    Haz Cyrus Tahir

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,76m

  • PESO

    60kg

  • OLHOS

    Azul Claro

  • CABELOS

    Castanho Intenso

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Homossexual

  • IDADE

    19 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    13/07/1999

  • SIGNO

    Câncer

  • NOME DO PAI

    Ibrahim Tahir

  • NOME DA MÃE

    Mayar Tahir

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Mestiço

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Damasco/Siria

  • RELACIONAMENTO

    Solteiro

  • NÍVEL



 


‘Sorte’ ‘Radiante como o Sol’ ‘modesto, limpo, puro’


O islam veio muito antes de eu nascer, ou mesmo cogitar fazê-lo. Se bem me lembro, minha avó tinha seus quinze anos de idade quando as coisas... bem, começaram a ficar ainda mais ‘complicadas’ no Irã. Segundo ela, esse foi o momento que as coisas começaram a ficar um pouco mais complicadas. Explicando de maneira breve, o Irã passou pela mão de muita gente, muita gente mesmo. Com isso, sua cultura – assim como religião – flutuou mais do que a religião nas Inglaterra entre Henrique VIII, suas esposas, filho e Maria Sangrenta.


 


Em meio aos inúmeros golpes de estados, tentativas dos Otomanos, Russos, Ingleses e Americanos, primeira e segunda guerra mundial o país foi – cada vez mais – sendo empurrado e soterrado sob a ganância ocidental. Verdade seja dita, ninguém – e repito – NINGUÉM se importava com a cultura, com o Zoroastrismo ou com toda a rica história Persa. O que todos eles se preocupavam com e desejavam alcançar, mesmo às custas de toda uma civilização, eram os campos de petróleo. Com essa fantástica descoberta, o ‘ocidente’, de maneira geral, começou a intervir cada vez mais na economia e política Persa.


 


Neste meio do caminho, tivemos imperadores depostos, golpes de estado mais intensos ainda e uma mania irritante dos Estados Unidos em enfiar a fuça onde não foi chamado. Com isso tudo, o que antes era um estado basicamente laico e livre com hábitos e rituais próprios tornou-se um estado muçulmano onde simplesmente olhar de lado para alguém era considerado uma incrível falta de respeito. Os homens eram simplesmente nojentos, mulheres basicamente não tinham direitos e apedrejamentos era comuns para condenar todo tipo de prática que era considerada um pecado. A religião se misturou à política e o regime perseguia, prendia e torturava todos aqueles que conseguia agarrar.


 


Minha avó fugiu do Irã com meu avô em Setembro de 1982 com minha mãe recém, tendo Damasco como destino e a casa de um de seus tios. Ali, mesmo inseridos em um país muçulmano, meus país viveram em relativa paz. Apesar de todo o regime, as coisas não eram exatamente tão... ‘tensas’ quanto no restante do mundo árabe, isso – talvez – pelo destaque que Damasco possuía. Eu, por minha vez, nasci em 2001, em um país aparentemente estável, apesar das participações bélicas em algumas ocasiões. Com o avanço da tecnologia, no entanto, a tensão vinha visivelmente aumentando... Até culminar na primavera árabe.


 


* WIP *



[Ojesed] - Maior Sonho: Um mundo melhor do que esse.
[Bicho Papão] - Maior Medo: Homens com a farda do exército pró-ditadura.
[Dementador] - Memória: Um prédio caindo junto de uma chuva de bombas.
[Testrálios] - Viu a Morte?: Sim.

Este perfil já foi visualizado 2.023 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 21/06/2020 às 20:03:48