Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3095 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2573 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3660 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2761 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2691 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Coreia do Sul Yun Hyong [ 16696 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Yun Hyong
  • Special Mundo Mágico
  • Special Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Yoon-seo Hyong

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,61m

  • PESO

    49kg

  • OLHOS

    Castanho Intenso

  • CABELOS

    Rosa Intenso

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    23 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    21/03/1995

  • SIGNO

    Áries

  • NOME DO PAI

    Yo-han Hyong

  • NOME DA MÃE

    Seul-ki Hyong

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Seoul/Coreia Do Sul

  • NÍVEL

"Somos bruxos de sangue extremamente puro, logo, devemos agir como tal. Não se misture com aqueles trouxas.", diziam para mim desde pequena.

"Enquanto seu irmão estudará em Durmstrang para se tornar um homem louvável, você estudará em Beauxbatons para se tornar uma boa dama, de forma a aprender a ser sempre bela, delicada, afável, doce e gentil.", explicavam, encarando-me com toda aquela frieza distante e típica de uma família tradicional como a minha.

"Quando chegar a hora, encontraremos um homem honrado para que você se case, assim sendo, mantenha-se pura e intocada até lá.", foi o que ouvi inúmeras vezes eles dizerem.

Então eu me formei.

"Desculpe desapontá-los, senhor pai e senhora mãe, mas sua filha já deixou de ser pura e intocada há tempos, está pouco se importando com essa besteira de sangue - video-games e skates são muito legais - e, com toda a sinceridade, em Beauxbatons ela aprendeu muitas coisas, menos a ser uma boa dama - olha que eles até tentaram. Agora, se me dão licença, uma vez que essa filha é maior de idade e pode usar magia livremente, ela vai viver a vida dela que ela ganha mais. Brinquem de ser tradicionalistas com Hwan. Ele não liga mesmo." - e com um sorriso sarcástico eu sai de minha casa em Seoul para nunca mais voltar.

Foi maluquice? Bastante, ainda mais sem ter um tostão que fosse no bolso. No entanto eu já não aguentava mais aquele lugar, sentia-me asfixiada, presa. Sair de casa não foi fácil, claro, tive que me virar, trabalhar como uma condenada, sair fazendo bicos aqui e ali, dormir pelos cantos, quase me ferrar algumas vezes - sorte que Mélusine sempre estiveram ao meu lado -, mas foi libertador. Não precisava me preocupar com pudor ou ser perfeita, não precisava seguir os mandos e opiniões alheias.

Agora, passados quase dois anos desde meu distanciamento familiar, nem mesmo pareço a mesma pessoa que era ou aparento ter passado por tanto perrengue. Comecei a trabalhar no ministério de Vaduz, o que me fez mudar para lá, pintei meus cabelos como sempre tive vontade, arrumei meu guarda-roupa com vestes que eu achava legal, organizei minha vida como eu queria. Trabalho, saio, me divirto, recebo companhias e faço companhia, uma vida livre. Tinha exatamente tudo o que eu precisava.

...Ou ao menos era o que eu imaginava.



Este perfil já foi visualizado 500 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 02/10/2019 às 02:24:17