Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 1625 17/01/2019 às 14:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 1239 22/11/2018 às 21:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 1674 08/09/2018 às 21:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 1414 08/09/2018 às 21:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 1388 08/09/2018 às 12:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Croacia Gwendoline Stankovački [ 16969 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Gwendoline Stankovački
  • Funcionário do Ministério

  • Funcionário do Ministério

  • NOME COMPLETO

    Gwendoline Griffin Stankovacki

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,69m

  • PESO

    52kg

  • OLHOS

    Castanho Claro

  • CABELOS

    Azul Claro

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    22 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    15/12/1994

  • SIGNO

    Sagitário

  • NOME DO PAI

    Johannes Stankovacki

  • NOME DA MÃE

    Geneviene Griffin

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Zagreb/Croacia

  • RELACIONAMENTO

    Solteiro

  • NÍVEL

Bom, vamos falar sobre mim... Sou péssima nisso...


Primeiro, óbvio,  meu nome é Gwendoline, mas vamos ficar só com Gwen. Nunca entendi essa obsessão dos meus pais com nomes estranhos... E o pior de tudo, nomes ingleses. Meu pai é Johannes, bruxo de uma família tradicional sangue puro croata e mamãe era Geneviene, irlandesa puro sangue também, mas a família de mamãe não ligava tanto para isso. Agora minha avó, nem Merlin aguentaria, a velha é um poço de frieza e arrogância. Não posso negar que todos nós puxamos um pouco disso, mas vamos fingir que somos todos gente boa. 


Sou a segunda filha, Pruddy é a primeira, então, depois de mim vieram os gêmeos Willow e Kenny, que diga-se de passagem são os piores de nós. Vocês vão ver, eu sou um doce perto deles. Em seguida Larry e por último Anny. Nós somos completamente diferentes, mas não mexa com um de nós que você estará mexendo com todos. Te garanto que você não vai querer esse tipo de confusão pro seu lado...


Ah, falando de irmãos, tem a caçula coreana, Minnie, e a meia-irmã/agregada dela, Morgan. Então a essa altura vocês estão se perguntando: mas como assim? Seus pais não são europeus? De onde surgiu a coreana? Pois é... Mamãe adoeceu alguns anos depois do nascimento da Anny. Foi tão rápido que nós nem tivemos tempo de assimilar o que tava acontecendo, ainda mais porque éramos todos pequenos. Em poucos meses ela se foi e com ela foi toda a alma do papai. 


Ele se afundou no trabalho para tentar superar o luto, então o víamos muito pouco.  Nessa época quem cuidava da gente era vovó e tio Bart.  Tio, aliás,  que fez o que todos nós somos hoje. Se não fosse por ele com cereza seríamos bem piores. Mas enfim, papai teve que ir para a Coréia resolver um problema do trabalho e foi nessa viagem que ele conheceu Hyum-mi e se apaixonou novamente. Só que ele não se contentou em simplesmente dar uns beijos nela, ele teve que trazer ela junto. No início,  ele dizia que ela iria apenas passar as férias,  afinal, ela tinha a vida dela na Coréia.  Mas o tempo foi passando e passando... E hoje além dela e da filha do outro casamento, Morganna, veio a Minnie, nossa meia-irmã caçula. Minha avó surtou com a idéia. Apesar da coreana ser sangue puro, ela continua sendo coreana. Vovó já não tinha ficado extremamente feliz com o casamento do meu pai com uma irlandesa, imagina quando elê apareceu com uma COREANA que JÁ TINHA UMA FILHA. O mundo caiu naquela casa.


Eu achei melhor não me meter nisso. Não sou exatamente uma fã da Hyum, mas também não sou amiga dela. Apenas tento manter uma convivência harmônica pelo nosso pai, já basta os meus irmãos birrentos. Enfim, mudando um pouco se assunto,  vamos falar da escola. Como todos nós somos muito diferentes papai nunca nos forçou a ir para uma escola em especial, ele deixou para que cada um de nós escolhecessmos para onde queriamos ir. Eu acabei optando por Hogwarts, mas pra falar a verdade não sei exatamente o porque, acho que eu gosto do modo como o nome soa, muito mais harmonico que Beauxbatons e Durmstrang. Mas enfim, fui selecionada para a sonserina, assim como meus irmãos que também optaram por Hogwarts. 


Até meu quarto ano eu procurava me manter na minha, Não era tão fácil assim fazer amigos, aquela escola tava cheia de retardados, não podia ter minha imagem associada a qualquer um. Até que eu conheci um griffo que me apresentou qual era a parte boa da vida. Não pude negar que foi um ano divisor de águas na minha vida. O único problema é que ele já tava no ultimo ano, então curtimos muito pouco. Mas foi nessa fase que eu adotei o lema "pega, mas não se apega". Vamos curtir a vida, não é mesmo?


Depois que ele saiu da escola eu assumi o cargo oficial de traficante da escola, se drogas a bebida. Você podia encontrar o que fosse comigo, obvio que por um preço muito bem pago. Consegui guardar uma graninha e me sustentar por um tempo sem pedir dinheiro pro meu pai. Aliás, isso é uma coisa que eu detesto. Obvio que meus gostos são caros e papai nunca deixou de satisfazer nenhum deles, mas né, vamos ser independente. 


Hoje, trabalho no ministério. Não porque eu goste, mas porque foi o que apareceu. Traficar depois da maioridade tem suas consequencias, não to afim de sofrê-las e perder minha gorda herança, certo?



Este perfil já foi visualizado 765 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 09/06/2019 às 19:14:55