Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Ano 2 Sophie Agger Karhila 1262 16/01/2021 às 17:17:16
Ano 1 Sophie Agger Karhila 1195 16/01/2021 às 17:14:25
xxxxxxxxxxxxx Viviane LeFay 1333 13/01/2021 às 16:47:07
O Anjo Viviane LeFay 1309 13/01/2021 às 16:42:40
Viviane & Kiefer Viviane LeFay 1303 13/01/2021 às 16:34:25

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Croacia Kenneth Stankovački [ 17023 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Kenneth Stankovački
  • Mundo Mágico
  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Kenneth Griffin Stankovacki

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,75m

  • PESO

    60kg

  • OLHOS

    Castanho Intenso

  • CABELOS

    Castanho Intenso

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    20 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    31/10/1998

  • SIGNO

    Escorpião

  • NOME DO PAI

    Johannes Stankovacki

  • NOME DA MÃE

    Geneviene Griffin

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Zagreb/Croacia

  • NÍVEL

Dia 31 de outubro de 1996 foi um dia maravilhoso para o destino da humanidade! E o motivo é bem diferente do que você está pensando. Não foi a paz mundial que se instaurou. Não foi um contato alienígena amistoso, nem o desarmamento nuclear. Não foi a descoberta da cura do câncer, nem o primeiro transplante de cérebro. Foi algo beeeem maior. Eu nasci! Claro... minha irmã também nasceu alguns minutos antes (tsk, tsk)... mas o foco aqui é em mim. EI!! OLHA PRA MIM!! Então... no dia que já citei, minha mãe, Geneviene, deu à luz ao Esquadrão Sarcasmo: Wilhelmina e eu somos o que pode se considerar uma dupla dinâmica quando se trata em humor ácido e repulsivo em relação aos outros integrantes da nossa família (exceto, talvez, a vovó). Desde pequenos nós fomos um tanto ariscos, tanto entre nós quanto para com outras pessoas, mas quando há a necessidade, estamos sempre um pelo outro, como foi quando mamãe morreu e quando papai trouxe aquelas duas lá pra casa. O único pró disso ter acontecido é que, algum tempo depois, veio a Minnie, que provavelmente é, depois da minha gêmea, a irmã que eu mais gosto [s]de implicar[/s]. Quando fizemos 11 anos, eu e Willow fomos para Hogwarts, e, não surpreendentemente, fomos para a mesma casa: Slytherin. Nos 7 anos que passamos em Hog, começamos a mudar um pouco os nossos caminhos e nossas personalidades. Enquanto ela se manteve um [s]bocado[/s] tantinho antipática, eu me tornei um tanto mais popular quando comecei a jogar quadribol, sendo batedor do time da Sly, e fomos campeões em três Copas de Quadribol. Mas isso talvez tenha feito bem a nós, afinal, eu não pretendo ser parte de um Tico e Teco, e nossa aproximação tem sido saudável. Minha relação com meus outros irmãos é bastante tranquila. No geral, somos uma família comum, com seus atritos de vez em quando, mas sempre estamos voltando a conversar tranquilamente nos jantares em família. Quando saí da escola, fui trabalhar no Ministério da Magia como obliviador e tenho tentado tocar a minha vida sem a ajuda da vovó, para promover a minha independência. Claro que não quero me dissociar completamente da família, mas acho que tá na hora de eu me virar sozinho e mostrar ao mundo que eu vim pra cá para fazer algo de útil e não ser apenas mais um mimado pela vovó e bancado pelo dinheiro da família.



Este perfil já foi visualizado 335 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 22/02/2019 às 20:48:14