Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 1625 17/01/2019 às 14:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 1239 22/11/2018 às 21:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 1674 08/09/2018 às 21:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 1414 08/09/2018 às 21:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 1388 08/09/2018 às 12:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Italia Mafalda Pouldjó Rupertunsk [ 17247 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Mafalda Pouldjó Rupertunsk
  • 1° Ano Morrigan
  • 1° Ano Morrigan

  • NOME COMPLETO

    Mafalda Pouldjó Rupertunsk

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    140m

  • PESO

    35kg

  • OLHOS

    Verde Claro

  • CABELOS

    Rosa Claro

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    11 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    01/09/2004

  • SIGNO

    Virgem

  • NOME DO PAI

    Arthur Rupertunsk

  • NOME DA MÃE

    Khetleen Pouldjó

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Mestiço

  • LOCALIDADE

    Beauxbatons

  • CIDADE/PAÍS

    Palermo/Itália

  • NÍVEL

Oi. Meu nome é Mafalda Pouldjó Rupertunsk, mas prefiro ser chamada de Pink, sim é o como gosto e como os mais próximos costumam me chamar, exceto minha mãe, é incrível como ela insiste em tentar fazer eu me sentir uma aberração, não que isso seja de fato algo relevante, na maioria das vezes procuro ignorar ou fazer a velha prática da inversão de valores: fecho os olhos e imagino tudo ao contrário. Claro que não sou esse amorzinho sempre, para falar a verdade, ainda me lembro do dia em que quebrei o nariz de um garoto da escola que zoava com meu nome. Foi bom, ou melhor, foi sublime.

Sei que sou só uma garotinha de olhos grandes e cabelos coloridos, mas desde sempre me senti atraída pelo sentimento de dor, principalmente quando ela está nas pessoas que eu não gosto. É estranho, sei disso, mas o que posso fazer se esse é o meu jeito de ser? Não é que eu seja uma garota má, claro que a designação de “boazinha” também não me veste bem… Prefiro definir as coisas como circunstâncias que exigem uma boa maleabilidade, jogo conforme a música para que as melhores chances possam ser sempre bem peneradas.

Desde cedo tive de aprender a lidar com a maldição de minha casa, é incrível como a inaptidão para feitiços torna minha família tão abaixo da cadeia hierárquica, afinal, para que serve um bruxo que não consegue lançar feitiços? Mamãe diz que talentos são dons e que o nosso sempre esteve voltado para os animais. Mas adivinhem… eu odeio animais!!!!! E por mais que me esforce para mantê-los longe, nada dá certo, é como um se imã estivesse atrelado em meu corpo e ele só atraísse criaturas.

Bom… Já falei tanto da minha mãe, acho que é necessário falar um pouco mais sobre ela. Sou filha de
Khetleen Pouldjó, a tal escritora do “Magizoologia na Domesticação. Minha mãe é tão fissurada em criaturas, que vivo a anos no que mais parece um viveiro gigante. É horrível acordar todos os dias com o cheiro de bosta impregnado no quarto, mas para ela “são apenas frutos de uma boa alimentação”. Realmente as vezes acho que nasci na família errada, não é possível que alguém que gosta tanto de manipular as pessoas, venha de uma família amante de animais.



Este perfil já foi visualizado 200 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 18/01/2018 às 20:09:16