Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 131 22/11/2018 às 21:19:24
É LUFA - LUFA!! Venus F. Rossa 717 08/09/2018 às 21:24:13
Indo para Hogwarts! Venus F. Rossa 465 08/09/2018 às 21:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 460 08/09/2018 às 12:11:11
Fênix de Odin Lilith Ambrew 521 28/08/2018 às 01:09:34

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Quenia Layla Zadzisai-Ostrowski [ 17263 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Layla Zadzisai-Ostrowski
  • Professor Hogwarts

  • Professor Hogwarts

  • NOME COMPLETO

    Layla Hadiya Zadzisai-Ostrowski

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,73m

  • PESO

    65kg

  • OLHOS

    Azul Claro

  • CABELOS

    Castanho Opaco

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Bissexual

  • IDADE

    25 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    01/09/1992

  • SIGNO

    Virgem

  • NOME DO PAI

    Michal Ostrowski

  • NOME DA MÃE

    Onyeka Zadzisai

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Nakuru/Quenia

  • NÍVEL

Província do Vale do Rift, às margens do rio Nakuru (Quênia) nasceu Layla Hadiya, no dia primeiro de setembro, filha da Tanzaniana Onyeka Zadzisai e do Polonês Michal Ostrowski. Como pôde uma mistura tão peculiar acontecer? Essa história pode ser tudo, menos simples. Onyeka e Michal faziam parte de um grupo de nômades estudiosos, mas seus objetos de pesquisa não eram tão… Ortodoxos. Envolviam tudo de oculto na magia, inclusive - e talvez principalmente - magia negra. Estudavam a magia não só como um dom, mas como uma ciência poderosa. Toda essa aura negra que rondava o acampamento, também forçava a peregrinação constante.

Michal sempre tentou fazer as coisas do jeito mais correto, sem ferir ou prejudicar alguém, estava junto do acampamento pela simples sede de conhecimento, mas Onyeka, esta sim, era uma verdadeira ambiciosa, uma cobra da pior espécie. De uma união tão estranha, deu-se Layla Hadiya, cujo nome suaíli significa “nascida a noite” e “Presente, sacrifício”. Sua infância fora conturbada, em meio à tantas mudanças de ambientes, observações dos testes que, segundo sua mãe, seriam o futuro dela. Quando finalmente chegou a idade, recebeu a visita do mensageiro dos sonhos, que lhe deixou uma pedra inscrita. Num primeiro momento, Onyeka fora completamente contra permitir a ida de Layla, mas logo percebeu que seria uma forma de ver o que os bruxos estavam ensinando na escola. Sim, Layla seria sua pequena espiã.

Desde que ingressou na escola, Layla teve muito a aprender e integrar com as coisas que ouvia de seus pais e outros membros do acampamento. Tudo parecia ótimo, graças a Uagadou, no terceiro ano já era capaz de realizar magia sem a varinha, ler as estrelas e até iniciar sua transformação na forma animaga, sempre detalhando tudo para o seu povo. Pobre alma, nem sabia que suas informações tinhas outras intenções nas mãos de sua mãe… Também aos treze anos, passou a participar de trabalhos pequenos com o grupo, ajudava em pesquisas, rituais menores e, uma de suas funções era alimentar umas crianças que nunca havia conhecido. Naquele momento, Layla soube: Algo ruim acontecia no meio daqueles estudos. Jamais teve coragem de perguntar o propósito daquelas crianças estarem lá. A conclusão da escola chegou, agora ela estava apta a servir seus pais, contribuir diretamente para o crescimento do conhecimento do acampamento.

Ao longo da vida no acampamento, cultivou apenas uma amizade, Austen. Nunca soube como o mais novo chegou no acampamento, apenas que se tornaram amigos sem dificuldade. Tal companhia, porém, foi posta em teste, pois uma vez, enquanto Layla estava fora do acampamento, sua mãe se voltou contra muitos, matou alguns, inclusive Michal e o tutor de Austen, colocou em risco a vida de outros, até desconhecidos pela moça, que ao retornar, fora moralmente crucificada, linchada pelos atos da mãe, seria morta, exatamente como Onyeka, se Austen não interviesse. Todos do grupo foram para Varsóvia, na Polônia, exceto por Layla, que seguiu para a Breslávia, não muito longe da capital e perto o suficiente para cuidar daqueles que jurou proteger com sua vida, em débito pelos atos da mãe.

Apesar da criação estranha e dura, Layla cresceu uma pessoa radiante, animada e de bem com a vida, um pouco estranha, devido aos seus talentos exóticos. Muito ligada à estrelas, os dons de divinatórios e rituais, deixa sua origem transparecer em sua fala e expressão corporal. Adora todas as criaturas, mágicas ou não, principalmente a mais esquisita delas: O ser humano. O diferente a atrai, bem como o desconhecido.


[Testrálios] - Viu a Morte?: Não
[Tattoo] - Marcas corporais: Uma tatuagem no braço com a frase Hakuna Matata

Este perfil já foi visualizado 312 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 05/01/2018 às 21:08:48