Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 143 22/11/2018 às 21:19:24
É LUFA - LUFA!! Venus F. Rossa 719 08/09/2018 às 21:24:13
Indo para Hogwarts! Venus F. Rossa 468 08/09/2018 às 21:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 464 08/09/2018 às 12:11:11
Fênix de Odin Lilith Ambrew 523 28/08/2018 às 01:09:34

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Dinamarca Vilhelm Dagerman [ 17302 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Vilhelm Dagerman
  • Professor Hogwarts

  • Professor Hogwarts

  • NOME COMPLETO

    Vilhelm Soichkov Dagerman

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,79m

  • PESO

    75kg

  • OLHOS

    Castanho Opaco

  • CABELOS

    Castanho Claro

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    31 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    13/12/1985

  • SIGNO

    Sagitário

  • NOME DO PAI

    Nikodemus Dagerman

  • NOME DA MÃE

    Veronika Soichkov Dagerman

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Mestiço

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Aarhus/Dinamarca

  • NÍVEL

Força. Não há nada mais importante do que a força. Era nisso que os Dagerman acreditavam e nisso Vilhelm foi ensinado a acreditar. Acreditou.

Vindo de uma importante linhagem de aurores russos, Vilhelm foi o único filho da atual geração Dagerman. Uma decepção, por certo, que a mãe tenha ficado estéril após seu nascimento, impedindo a vinda de mais alguém membro que pudesse representar propriamente a família.

Nasceu e cresceu ouvindo que jamais seria tão bom quanto seus descendentes foram. Cresceu ouvindo tudo calado. Calado, mas não parado. Desde cedo, Vilhelm aproveitava todas as oportunidades que tinha para aprender, aprender a ser mais forte. Na escola especial onde estudava, era sempre a primeiro aluno. Ótimas notas, péssimo convívio social. Não era calado só em casa, mas frívolo com qualquer um que tentasse se aproximar. Uma grande perda de tempo fazer social, quando é possível aproveitá-lo para o aperfeiçoamento.

Livros e salas de treinamento foram suas companhias. Quem se importa com sentimentos? A rejeição de seu pai, antes de deixá-lo abatido, só o fazia ser cada vez mais perfeccionista, parecendo não o atingir de qualquer outra forma. A espada não estava sendo corretamente empunhada, a varinha estava ligeiramente inclinada para o lado errado, a vírgula facultativa havia sido mal colocada.

Foi em sua formação escolar que Vilhelm envolveu-se com os mistérios da mente, um caminho eterno, sem volta, onde os inexperientes podem facilmente se perder. Simplesmente apaixonante. O dinamarquês sabia que jamais conseguiria alcançar a perfeição quanto o assunto era a mente humana, talvez por isso a fascinação. Poderia sempre crescer.

Tal dedicação não poderia passar despercebida. Logo após se formar, o jovem bruxo foi convocado pelo Ministério. Havia trabalho a fazer, demônios a perseguir, ladrões a capturar. Contudo jamais havia tempo para si. Isso, para variar, não tinha a menor importância. Servia na Rússia quando o Ministério entrou em contato, informando sobre uma urgência até então secreta. Revirou os olhos ao saber do convite. Tinha mais o que fazer do que lidar com mistérios dos seres vivos, seres imaturos que não davam o devido valor à arte que Vilhelm tanto apreciava. O convite seria solenemente rejeitado se alguém não o impedisse de fazê-lo.



Este perfil já foi visualizado 171 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 17/06/2018 às 17:44:37