Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 143 22/11/2018 às 21:19:24
É LUFA - LUFA!! Venus F. Rossa 720 08/09/2018 às 21:24:13
Indo para Hogwarts! Venus F. Rossa 468 08/09/2018 às 21:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 464 08/09/2018 às 12:11:11
Fênix de Odin Lilith Ambrew 525 28/08/2018 às 01:09:34

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Russia Camilla Potemkin-Tavricheskaya [ 17341 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Camilla Potemkin-Tavricheskaya
  • Mundo Mágico
  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Camilla Potemkin-tavricheskaya

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,76m

  • PESO

    56kg

  • OLHOS

    Castanho Intenso

  • CABELOS

    Castanho Intenso

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    21 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    11/01/1996

  • SIGNO

    Capricórnio

  • NOME DO PAI

    Shura Tavricheski

  • NOME DA MÃE

    Olivia Potemkinaya

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Moscow/Russia

  • NÍVEL

Não são todos que conseguem ter o que desejam. Alguns, vivem nas sombras ou ainda tentam sem sucesso seu lugar ao sol. Os Tavrichesks, uma família tradicional bruxa da Rússia, era a própria noite. Por anos e décadas a família trabalhara na supremacia bruxa e na pureza de sangue dentro do país, conseguindo até mesmo ter durante algumas descendências docentes em Durmstrang. Uma das famílias causadoras da expansão, estudos e práticas de artes das trevas a família era normalmente bem conhecida por não esconderem suas preferências, incluindo seu discurso de ódio a sangues-ruins. Com orgulho, ditavam para toda a Europa Oriental de que nenhum de seus filhos haviam sujado seu sangue com famílias mistas mantendo a linhagem mágica pura e intacta. Os pais tiveram dois filhos, dos quais eram orgulhosamente perfeitos: Antonin e Camilla. A relação entre os pais dela era extremamente abusiva, causando até mesmo a morte de um dos filhos, dois anos antes de Camilla nascer. Depois dessa situação visivelmente insegura para a mãe, a mulher tornou-se fria e extremamente punitiva com Antonin, já que isso a fazia lembrar do pai que usava seu trabalho como desculpa para não ficar em casa. Quando Camilla nasceu, sua mãe pensou que seu pai veria a chance de reunir a família, mas a situação só piorou. A garotinha nunca sabia o que era o afeto de sua mãe, muito menos como ela ainda estava com aquele homem violento, e nem se incomodava em perguntar que não se importavam com ela, muito menos com seu amado irmão. Eles estavam sozinhos e ela se apegaria a ele com toda a força possível.

Ao longo dos anos, Antonin ensinou tudo o que Camilla sabia, já que os dois haviam sido criados pelos elfos domésticos e sua mãe era extremamente criativa em castigos e torturas. Os primeiros sinais de magia foram proteção, mas também repetições da “demonstração de afeto” que ambos passaram pela vida. Camilla sempre foi protegida por seu irmão e vice-versa, percebendo que torturar pequenos animais, assim como destruir objetos importantes ao redor da casa, causava um estranho deleite em ambos. Ela sempre tinha olhos apenas para ele, especialmente quando eles se mudaram para Durmstrang e precisavam aprender Artes das Trevas em seu primeiro ano com ele. Aos treze anos, ela usou um conjunto de poções de veneno para matar um estudante mais velho que teimosamente queria saber o que estava dentro de sua calcinha, pensando que só permitiria que ele fosse "amigo" de seu irmão. Como uma desculpa, Camilla informou aos professores a tragédia enquanto derramava lágrimas falsas que ele havia caído no chão antes mesmo de tocar seu corpo e estava com medo de que ele se levantasse para atacá-la.

Desde então, sua personalidade psicopática começara a se tornar ainda mais desenvolvida à medida que usava um papel gentil e amigável para uma mulher russa que vivia em um lar extremamente violento. Ela sabia em tais casas filhos seguiam fielmente os passos dos pais, e não foi difícil vê-lo em Antonin e Camilla quando eles cresceram antes dos Elfos e outras criaturas. Ambos viviam um para o outro até o pai decidir que era hora de separá-los. E quando Antonin o assassinou quando ele tinha 18 anos, na véspera de entrar no Ministério, fora como um presente adiantado de aniversário para Camilla que ainda só tinha 16. Uma experiência espetacular para Camilla, que viu seu pai olhando para ela enquanto tentava sobreviver com seu corpo frágil, a maldição Cruciatus em uma noite chuvosa e densa. Quem teria acreditado que o adorável jovem Tavrichesky teria feito isso com seu próprio pai? Camilla admirou ainda mais seu irmão, amando-o intensamente quando ele sabia que poderia voltar para casa e realmente ter um papel masculino que reinaria justamente entre eles e a protegeria de qualquer coisa que ela quisesse fazer - ou destruir.

Em Durmstrang, uma admirável aluna da Rurik, conhecera suas melhores amigas: Alleria Vladislav e Lilith Rosenkrantz. Ambas tinham os mesmos ideais que Camilla e apreciavam algumas das ideias mais profundas e negras que a jovem havia em sua mente. Ela sabia que bruxos das trevas jamais voltariam, mas isso não queria dizer que precisava seguir aquele plano estúpido de que todos deveriam ser iguais. Antonin também prezava pela mesma ideia, mostrando-se extremamente apoiador a irmã que de vez em quando atraía homens para casa e os matava em longos dias de tortura antes de extrair algum prazer deles. Toda morte, tortura, drenagem de sangue e até mesmo assistir a cenas como essa encantavam-se como um passatempo recém-descoberto e nutrido. Era seu prazer diário e não tinha uma habilidade especial como Lilith ou a capacidade de ler mentes após uma maldição como Alleria, mas Camilla era capaz de trazer vários para as suas teias com a psicopatia e os deixando para Lilith brincar com eles quando queria.

Até sua mãe lhe informar que estava na hora de encontrar um marido. Camilla havia conseguido matar o primeiro pretendente e agora teria de espantar o restante se queria ficar com seu amado irmão. Por isso, foi ela quem levantou primeiro a faca para matar sua própria mãe, enchendo seu rosto com sangue e uma paixão pela destruição sempre apreciada. E agora era só matar o próprio pretendente. Era só mais um, e seu sangue estaria em seus lábios logo.



Este perfil já foi visualizado 98 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 09/06/2018 às 02:46:53