Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 143 22/11/2018 às 21:19:24
É LUFA - LUFA!! Venus F. Rossa 719 08/09/2018 às 21:24:13
Indo para Hogwarts! Venus F. Rossa 468 08/09/2018 às 21:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 464 08/09/2018 às 12:11:11
Fênix de Odin Lilith Ambrew 523 28/08/2018 às 01:09:34

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Noruega Freyja Glücksburg [ 17375 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Freyja Glücksburg
  • Mundo Mágico
  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Freyja Viktoriya Losnedahl Schleswig Holstein Sonderburg-Glücksburg

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,78m

  • PESO

    75kg

  • OLHOS

    Azul Intenso

  • CABELOS

    Loiro Claro

  • SEXO

    Feminino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Heterossexual

  • IDADE

    23 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    01/12/1993

  • SIGNO

    Sagitário

  • NOME DO PAI

    Haakon Schleswig Holstein Sonderburg-Glücksburg

  • NOME DA MÃE

    Viktoriya Losnedahl

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Stryn/Noruega

  • NÍVEL

Eu tinha quatro anos quando ela morreu. Dizem que ela parecia comigo, principalmente os cabelos, quase brancos. Ah, Viktoriya, como sinto falta dos nossos dias de brincadeiras no meio das plantas, correndo como se o mundo fosse nosso… Inocência. Nos levaram ao castelo, meu pai era o herdeiro do trono Norueguês. Por um momento eu acreditei que teria alguma parte daquilo… Duas vezes inocente. Minha mãe ficou doente e morreu rapidamente, mas até hoje acredito que mataram a minha maior heroína.

Meu pai, o príncipe Haakon, prometeu que cuidaria de mim e que jamais deixaria de amar a mamãe. Na primeira oportunidade, permitiu que me tirassem dele e logo estava nos braços de outra mulher, criando uma nova família. Ainda muito nova concluí que ele tem apreço apenas pela riqueza e título. Ao menos, fui criada ao lado de Lasse, a quem tenho como parente mais próximo e único amor, alguém que tiraria do próprio corpo se me faltasse o que comer.

Na escola, Durmstrung, fui Willa e na mudança, acabei sendo jogada para a Romanov, diferente da maior parte dos meus amigos. Mas eu não estava lá para cultivar tantas amizades assim, apesar de ter um pequeno grupo de mulheres “justiceiras”, ironicamente, as Valquírias, para combinar com o meu nome. Mas qual o conceito de justiça para você? Para nós, é o simples fato de desejarmos algo, a justiça era para nós. Ainda assim, me tornei uma bruxa incrível.

Queria mais além dos ensinamentos da escola, portanto, deixei Lasse e nossa família e segui para Uagadou, tornando-me uma avaradora. Ter o mundo ao meu alcance sem precisar de uma varinha poderá me ser útil. O meu plano estava sendo traçado. Dezenove anos de rancor, agora, no auge dos meus vinte e três, eu poderia voltar para aquele castelo imundo e exigir o que é meu por direito: O reconhecimento de ser uma Glücksburg do Trono, mas muito grata pelo Altar.

Este desejo cresceu ainda mais em mim após a prisão de Lasse, meu querido Lasse… Atrás da orelha tenho o símbolo das Valquírias, juramos nos juntarmos sempre que fosse a hora de encontrar a justiça novamente. Talvez devêssemos lutar por ela na Noruega, conquistar e destruir. Primeiro o meu pai, e depois, o rei, e qualquer um que se meter no caminho, irá sofrer.



Este perfil já foi visualizado 47 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 09/11/2018 às 19:37:39