Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 3274 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 2744 22/11/2018 às 18:19:24
É LUFA - LUFA!! Oh Ha Na 3832 08/09/2018 às 18:24:13
Indo para Hogwarts! Oh Ha Na 2936 08/09/2018 às 18:20:17
A súcubo do Apocalipse Lilith Ambrew 2866 08/09/2018 às 09:11:11

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Japao Hayato Miyamoto [ 17423 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Hayato Miyamoto
  • Mundo Mágico
  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Hayato Miyamoto

  • RAÇA

    Humana

  • CLASSE

    Mágica

  • ALTURA

    1,69m

  • PESO

    57kg

  • OLHOS

    Cinza Escuro

  • CABELOS

    Branco Intenso

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Homossexual

  • IDADE

    26 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    04/03/1991

  • SIGNO

    Peixes

  • NOME DO PAI

    Miyamoto Shiki

  • NOME DA MÃE

    Sato Shizuka

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Sangue Puro

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Kyoto/Japao

  • NÍVEL

Louco. Insano.

Talvez aquela única definição pudesse abranger muito da personalidade de Hayato sem dizer nada do que se esconde por trás de um sorriso. Sua personalidade dúbia, segundo ele, tem muita relação com a ideia do "médico e do louco" que habitam dentro de cada pessoa.

Seu pai, nascido como um mero bastardo de Kiyatsu, fora criado como um lixo humano. Como alguém que deveria servir a família Miyamoto, mesmo tendo o sangue de um. Alguém que deveria ser forte e indestrutível, para proteger a ramificação principal. Ódio, talvez, fosse algo que se criara em partes dentro do coração de Miyamoto Shiki, aquele que se casara e vivera a vida apenas pensando em como ser reconhecido por suas habilidades.

Por aquele motivo, o primogênito de Shiki recebeu a mesma criação. Empatia, amor, carinho... aquelas palavras eram inexistentes ou entortadas ao serem passadas para Hayato. Quando a primeira ordem veio para o pequeno garoto, ele não apenas não sentia pena, mas sentira que era divertido. Machucar as pessoas era empolgante. Descontar o estresse, torturar, conhecer os limites do corpo humano, especialmente de trouxas, eram diversões prazerosas para o garoto desde seus onze anos, quando, durante suas primeiras férias da Mahoutokoro.

Seu envolvimento com a vida do crime se tornara cada vez mais intensa, conforme não apenas aceitava, como buscava novas encomendas. Aos dezesseis, envolvera-se com drogas e aprendera a comercializá-las, criando um mercado fiel pelos subúrbios do Japão. Talvez fosse aquele um dos principais motivos para aprender a lidar com ervas, ou talvez sua paixão pelos venenos e pela ideia de causar mortes lentas, mas o jovem Hayato tornou-se conhecido dentro da família por ser alguém um tanto perturbado.

Para sua sorte, claro, suas roupas e expressões muitas vezes faziam as pessoas não imaginarem os pensamentos perturbadores por trás de seu rosto.

Com sua melhor mentira, enganou a família Inoue, matando todos os membros encomendados de forma especialmente rápida. Após aproximar-se de Jin, um jovem da casa rival, Taiyou no Kyu, de quem se tornara "amigo". Pediu para cear com a família na noite de Natal. Após colocar sonífero na comida, prendera um por um em suas cadeiras, cortando suas gargantas. Era um golpe misericordioso, na verdade, em consideração como Jin, por quem nutria um estranho e distorcido interesse. Deixou o menino vivo, levando-o para a avó Yukako e pedindo permissão para tornar do menino seu "bichinho de estimação".

Continua seguindo a protegendo a família Miyamoto em nome da Deusa Tsukuyomi. Mantém também um cuidado e atenção extrema aos detalhes que deve eliminar após cada assassinato e a cada pessoa que se aproxima, para manter seus segredinhos sujos enterrados.



Este perfil já foi visualizado 136 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 26/12/2018 às 13:33:34