Dados Básicos do Fórum:

Na Zonko's não citamos nenhum dos personagens dos livros ou filmes. Vivemos no mundo mágico, mas nem Harry Potter, Voldemort, Dumbledore, Comensais da Morte e etc. existiram em nosso mundo, com isso você não pode usar nenhum sobrenome dos personagens dos filmes ou livros. O fórum encontra-se nos dias atuais, no ano de 2013 d.c. e as condições climáticas variam de dia para dia e de tópico para tópico, conforme você poderá observar. O nosso período letivo dura oito meses contando com as férias. Nossos adultos recebem por dia de presença e seus tópicos em ON lhe renderão pontos e goldens (nossa moeda). Você nunca poderá interpretar a ação de outro personagem (salvo com autorização), mas poderá interpretar livremente o seu personagem (seja sempre coerente), lembrando que toda ação possui uma reação. A capital do Mundo mágico está localizada em Vaduz, Liechtenstein.

Últimas publicações do Livro Vermelho:

Título Autor Visitas Data
Felicidade Jian-Yin Lee 1806 23/05/2020 às 22:05:02
Recomeço Jian-Yin Lee 4167 13/03/2020 às 16:50:15
22/02/2020 Duncan Cullen 4573 22/02/2020 às 15:27:50
Diário do Josh - Últimos dias antes da escola. Joshua P. A. Nolan 8511 17/01/2019 às 11:12:01
Chegada à Durmstrang Mihail Weylin 8000 22/11/2018 às 18:19:24

Central de Ajuda Zonko's:



Entre em contato por: [email protected]

Coreia do Sul Tyler Han [ 17590 ]

Situação Atual: CADASTRO NORMAL E ATIVO

  • Tyler Han
  • Mundo Mágico

  • Mundo Mágico

  • NOME COMPLETO

    Han Tae Lee

  • RAÇA

    Vampiro

  • CLASSE

    Não-Mágica

  • ALTURA

    1,79m

  • PESO

    78kg

  • OLHOS

    Vermelho Intenso

  • CABELOS

    Castanho Intenso

  • SEXO

    Masculino

  • OPÇÃO SEXUAL

    Bissexual

  • IDADE

    21 anos

  • DATA DE NASCIMENTO

    27/04/1997

  • SIGNO

    Touro

  • NOME DO PAI

    Desconhecido

  • NOME DA MÃE

    Han Chung Hee

  • ORIGEM SANGUÍNEA

    Desconhecida

  • LOCALIDADE

    Mundo Mágico

  • CIDADE/PAÍS

    Seul/Coreia Do Sul

  • NÍVEL

Os dias sempre são vermelhos. Eu gostava de apreciar a beleza do dia, a curiosa silhueta das flores, a delicadeza dos filhotes dos animais com suas mães... Mas hoje em dia... Tudo o que consigo apreciar é o vermelho. O vermelho que desce da garganta das vítimas onde cravo minhas presas. Odeio isso. Odeio isso com todas as minhas forças. O fato de ter que matar para sobreviver? Não. Não é isso. Pessoas morrem todos os dias em diversas condições diferentes. Se alguém morresse para me alimentar que diferença fazia? O que eu odeio é o fato de não poder apreciar as coisas que tanto gostava com a mesma intensidade.

Eu tinha um sonho, sabe? Eu queria ser cantor de Rap. Fiz até um nome artístico enquanto estudei em Mahotokoro. Han Tae-lee não parecia rentável, então preferi que me chamassem de Tyler. Bem melhor, não acham? Pois bem. Seria esse meu nome artístico se... Se em um momento bem imbecil de descuido e bebedeira de minha parte não tivesse caído nas garras dela. Aquela mulher estranha que me seduzira e me devorara. E olha que eu nem gosto de mulher, acredita? Mas os poderes de um vampiro são fortes demais e eu não tive como manter o controle.

Eu era membro de uma das famílias mais prestigiada e mais temida do mundo bruxo asiático. Os Han estavam envolvidos em todo tipo de negócio, lícitos ou não. Minha mãe era a filha do dono de um clube noturno (sim, é isso mesmo que você está pensando, meu avô era um cafetão, ok?) e foi violentada por um dos clientes que freqüentavam o local e acabou por confundi-la com uma das funcionárias. Claro, meu avô matou o cara dias depois e minha mãe, que deveria ter me abortado, mas era burra demais pra isso, descobriu que estava grávida.

Meu avô me adorava, mesmo eu sendo um bastardo fruto de estupro. Queria que eu assumisse os negócios dele, mas... Né? Era a última coisa que eu queria na vida. Só que cadê que eu tinha peito pra acabar com os sonhos do velho? Até o dia de minha morte ele achou que eu estava pra lá de empolgado em virar cafetão no lugar dele. Povo gosta de se iludir, né?

Pois bem... Hoje em dia sou dado por desaparecido. Tem cerca de dois anos que essa bosta aconteceu comigo e ainda estou aprendendo a lidar. Tenha paciência, por favor. Não sou tão ranzinza quanto pareço e... Ah! A quem tô querendo enganar? Sou ranzinza sim! E esfomeado. Era quando era vivo e piorei depois que morri. Não me julgue e não irei julgar você. Acho que é tudo que tenho pra falar de mim. Se eu lembrar de mais alguma coisa eu te falo. Ou não. Descubra sozinho. A vida não dá as coisas de mão beijada pra ninguém mesmo... **dá de ombros**



Este perfil já foi visualizado 1.059 vezes. Atualizado pela ultima vez em: 14/04/2020 às 15:59:17